Rede Sentinela

A Rede Sentinela é uma estratégia criada e vinculada à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). É composta por um grupo de hospitais selecionados em todo o país, cujo objetivo é estar vigilante para monitorar, investigar e notificar produtos pós-comercialização (Vigipós), como reações adversas a medicamentos, desvio de qualidade de materiais e equipamentos médico-hospitalares, saneantes e kit laboratoriais, por exemplo. O Hospital Pequeno Príncipe integra, desde 2004, o grupo de hospitais brasileiros que compõem essa rede.

O hospital que participa da Rede Sentinela desenvolve ações de farmacovigilância, que monitora medicamentos; hemovigilância, que trata de sangue e hemocomponentes; biovigilância, que monitora eventos adversos em pacientes transplantados; e tecnovigilância, que trata de materiais e equipamentos médicos.

A partir das informações geradas nos hospitais da Rede Sentinela, a Anvisa pode iniciar os procedimentos de investigação e, se necessário, retirar de circulação, por exemplo, materiais e medicamentos com desvios de qualidade e que podem comprometer a saúde dos pacientes.

Ver menos