Eletrofisiologia

O Serviço de Eletrofisiologia do Hospital Pequeno Príncipe é o único do Brasil especializado em Eletrofisiologia Pediátrica. Por meio dos exames e procedimentos realizados na especialidade, é possível diagnosticar e tratar os distúrbios que provocam alterações nos batimentos cardíacos de crianças e adolescentes.

O serviço do Pequeno Príncipe conta com modernos equipamentos que possibilitam fazer diagnósticos precisos e, quando necessário, intervenções que oferecem mais qualidade de vida aos pacientes e contribuem para reduzir as possibilidades de morte súbita em um grande número de casos. Além disso, a Eletrofisiologia é responsável por implantes e monitoramento de marca-passos e cardiodesfibriladores.

Procedimento disponibilizado

  • Estudo eletrofisiológico e ablação: os objetivos do procedimento são avaliar a atividade elétrica normal do coração, identificar o tipo e o local exato da alteração elétrica, e prover a possível cura da arritmia cardíaca. É um estudo invasivo, realizado sob anestesia ou sedação, em sala do Centro Cirúrgico com aparelho de radioscopia. O paciente precisa ficar deitado e, após a desinfecção local e a colocação de campos estéreis, é feita uma punção venosa na virilha ou no pescoço. São, então, introduzidos cateteres dentro desses vasos, e esses fios especiais são direcionados até o coração, quando é possível mapear o estímulo elétrico, identificando-se de forma precisa o comportamento elétrico normal e anormal do coração. Ou seja, identifica-se o tipo e o local exato da arritmia cardíaca. Na sequência, um cateter especial é posicionado estrategicamente sob a área da arritmia, e é liberada uma energia de radiofrequência para promover a destruição desse local e, consequentemente, curar a arritmia.

Preparo para o estudo eletrofisiológico e ablação

Para garantir o sucesso do procedimento, alguns cuidados são fundamentais:

  • O paciente será internado um dia antes do procedimento e passará por uma consulta pré-anestésica, bem como fará exames.
  • Para a realização do estudo, a criança ou o adolescente deverá fazer jejum de 8 horas.
  • Alguns medicamentos precisam ter o seu uso interrompido, conforme orientação médica. Entre eles estão os antiarrítmicos e os anticoagulantes.
  • As demais recomendações de preparo para o procedimento serão fornecidas pelas equipes médica e de enfermagem do Hospital.
Ver menos

Mais informações–SUS, convênios e particular

Telefones: (41) 3310-1279 e (41) 3310-1091
Atendimento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
Endereço: Av. Silva Jardim, 1.677 (1º andar)
E-mail: eletrofisiologia@hpp.org.br

Equipe

  • Médica Responsável

    Dra. Lânia Fátima Romanzin Xavier

    CRM-PR 13706

O serviço em números

  • 4.189

    exames e procedimentos

    e eletrofisiologia realizados

  • 6.826

    exames

    de eletrocardiografia realizados