UTI Neonatal

A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal – Dr. Ivan Beira Fontoura, do Hospital Pequeno Príncipe, é voltada exclusivamente para bebês recém-nascidos a termo ou prematuros que necessitam de cuidados intensivos e tratamentos diferenciados. A UTI conta com 20 leitos, todos capacitados para atendimento de bebês de alto risco de alta complexidade.

A UTI Neonatal foi inaugurada em 1991 e, desde então, recebe recém-nascidos encaminhados do Sistema Único de Saúde (SUS), convênios e particular. Esses bebês são procedentes não somente de Curitiba, mas também de outras cidades e estados brasileiros. O atendimento prestado é humanizado integralmente e efetuado por uma equipe multiprofissional formada por médicos de várias especialidades, enfermeiros, técnicos de enfermagem, psicólogos, fisioterapeutas, farmacêuticos, assistentes sociais e odontólogos, entre outros. Somente da equipe de enfermagem, são 65 colaboradores. Durante o tratamento, os pacientes contam com a presença dos pais e acompanhantes, com possibilidade de permanência em tempo integral, 24 horas por dia.

A UTI Neonatal do Hospital Pequeno Príncipe recebe bebês procedentes de diversas maternidades e hospitais, para intervenção cirúrgica ou clínica. Na instituição, eles recebem atendimento de alta complexidade em casos de doenças de difícil diagnóstico ou por malformações neurológicas, renais, cardíacas, hepáticas, intestinais, hemato-oncológicas, imunológicas, oftalmológicas, otorrinolaringológicas, alterações de esqueleto e cutâneas. Todos são atendidos nesse setor.

Todos os bebês atendidos na unidade recebem vacinas de acordo com a idade durante o internamento na UTI Neonatal. Dessa forma, não há atraso na carteira nacional de vacinação.

A Unidade de Terapia Intensiva tem discussões multidisciplinares envolvendo todos os especialistas visando ao atendimento global e de excelência, incluindo controle de antibióticos por meio do Serviço de Epidemiologia e Controle de Infecção Hospitalar (SECIH). Todos os especialistas envolvidos fazem parte de discussões para a definição de plano terapêutico.

As discussões diárias ocorrem em cada turno de trabalho (e horários excepcionais conforme a demanda) e envolvem também o familiar (beira-leito). Dessa forma, o plano terapêutico é conhecido por todos, facilitando a uniformidade de ação e de informação.

A unidade também é um polo de formação de especialistas. O Hospital Pequeno Príncipe oferece todos os anos vagas para o programa de residência médica em Neonatologia, voltado a médicos que se especializaram em Pediatria. Forma, em média, dois residentes por ano e capacita profissionais a atuarem não somente em Curitiba, mas em todo o Brasil. Para mais informações, clique aqui.

Sobre visitas na UTI

A visita de familiares e amigos é importante para a recuperação do paciente. Porém, deve ser autorizada pela equipe de saúde, e recomendações específicas precisam ser seguidas. Para garantir a segurança dos bebês internados na UTI Neonatal, é permitida a presença de um visitante por paciente mais o acompanhante.

O horário de visita para os meninos e meninas internados pelo SUS, por convênios e particular é das 16h às 16h30 e das 21h às 21h30. A entrada dos visitantes do SUS é feita no período da tarde pelo prédio histórico César Pernetta (Av. Silva Jardim, 1.677). À noite, o acesso é pela recepção do Internamento (Rua Desembargador Motta, 1.070), mesmo local de entrada dos visitantes de pacientes internados por convênios ou particular.

Importante:

  • não é permitida a troca de visitantes na Unidade de Terapia Intensiva;
  • o visitante da UTI precisa deixar a bolsa na sala do Programa Família Participante antes da visita. A sala está localizada no 1º andar do prédio histórico César Pernetta;
  • o acesso à unidade é autorizado somente após a liberação da equipe de enfermagem; e
  • para garantir a segurança dos pacientes, é preciso seguir todas as recomendações da equipe de enfermagem ao entrar na UTI.

Histórico

  • O Hospital Pequeno Príncipe inaugurou em 1991 a UTI Neonatal, destinada a bebês prematuros ou recém-nascidos a termo que necessitam de cuidados intensivos.
Ver menos

Mais informações – SUS, convênios e particular

Telefone: (41) 3310-1246
Atendimento: 24 horas
Horários de visita: das 16h às 16h30 e das 21h às 21h30
Endereço: Rua Desembargador Motta, 1.070 (2º andar)
E-mail: uti-neo@hpp.org.br

Equipe

  • Dra. Silmara Aparecida Possas

    Médica Responsável

    Dra. Silmara Aparecida Possas

    CRM-PR 11494

  • Dra. Adriana Saio Jasper

    CRM-PR 33456

  • Dra. Alessandra Marangoni Becker

    CRM-PR 22931

  • Dra. Andreia Ceccatto

    CRM-PR 26893

  • Dra. Barbara do Nascimento Gracia

    CRM-PR 28956

  • Dr. Carlos Alberto Fernandes Baltar

    CRM-PR 23356

  • Dra. Elizandra Gonçalves Durex

    CRM-PR 29015

  • Dr. Felipe Martini

    CRM-PR 24756

  • Dra. Grasiele Ferrari Beuter

    CRM-PR 23940

  • Dra. Jessica Sydrião

    CRM-PR 34303

  • Dra. Kellen Regina Ferri

    CRM-PR 32442

  • Dra. Larissa Faria

    CRM-PR 33215

  • Dra. Luisa Voltolini da Silva da Fonseca

    CRM-PR 23304

  • Dra. Marcia Fayad Kaled

    CRM-PR 10271

  • Dra. Maria Augusta Amarante

    CRM-PR 30651

  • Dra. Nara Beatris Estorillio dos Santos Vieira

    CRM-PR 10996

  • Dra. Rafaela Martins Maia

    CRM-PR 29521

  • Dra. Simone Borges

    CRM-PR 14652

  • Dra. Talita Martins Bianchi

    CRM-PR 35829

  • Dra. Vanessa Yumie Salomão Watanabe Liberalesso

    CRM-PR 17889

  • Dra. Viviane Janeri

    CRM-PR 26490

A UTI em números

  • 429

    pacientes internados na UTI Neonatal

  • 14,99 dias

    é a média de permanência nesta UTI