Ações climáticas: Pequeno Príncipe é reconhecido

Notícias

Pequeno Príncipe é reconhecido como uma das instituições de saúde com melhores ações climáticas do mundo

A premiação, concedida por entidades internacionais, referendou 52 organizações no planeta, oito delas brasileiras
11/02/2022
ações climáticas
O Hospital recebeu o Global Climate Award 2021 na categoria Energy Efficiency – SILVER/ Eficiência Energética – Prata.

 

O Pequeno Príncipe, maior hospital exclusivamente pediátrico do país, foi reconhecido como uma das instituições de saúde com melhores ações climáticas do mundo. O Hospital recebeu o Global Climate Award 2021 na categoria Energy Efficiency – SILVER/ Eficiência Energética – Prata, concedido pelas organizações internacionais Saúde Sem Dano e Rede Global Hospitais Verdes e Saudáveis em parceria com o Projeto Hospitais Saudáveis. Neste ano foram 52 entidades premiadas, oito delas brasileiras.

ações climáticas
O Pequeno Príncipe foi reconhecido como uma das instituições de saúde com melhores ações climáticas do mundo.

A premiação, fruto da participação da instituição no Desafio a Saúde pelo Clima (2020/2021), é um programa internacional que reúne e mobiliza organizações de saúde de todo o mundo a se tornarem mais resilientes e reduzirem progressivamente suas emissões. Os participantes do desafio reportam dados e recebem suporte técnico para gerenciar seu impacto climático com base em três pilares: liderança, resiliência e mitigação.

Espalhadas por 14 países, as instituições de saúde estão consolidando-se como líderes na transformação sustentável e climaticamente inteligente do setor de saúde, estabelecendo metas ambiciosas para mitigar suas emissões e alcançar progressos notáveis em direção a essas metas. Os hospitais também trabalham em suas instalações para manter-se resilientes a um clima em mudança e seu poder de compra para defender a ação climática e economias de baixo carbono.

“Os dois anos de pandemia foram muito desafiadores para os hospitais, mas para além de garantir o atendimento com qualidade, tanto para os pacientes de COVID-19 quanto para as especialidades que tratamos, nós e diversos hospitais em todo o mundo aumentamos os esforços para enfrentar uma ameaça incomparável à saúde pública e ambiental: as mudanças climáticas. Ter esse esforço reconhecido é muito significativo”, destaca o diretor-corporativo do Pequeno Príncipe, José Álvaro Carneiro.

ações climáticas
Os painéis fotovoltaicos foram instalados no Hospital em parceria com a Copel.

Ações climáticas do Pequeno Príncipe

Entre as ações climáticas que colocaram o Pequeno Príncipe como um dos melhores do planeta está a instalação de painéis fotovoltaicos, em parceria com a Copel, que pretende garantir a produção de energia elétrica de aproximadamente 13.777kWh/mês e proporcionará a redução do consumo de energia elétrica em aproximadamente 35.060kWh/mês. Isso representa 12,6% do consumo médio do Hospital. Outro painel, já instalado no Laboratório Genômico e Biobanco, também tem a previsão de gerar uma economia de 5% no consumo médio da instituição.

Ainda focando na eficiência energética, o Pequeno Príncipe investiu na troca dos geradores e do chiller (utilizado em resfriamento de água) por modelos mais modernos e capazes de proporcionar maior economia. Com o mesmo objetivo, também substituiu o uso de lâmpadas fluorescentes por tecnologia LED e adquiriu 93 equipamentos de ar condicionado.

Além de reduzir o consumo de energia, o Hospital desenvolve ações ambientais que representam um impacto ainda maior e têm rendido outras premiações de práticas ambientais e sustentáveis, como o Prêmio Amigo do Meio Ambiente. O inventário encaminhado para o Desafio a Saúde pelo Clima inclui iniciativas para a redução do consumo de água, por exemplo. Houve a substituição de torneiras convencionais por modelo com temporizador e aquisição e instalação de cisternas para captação de água da chuva para reuso.

O Projeto Compostar, que também faz parte do inventário, transforma os resíduos orgânicos crus da cozinha do Hospital em adubo orgânico (14 toneladas/ano). A proposta, além de diminuir o percentual de resíduos comuns, também utiliza o adubo em uma horta de chás, que produz 9,5kg de ervas frescas por mês. Diariamente, os chás são servidos para uma média de 2,9 mil pacientes.

ações climáticas
O Pequeno Príncipe realiza a proteção e manejo de 10 hectares de florestas nativas da Grande Reserva da Mata Atlântica.

Compensação de carbono

Para realizar a compensação voluntária e sem geração de créditos de carbono comercializáveis, o Pequeno Príncipe elaborou o Projeto de Compensação de Emissões de Carbono. Utilizando uma metodologia embasada pelo mecanismo REDD+, a instituição realiza a proteção e manejo de 10 hectares de florestas nativas da Grande Reserva da Mata Atlântica, presentes na Reserva Natural das Águas, mantida pela empresa SPVS no município de Antonina, litoral do Paraná.

O projeto também atende à adesão da instituição à Campanha Race To Zero e ao Programa Empresa Amiga da Mata Atlântica. Na campanha, as organizações firmam o compromisso de alcançar uma redução de 50% de suas emissões mensuráveis de GEE até 2030 e zero líquido até 2050. No programa, as empresas contribuem para a conservação e o uso sustentável da Mata Atlântica, por meio de ações próprias e do apoio às ações da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, vinculada à Unesco.

As organizações brasileiras que também receberam o prêmio são: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu – Universidade Estadual Paulista – Unesp; Hospital Geral de Guarulhos Prof. Dr. Waldemar Carvalho Pinto Filho; Hospital Santa Izabel – Santa Casa da Bahia; Rede D’Or São Luiz S.A.; Hospital Albert Einstein; Hospital Sírio-Libanês; e Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina.

Acompanhe os conteúdos também nas redes sociais do Pequeno Príncipe e fique por dentro de informações de qualidade – FacebookInstagramTwitterLinkedIn e YouTube

+ Notícias

25/11/2022

Hemodinâmica: cateterismo evita cirurgias de grande porte em neonatos

O serviço do Hospital Pequeno Príncipe é referência nacional em pediatria e, em 2021, realizou 297 cateterismos
24/11/2022

Pequeno Príncipe vence o Prêmio Líderes Regionais Paraná 2022

A instituição foi premiada na categoria ESG – Responsabilidade Social. O reconhecimento destaca empresas, organizações e empresários que contribuíram para o desenvolvimento do estado
23/11/2022

Câncer pediátrico: diagnóstico precoce pode salvar até 84% dos pacientes

Referência nacional no tratamento de doenças onco-hematológicas há meio século, Hospital Pequeno Príncipe alerta sobre sintomas
21/11/2022

Pequeno Príncipe atua na prevenção da resistência aos antimicrobianos

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 1,3 milhão de pessoas morram a cada ano devido aos efeitos dessa resistência  
20/11/2022

Dia Mundial da Criança chama atenção à defesa de direitos

Em sua trajetória centenária, o Hospital Pequeno Príncipe desenvolve uma série de iniciativas em favor da proteção integral de meninos e meninas  
18/11/2022

Eletrofisiologia: Pequeno Príncipe é pioneiro em pediatria e mapeamento do coração em procedimento cirúrgico

O serviço também é referência no Brasil na realização de procedimentos invasivos e colocação de dispositivos eletrônicos no público infantojuvenil
Ver mais