Complexo, Hospital, Instituto de Pesquisa

Corrida e Caminhada Pequeno Príncipe reúne mais de 1.600 pessoas em prol da saúde infantojuvenil

Edição especial realizada na Praça da Espanha também marcou o início da Semana Mundial das Imunodeficiências Primárias, que segue até o dia 29

Deise Carolina, Miss Paraná BE Emotion 2018, e o mascote do Hospital, minutos antes da largada da 6.ª Corrida e Caminhada Pequeno Príncipe

A Praça da Espanha recebeu neste domingo, dia 22, 1.680 pessoas que participaram da 6.ª Corrida e Caminhada Pequeno Príncipe, resultado da parceria entre o Complexo Pequeno Príncipe, a Associação Pro Correr e a Global Vita Sports. Atletas profissionais e amadores, adultos, crianças, famílias estiveram presentes e participaram da já tradicional corrida de rua em prol da saúde infantojuvenil. O evento também marcou o início da Semana Mundial das Imunodeficiências Primárias, que segue até o dia 29 de abril.

Neste ano, a largada foi realizada, pela primeira vez, na Praça da Espanha, no Bigorrilho, e contou com percursos 5km e 10km para corrida, e de 5km para a caminhada. O que se viu neste ensolarado domingo foi uma verdadeira celebração da vida, que uniu esporte e solidariedade. E que irá beneficiar diretamente os pacientes atendidos pelo Hospital Pequeno Príncipe: 100% do resultado da prova será destinado às atividades de assistência em saúde e pesquisa da instituição.

“Hoje tivemos um combo entre saúde e correr por uma causa, pelo esporte e pelo bem-estar físico. E ainda apoiando a causa das imunodeficiências primárias, o que significa contribuir com a pesquisa científica e o diagnóstico precoce”, afirmou o diretor corporativo do Complexo, José Álvaro da Silva Carneiro. “Foi fantástico poder perceber a importância do papel do Hospital na comunidade e sentir a união das pessoas em prol do Pequeno Príncipe”, completou.

Percurso desafiador
Os participantes do evento correram e caminharam por percursos desafiadores, marcados por várias subidas. Os primeiros colocados na distância de 5km foram o tricampeão da prova, Gabriel Lecheta de Souza (17 minutos e sete segundos), e Desiree Santos (21 minutos e 27 segundos). Na distância de 10km, Alessandro dos Santos foi o primeiro atleta a cruzar a linha de chegada, com 34 minutos e oito segundos. Lucimari Perin Miretzki foi a primeira colocada entre as mulheres, com 40 minutos e 58 segundos.

Clique aqui e confira os resultados completos da prova.

Corrida Kids
O evento também contou com a Corrida Kids, que reuniu crianças com idades de quatro a 12 anos. Ao todo, 125 meninos e meninas percorram um trajeto de até 500 metros. “Essa prova nos surpreendeu, pois teve o maior número de crianças desde que começamos a fazer corridas kids em nossos eventos”, comemorou o responsável técnico pela prova, Tadeu Natalio.

Balanço positivo
Ao final do evento, Natalio fez um balanço positivo da edição de 2018 da Corrida e Caminhada Pequeno Príncipe. “Foi uma prova bem especial, pois os corredores estão se conscientizando de que correr por uma causa é muito interessante. Fazemos esse evento com muito amor e carinho, e hoje deu tudo certo. O clima e o ambiente ajudaram, os atletas ficaram felizes e nós mais ainda, por podermos contribuir com o Hospital”, concluiu.

E para alcançar esse resultado tão positivo, a prova contou com importantes apoios. Esta edição teve o patrocínio de Bradesco Empresas, Mondelēz International, Decathlon, Unimed Curitiba e BS Autocenter. E, também, o apoio de Sanepar, Nutry, Foto7, ChipTiming, Turma do Tio Pipoca – Recreação e Eventos, Café Damasco, Êxito Artes e Cabify.

Vinicius de Paula Tonetti Costa, de 9 anos, e seus familiares participaram do evento e tinham um motivo especial para comemorar: o diagnóstico e o tratamento assertivo do garoto. Quando Vinicius tinha 4 anos, foi diagnosticado com uma imunodeficiência primária. “Nos disseram que no Pequeno Príncipe teríamos o melhor tratamento. Uma vez por mês vamos ao Hospital para fazer aplicação de imunoglobulina. A qualidade de vida do meu filho aumentou muito”, disse o pai Rafael Tonetti Costa. “Quando nos convidaram a participar da corrida, pensei: que legal, vão ter algumas pessoas lá e a maioria não deve conhecer as imunodeficiências. Quando vi essa multidão, percebi como tudo isso é grandioso e vai ajudar muita gente”, falou, emocionada, a mãe Bruna Cristina de Paula.


O que são imunodeficiências primárias?
O sistema imunológico é responsável pela defesa do organismo. Porém, algumas pessoas podem nascer com modificações em genes desse sistema, alterando a produção ou o funcionamento das células e apresentando infecções de repetição. Essas modificações fazem parte de um grupo de mais de 300 enfermidades conhecido como imunodeficiências primárias, doenças raras que acometem em média 1 a cada 8 mil pessoas. O diagnóstico precoce e o tratamento dirigido são fundamentais para garantir mais qualidade e expectativa de vida para o paciente.

O Pequeno Príncipe oferece, desde 2012, atendimento para crianças e adolescentes com deficiência congênita no sistema imunológico. Já em 2016, foi habilitado pelo Ministério da Saúde como Serviço de Referência em Doenças Raras. “Eu acho extremamente importante correr por uma causa como essa. Além de motivar as pessoas, estamos fazendo com que quase 1.700 pessoas escutem a palavra imunodeficiência. O diagnóstico desse grupo de doenças é difícil, o tratamento também. Então, a sociedade tem que se envolver. Com essa divulgação, podemos fazer mais diagnósticos e oferecer qualidade de vida a essas crianças”, destacou a médica imunologista e pesquisadora do Complexo, Carolina Prando.

+ Notícias

Mitos e verdades: gripe

A vacina gratuita está disponível nas Unidades Básicas de Saúde até o dia 1.º de junho. Crianças a partir de seis meses até cinco anos estão no grupo prioritário

Faça sua doação