Prestação de contas: Pequeno Príncipe reúne investidores

Notícias

Pequeno Príncipe reúne investidores para prestar contas

O apoio da sociedade tem sido fundamental na história do Hospital para viabilizar atendimentos de qualidade a crianças e adolescentes que dependem do SUS  
30/04/2024
prestação de contas
Os eventos de prestação de contas foram realizados em Curitiba e São Paulo.

O Hospital Pequeno Príncipe reuniu seus investidores para cafés da manhã de prestação de contas em São Paulo e em Curitiba nos dias 10 e 24 de abril. Estavam presentes representantes de empresas que apoiam a instituição por meio da renúncia fiscal do Imposto de Renda. O apoio da sociedade tem sido fundamental para a sustentabilidade financeira da instituição, que sofre com a grande defasagem dos valores que compõem a tabela de remuneração do Sistema Único de Saúde (SUS). A cada R$ 100 que o Pequeno Príncipe gasta com os atendimentos, o SUS repassa apenas R$ 56,90, gerando um déficit de 43%.

A diretora-executiva do Hospital, Ety Cristina Forte Carneiro, ressaltou o panorama de atendimento à saúde das crianças e adolescentes no Brasil, que ainda é muito precarizado, deixando milhares de meninos e meninas desassistidos e gerando tristes estatísticas. De cada três mortes de bebês de até 1 ano registradas no Brasil, duas poderiam ser evitadas com assistência qualificada. Ety citou ainda outros direitos que não estão sendo garantidos, como o acesso à educação e à cultura.

“O Hospital é uma pequena cidade que acolhe crianças e famílias no momento mais difícil da sua vida. Por isso, precisamos de tudo lá: de profissionais de saúde, de higiene, de cozinha, de professores, de arte, de música e de muito mais, porque a gente precisa que a vida continue. No nosso Hospital, nós buscamos oferecer tudo a que a criança tem direito, e os direitos precisam estar lá para todos. E é isso que estamos fazendo juntos. Não apenas viabilizando chances de vida, mas oportunizando que essas famílias e suas crianças tenham momentos únicos de vida e de amor”, enfatizou.

Ety concluiu dizendo que, para o Pequeno Príncipe, não foi fácil sobreviver 104 anos e não será fácil resistir aos próximos 20, dada a complexidade do cenário atual da saúde no Brasil. “Mas eu tenho certeza de que, com o apoio e o investimento de vocês, com a visita de vocês para verem com seus próprios olhos o que e como fazemos, nós conseguiremos manter o nosso pioneirismo, nosso olhar integral e principalmente os braços e os direitos abertos para todas as crianças do Brasil.”

prestação de contas
A cada R$ 100 que o Pequeno Príncipe gasta com os atendimentos, o SUS repassa apenas R$ 56,90, gerando um déficit de 43%.

Apoio

A Crown Embalagens é uma das empresas que apoiam o Pequeno Príncipe há quatro anos. No café da manhã realizado em São Paulo, a empresa foi representada pela profissional Leidiane de Oliveira Martins. Segundo ela, o envolvimento da companhia com a instituição começou pequeno e foi sendo ampliado ao longo dos anos, em função da sinergia de valores entre as duas organizações. “Um dos nossos valores é o respeito e a valorização do indivíduo, e reconhecemos essa prática no Hospital, uma instituição transparente, que mostra o que está fazendo com os recursos e viabiliza atendimento integral e digno para crianças, adolescentes e suas famílias”, frisou.

Já em Curitiba, Roberto Trindade, que é CEO e diretor-financeiro do Grupo SVD, destacou que o apoio da empresa à instituição é um investimento para o futuro. “É muito gratificante poder destinar recursos para uma organização centenária como o Pequeno Príncipe, que, além de ser respeitada e mundialmente conhecida, também atende o público que é o nosso futuro, que são as crianças. Então é gratificante poder colaborar um pouquinho e poder fazer parte desse processo. Esse apoio é um investimento no futuro”, realçou.

O Pequeno Príncipe é signatário do Pacto Global desde 2019. A iniciativa presente nesse conteúdo contribui para o alcance do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS): Parcerias e Meios de Implementação (ODS 17).

Acompanhe os conteúdos também nas redes sociais do Pequeno Príncipe e fique por dentro de informações de qualidade – FacebookInstagramTwitterLinkedIn e YouTube.

+ Notícias

22/05/2024

Qual é a importância do vínculo afetivo na Primeiríssima Infância?

A ligação entre a criança e seus cuidadores se estabelece ainda na gravidez e se estende por um longo caminho após o nascimento
18/05/2024

Aumentam registros de violência contra crianças e adolescentes

Nas últimas duas décadas, foram mais de nove mil pacientes atendidos no Hospital Pequeno Príncipe por maus-tratos; violência sexual predomina
17/05/2024

Pequeno Príncipe mobilizado pelo Rio Grande do Sul

Iniciativas vão desde teleconsultas a crianças e adolescentes em parceria com hospital gaúcho até mobilização de profissionais
15/05/2024

Como falar sobre as enchentes com as crianças?

Hospital Pequeno Príncipe destaca a importância de agir com sensibilidade e estar atento aos sinais de sofrimento manifestados pelos pequenos
13/05/2024

É normal a criança ter amigos imaginários?

A criação desses personagens é comum no desenvolvimento infantil, mas veja alguns sinais que indicam atenção a essa prática
09/05/2024

Ministra da Saúde visita área onde será o Pequeno Príncipe Norte

Nísia Trindade de Lima destacou a importância do projeto e da instituição para a saúde infantil do país
Ver mais