Bons hábitos alimentares são fundamentais na Primeira Infância - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Bons hábitos alimentares são fundamentais na Primeira Infância

Estimular o consumo de produtos saudáveis e uma rotina adequada de refeições faz a diferença na formação das crianças
13/12/2016

dsc_1516Adquirir bons hábitos alimentares é essencial na Primeira Infância. Por isso, cabe aos pais, responsáveis ou cuidadores optar por comidas saudáveis e evitar produtos industrializados, além de fazer as refeições em um local adequado, próximo à família, com utensílios apropriados e em um ambiente tranquilo. É nesse período, que compreende a gestação até os seis anos de vida, que ocorre o maior processo de aprendizagem, o qual se perpetua durante a vida adulta.

Até os seis meses, os bebês devem alimentar-se exclusivamente de leite materno. “É um alimento completo que fornece estrutura para que o ser humano se desenvolva de maneira plena. Ele é eficiente na prevenção de doenças, no desenvolvimento cognitivo e tem nutrientes que auxiliam na estruturação das membranas celulares, formação do sistema nervoso central e retina”, pontua a pediatra e nutróloga do Hospital Pequeno Príncipe, Vanessa Liberalesso.

O leite materno ainda deve ser mantido até os dois anos acompanhado de nutrição complementar. De acordo com a médica, o ideal é que esses alimentos sejam amassados e bem cozidos. “Eles nunca devem ser batidos ou liquidificados. É importante tanto o aprendizado da palatabilidade quanto da mastigação”, explica. Além disso, a pediatra destaca que mesmo diante da não aprovação de determinado alimento, é fundamental que a criança o experimente em diferentes momentos e preparações. “Aprendemos a gostar por exposição”, afirma.

Dos dois aos seis anos é comum que os meninos e meninas tenham redução no apetite. Nessa fase, há diminuição também na velocidade do crescimento. “Nesse momento, existem algumas armadilhas que precisam ser evitadas, como insistir para que a criança coma mesmo estando saciada e ainda oferecer alimentos com densidade calórica sem valor nutricional”, exemplifica.

Bê-á-ba da alimentação na Primeira Infância

Alimentos indicados
Alimentos evitados
Frutas, verduras e legumes. Leite em quantidade adequada e muita água. Peixe e outras carnes. Arroz e feijão.
Refrigerantes, sucos industrializados, comidas com alto teor de sódio e açúcares.

*Acompanhe a série de notícias que o Pequeno Príncipe preparou sobre a Primeira Infância. A cada semana será publicada uma matéria especial no site da instituição. Na próxima terça-feira, dia 20 , o tema será a importância do brincar nessa fase da vida.
Leia também:

Cuidados de saúde na Primeira Infância são ainda mais importantes

Cuidados físicos e emocionais fazem a diferença na Primeira Infância

O estímulo à comunicação faz a diferença na Primeira Infância

Cinco sentidos: aliados no desenvolvimento infantil

Vínculo: uma ligação de amor

Dados alarmantes marcam a Semana Nacional de Prevenção da Violência na Primeira Infância

Precisamos falar sobre Primeira Infância
Ler é essencial para a formação das crianças 

Correta higiene bucal é o primeiro passo para garantir uma saúde de qualidade

+ Notícias

29/11/2022

Dia de Doar: renúncia fiscal tem potencial de arrecadar até R$ 8 bilhões

Data criada há 20 anos nos Estados Unidos pretende fortalecer cultura de doações no Brasil. Doações via Imposto de Renda podem ser feitas até dia 29 de dezembro
25/11/2022

Hemodinâmica: cateterismo evita cirurgias de grande porte em neonatos

O serviço do Hospital Pequeno Príncipe é referência nacional em pediatria e, em 2021, realizou 297 cateterismos
24/11/2022

Pequeno Príncipe vence o Prêmio Líderes Regionais Paraná 2022

A instituição foi premiada na categoria ESG – Responsabilidade Social. O reconhecimento destaca empresas, organizações e empresários que contribuíram para o desenvolvimento do estado
23/11/2022

Câncer pediátrico: diagnóstico precoce pode salvar até 84% dos pacientes

Referência nacional no tratamento de doenças onco-hematológicas há meio século, Hospital Pequeno Príncipe alerta sobre sintomas
21/11/2022

Pequeno Príncipe atua na prevenção da resistência aos antimicrobianos

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 1,3 milhão de pessoas morram a cada ano devido aos efeitos dessa resistência  
20/11/2022

Dia Mundial da Criança chama atenção à defesa de direitos

Em sua trajetória centenária, o Hospital Pequeno Príncipe desenvolve uma série de iniciativas em favor da proteção integral de meninos e meninas  
Ver mais