Jantar Pequeno Príncipe marca retomada dos eventos presenciais

Notícias

Jantar com apoiadores marca retomada dos eventos presenciais do Pequeno Príncipe

Realizado na Casa Manioca, em São Paulo, encontro reuniu cerca de 120 investidores da instituição
22/08/2022
jantar pequeno príncipe
O jantar teve o intuito de proporcionar o reencontro de empresários e cidadãos que apoiam o Hospital Pequeno Príncipe.

 

Uma noite de celebração da vida. Assim foi o Jantar Pequeno Príncipe, que reuniu cerca de 120 apoiadores do Pequeno Príncipe, maior hospital exclusivamente pediátrico do Brasil. O principal objetivo da noite foi reencontrar empresários e cidadãos que apoiam a instituição e agradecer o envolvimento de cada um deles na causa da saúde infantojuvenil.

A realização do evento, no dia 17 de agosto, no restaurante Casa Manioca, em São Paulo, foi possível por meio do patrocínio das empresas Grupo UBS do Brasil e Alper Seguros, e do apoio da Betterfly. “Queremos celebrar a vida, mas também a coragem, a superação e a solidariedade, sentimentos que marcaram esses mais de dois anos de pandemia, que nos fizeram ficar fisicamente distantes”, ressaltou a diretora-executiva do Hospital, Ety Cristina Forte Carneiro.

O diretor-corporativo do Complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro da Silva Carneiro, deu início ao cerimonial compartilhando com os presentes as últimas conquistas da instituição. “Em outubro do ano passado, fomos reconhecidos como um dos 150 melhores hospitais pediátricos do mundo, em uma eleição que envolveu mais de 40 mil profissionais de saúde, de 20 países. No Brasil, só quatro hospitais apareceram nesse ranking, e nós fomos o único exclusivamente pediátrico”, informou.

José Álvaro falou aos participantes sobre o convite que o Pequeno Príncipe recebeu, no início deste ano, para integrar o Fórum Executivo Internacional dos Hospitais Infantis (Children’s Hospital’s International Executive Forum – CHIEF), que reúne diretores-executivos dos principais hospitais pediátricos de ensino e pesquisa do mundo. Hoje, 38 hospitais participam do grupo, que promove o diálogo entre os CEOs a respeito dos desafios de gestão, além de discutir soluções para os sistemas de saúde e acadêmicos.

A outra conquista compartilhada com o público foi o prêmio Global Climate Award 2021, na categoria Energy Efficiency – Silver, concedido pelas organizações internacionais Saúde Sem Dano e Rede Global Hospitais Verdes e Saudáveis. O prêmio reconheceu 52 instituições do mundo, sendo que apenas oito são brasileiras. “Nossa performance vem sendo reconhecida por terceiros, e isso demonstra a seriedade do trabalho que desenvolvemos. E certamente esses resultados só estão sendo possíveis porque contamos com o apoio de vocês, que nos reenergizam”, declarou.

jantar pequeno príncipe
Os participantes puderam conhecer o projeto do Pequeno Príncipe Norte.

Sonhos para o futuro e reconhecimento

O jantar também foi um momento de compartilhar com os presentes os sonhos do Pequeno Príncipe para o futuro. A maquete do Pequeno Príncipe Norte foi apresentada a todos e chamou a atenção dos investidores. A presidente do Grupo UBS do Brasil, Sylvia Brasil Coutinho, que também subiu ao palco durante o cerimonial para dar um depoimento a respeito do apoio à instituição, foi uma das pessoas que ficaram impressionadas.

“Para nós é um privilégio apoiar o Pequeno Príncipe porque é uma instituição com muito propósito, muita compaixão, mas também muita experiência e seriedade. Fiquei especialmente impressionada com a maquete e os planos para o Pequeno Príncipe Norte, e com a capacidade de realização da instituição. Imaginem o que podemos fazer de forma agregada! Acredito que podemos transformar o país”, disse.

Ela também apoia o Hospital destinando parte do seu Imposto de Renda como pessoa física aos projetos da instituição. “Desde 2016, eu destino todo o meu Imposto de Renda para o Hospital, e esse é um momento prazeroso do ano para mim, pois eu sei que os meus recursos estarão sendo bem investidos. Por isso, eu convido todos vocês a também conhecerem e se engajarem nessa forma de apoio. Essas crianças têm um atendimento fantástico e um cuidado estendido às suas famílias”, enfatizou.

