Telemedicina

A telemedicina é uma tecnologia que permite a troca de experiências e informações em tempo real. Esse recurso tem sido utilizado no Hospital Pequeno Príncipe na constante busca pela inovação e pela melhoria contínua no cuidado às crianças e aos adolescentes em tratamento na instituição. E para isso, a formalização de parcerias é fundamental.

Para avançar em resultados em prol da saúde infantojuvenil, o Pequeno Príncipe firmou, em 2019, uma importante parceria técnico-científica com a equipe médica do Children’s National Hospital de Washington, D.C. Esse é considerado um dos dez melhores hospitais infantis dos Estados Unidos e conta com a melhor UTI Neonatal ranqueada no país, sendo o primeiro hospital norte-americano em nível 4 de excelência.

Com essa parceria, de um lado estará a equipe do Hospital Pequeno Príncipe à beira do leito do paciente, com câmeras de alta definição, indicando todos os instrumentos que estão mantendo a criança ou o adolescente monitorado e ainda todos os dados pregressos do menino ou da menina. Do outro lado, a equipe médica do Children’s National Hospital de Washington discutirá caminhos alternativos e/ou endossará a opção terapêutica adotada.

Em um primeiro momento, a parceria de telemedicina iniciará nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) Neonatal e da Cardiologia e, depois, se desdobrará nas demais UTIs do Hospital, por serem os setores que atendem os pacientes de alto risco. Sempre com o foco em proporcionar o melhor tratamento, o menor tempo de internação, a melhor qualidade, a segurança às crianças e aos adolescentes em tratamento e o melhor desfecho clínico.

Primeira etapa concluída

De 2016 a 2018, o Hospital Pequeno Príncipe contou com uma parceria em telemedicina com o Children’s Hospital of Pittsburgh, também dos Estados Unidos. O projeto foi desenvolvido na UTI da Cardiologia e o intercâmbio de informações entre os profissionais da área de saúde era direcionado à discussão de casos complexos. Agora, a parceria com o hospital da Pensilvânia irá continuar em outras áreas da assistência.

As atividades realizadas até 2018 com o Children’s Hospital of Pittsburgh trouxeram bons resultados ao Pequeno Príncipe. Cerca de 200 sessões de telemedicina foram realizadas, com a participação das equipes de assistência da Unidade de Terapia Intensiva, o que resultou em melhorias no processo de atendimento e na diminuição do tempo de permanência dos pacientes em áreas de risco.

Ver menos