Transplante Renal

Doença renal crônica são todas as enfermidades que comprometem a função dos rins por mais de três meses. Quando essa doença progride para um estágio final, restando menos de 15% da função renal, é necessário iniciar uma terapia de substituição renal, que pode ser alguma modalidade de diálise ou o transplante. O transplante de rim é considerado a mais completa alternativa de substituição da função renal e garante mais liberdade e qualidade de vida na rotina diária do paciente. Várias patologias levam ao comprometimento da função renal em crianças e adolescentes. Entre as mais comuns, estão as malformações do aparelho urinário e as glomerulopatias.

O Hospital Pequeno Príncipe realiza transplantes renais desde 1989 e disponibiliza o procedimento a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), de convênios e particulares. De 2011 a 2018, foram registrados 140 transplantes desse tipo. Para a criança ou o adolescente entrar na lista de transplante de rim, é preciso ter o diagnóstico de doença renal crônica em fase final; realizar exames, conforme o protocolo da Unidade de Transplante Renal; e passar pela avaliação da equipe multiprofissional.

Sobre o transplante renal

O transplante é a cirurgia que permite substituir o rim sem funcionamento por outro, vindo de um doador. Assim, o órgão implantado passa a exercer as funções de filtrar o sangue e eliminar líquidos e toxinas em excesso do corpo do paciente com insuficiência renal crônica.

Há dois tipos de doadores de rim: o doador vivo – quando uma pessoa viva doa um de seus rins para o paciente e os dois passam a viver cada um com um rim; e o doador falecido – no momento em que uma pessoa apresenta morte encefálica, com a perda irreversível das funções do cérebro, seus familiares podem optar pela doação de seus órgãos e, assim, contribuir com uma oportunidade de vida para quem precisa de um transplante. Pessoas que não são parentes podem doar somente com autorização judicial.  Em ambos os casos, é feita uma avaliação criteriosa sobre a viabilidade da doação.

Após a realização do transplante, o paciente transplantado precisa fazer uso contínuo de medicamentos para evitar a rejeição do órgão, bem como manter acompanhamento periódico com nefrologista.

Histórico

  • O Serviço de Nefrologia do Hospital Pequeno Príncipe iniciou as suas atividades clínicas em 1985.
  • Em 1987, começou a funcionar o Centro de Terapia Renal Substitutiva, que oferece os tratamentos de hemodiálise e diálise peritoneal.
  • Em 1989, o Pequeno Príncipe realizou o primeiro transplante renal da instituição.
Ver menos

Mais informações – SUS, convênios e particular

Telefones: (41) 3310-1329 (secretaria do Serviço de Nefrologia) e (41) 3310-1481 (transplante)
Atendimento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
Endereço: Rua Desembargador Motta, 1.070 (1º andar)
E-mails: nefrologia@hpp.org.br

Equipe médica

  • Dr. Donizetti Dimer Giamberardino Filho

    Médico Responsável

    Dr. Donizetti Dimer Giamberardino Filho

    CRM-PR 5647

  • Dr. José Eduardo Claros Mercado

    CRM-PR 18614

    Coordenador da Hemodiálise

  • Dra. Karen Previdi Olandoski

    CRM-PR 17106

    Coordenadora de Glomerulopatias

  • Dra. Lucimary de Castro Sylvestre

    Dra. Lucimary de Castro Sylvestre

    CRM-PR 14694

    Coordenadora da Diálise Peritonial

  • Dra. Mariana Faucz Munhoz da Cunha

    CRM-PR 17994

    Coordenadora do Programa de Transplante

  • Dra. Ana Paula Pereira da Silva

    CRM-PR 31285

  • Dra. Denise Siqueira Lemos

    CRM-PR 31247

  • Dra. Elisane Isabela Wladika

    CRM-PR 10559

  • Dra. Evelise Mary Tissori Vargas

    CRM-PR 14848

  • Dra. Vanessa Vitorino Aguiar

    CRM-PR 28636

  • Dra. Vivien de Paula Mantovani Joaquim

    CRM-PR 28026

Equipe multiprofissional

  • Daiane Aparecida Ripka

    Enfermeira

  • Fernanda Paulino de Lima

    Enfermeira

  • Karyme Juliana David

    Enfermeira

  • Mariza Batista Nagae

    Enfermeira

  • Romilda Vieira dos Santos

    Enfermeira

  • Janaina Neves

    Psicóloga

  • Taise Abreu

    Assistente Social

  • Dra. Denise Tiemi Miyakawa

    CRM-PR 26009

    Nutrologia

O transplante em números

  • 14

    transplantes renais realizados