Maria Isadora e seu novo coração

O momento mais emocionante da noite foi o depoimento de Luzia Araújo, mãe da pequena Maria Isadora, de 9 anos, que em 2021 passou por um transplante cardíaco no Hospital. Mãe e filha subiram ao palco para contar sua jornada em busca da cura. “A nossa história foi sendo escrita dia a dia, pois não havia muita esperança para a Maria. Mas no Pequeno Príncipe não desistiram dela. E cuidaram de nós o tempo todo. Cuidaram do corpo, que estava precisando muito naquele momento, mas também da nossa cabeça. Tivemos apoio de psicólogos, psiquiatras e inúmeros outros profissionais”, contou a mãe.

jantar pequeno príncipe
O momento foi também de gratidão e emoção com a paciente Maria e sua mãe Luiza.

Ela salientou ainda a importância do Programa Família Participante, que oferece condições dignas para que um membro da família acompanhe o paciente durante toda a permanência, oferecendo alimentação, espaço para higiene pessoal, área para descanso e acolhimento. “Vocês não imaginam o valor que é a gente receber uma toalha limpinha, um kit com xampu, condicionador e sabonete, e poder tomar um banho quente depois de um dia inteiro dentro de uma UTI, sem saber como vai ser o dia seguinte. Na hora desse banho, você não lava só o seu corpo, você lava a sua alma. Só quem passou por uma situação como essa reconhece o valor desses pequenos gestos.”

Para encerrar a sua participação no jantar, Luzia pediu que a pequena Maria Isadora contasse o que ela sentiu quando saiu da UTI, no pós-transplante, e foi para o quarto. “Eu senti o meu coração bater porque o coração anterior eu não sentia, ele batia muito fraquinho. E eu achei incrível”, falou a menina, levando todos a uma forte emoção.

Depoimentos marcantes do jantar

“Apoiar o Hospital Pequeno Príncipe encaixou perfeitamente com a forma como eu vejo o mundo. Me sinto muito bem e útil podendo ajudar em várias frentes, seja com a minha doação financeira pessoal, seja mobilizando outras pessoas e participando dos eventos. Sempre emocionante e uma conexão muito real com a vida e com aquilo que é importante para nossa sociedade. Eu acho o projeto de existência e desenvolvimento/crescimento do Hospital Pequeno Príncipe fantástico.”André Duarte, diretor de Inteligência de Dados e CRM no Bradesco

“Nós conhecemos o trabalho do Hospital Pequeno Príncipe e de toda sua equipe, e consideramos que é um trabalho além de nobre, incrivelmente profissional, merecedor de todo respeito, de divulgação e de apoio da nossa parte, pela qualidade, competência e excelência. Para nós é, sem dúvida, motivo de honra e de orgulho saber que a gente tem uma instituição brasileira capaz de se organizar, se estruturar e juntar recursos, conhecimento e know-how para gerar esse tipo de resultado voltado às crianças e à sociedade brasileira.”Marco Aurélio de Castro, diretor de Recursos Humanos da Volkswagen Financial Services Brasil

“Nossos principais pilares de responsabilidade social são crianças, educação e saúde. E o Pequeno Príncipe se envolve com tudo isso. Para nós é superimportante apoiar a instituição, que é uma referência nacional. É um centro de saúde, mas também de acolhimento para as famílias. Para nós, é um prazer apoiar o Pequeno Príncipe.”Ana Lucia Maestrello, supervisora de Responsabilidade Social da Sky

Acompanhe os conteúdos também nas redes sociais do Pequeno Príncipe e fique por dentro de informações de qualidade – Facebook, InstagramTwitterLinkedInYouTube

+ Notícias

08/02/2023

Gravidez na adolescência: a prevenção começa com educação e diálogo

Um ambiente acolhedor e de confiança é fundamental para o desenvolvimento saudável de meninos e meninas  
07/02/2023

Nota de pesar pelo falecimento do pediatra Danilo Cerqueira Leite Junior

O médico, com mais de 50 de formação, atuou no Pequeno Príncipe e contribuiu com cuidados a milhares de crianças e adolescentes que passaram pelo Hospital nas últimas décadas
06/02/2023

ALTA COMPLEXIDADE | Serviço de Cirurgia Vascular

O Hospital Pequeno Príncipe tem equipe especializada no tratamento de doenças do sistema circulatório em crianças e adolescentes
03/02/2023

Gravidez na adolescência: quais são os riscos?

A gestação nessa fase, que compreende dos 10 aos 19 anos, gera uma série de consequências para a vida da mãe e do bebê
01/02/2023

Volta às aulas e a imunização de crianças e adolescentes

As medidas de higiene das mãos, etiqueta ao tossir e uso de máscara também auxiliam a evitar a disseminação de doenças
27/01/2023

Hanseníase: atenção aos sinais e sintomas auxilia diagnóstico

Neste Dia Mundial de Combate à Hanseníase, o Hospital Pequeno Príncipe reforça a importância de se buscar os serviços de saúde logo no aparecimento dos primeiros sinais e lembra que a doença tem cura
Ver mais