Doe para o Pequeno Príncipe

Notícias

Pequeno Príncipe cria canal de doação específico após incidente

A instituição ainda contabiliza danos após incêndio que destruiu Ambulatório de Oncologia, Hematologia e TMO
03/11/2023
Doe para o Pequeno Príncipe
Doe para o Pequeno Príncipe e contribua para a reconstrução e melhoria do Ambulatório de Oncologia, Hematologia e Transplante de Medula Óssea (TMO).

O Hospital Pequeno Príncipe ainda contabiliza os danos causados por uma explosão, seguida de um incêndio, ocorrida na manhã de 31 de outubro, em seu Ambulatório de Oncologia, Hematologia e Transplante de Medula Óssea (TMO). O espaço, com recepção, quatro consultórios, posto de enfermagem, dois leitos para procedimentos, duas salas de isolamento e equipado com 16 poltronas, além de diversos insumos e equipamentos, foi totalmente destruído pelo fogo.

Um espaço provisório foi organizado para garantir atendimento e acolhimento dos pacientes e suas famílias no sexto andar do Hospital. “Nosso Serviço de Oncologia é um dos mais antigos do Brasil, tem 55 anos de atendimento ininterruptos às crianças e suas famílias. Nunca parou, não parou com esse incidente e não vai parar. O Hospital está funcionando em sua plenitude. Nenhum dos serviços foi paralisado e todos continuam com a mesma qualidade e eficiência”, explica a diretora-executiva do Pequeno Príncipe, Ety Cristina Forte Carneiro.

Doe para o Pequeno Príncipe

Filantrópico, o Pequeno Príncipe sempre contou com o apoio da comunidade para assegurar assistência de qualidade, humanizada e com equidade para crianças e adolescentes de todo o Brasil. E para quem deseja contribuir para a superação de mais esse desafio, o Hospital criou um canal de doação específico. Clique aqui e confira.

“Parte dos danos será coberta pelo seguro, mas ainda não sabemos quais serão as condições relacionada a prazos e valores. No entanto, o início da reconstrução imediata é imprescindível, por isso contamos com o apoio da sociedade nesta campanha de mobilização”, explica Ety.

Sobre os serviços

A instituição centenária atende cerca de 60% de seus pacientes via Sistema Único de Saúde (SUS). No Serviço de Oncologia e Hematologia, são cem pacientes novos por ano. No momento, cerca de 500 crianças e adolescentes recebem assistência e contam com equipe multiprofissional no acompanhamento. Por ano, o Hospital realiza seis mil atendimentos ambulatoriais e mais de 2,5 mil sessões de quimioterapia.

Já o Serviço de TMO, em pouco mais de uma década de atuação, já fez 468 transplantes. “Atendemos de bebês até adolescentes e jovens de 18 anos. É uma equipe muito comprometida e talentosa, e todos prezamos pela excelência técnico-científica. O atendimento é integral, com educação, cultura, presença familiar e integralidade no olhar”, explica Ety.

Sobre o Hospital

O Pequeno Príncipe é uma instituição sem fins lucrativos que oferece assistência hospitalar há mais de 100 anos para crianças e adolescentes de todo o país. Disponibiliza desde consultas até tratamentos complexos, como transplantes de rim, fígado, coração, ossos e medula óssea. Atende em 35 especialidades, com equipes multiprofissionais, e tem 361 leitos, 68 deles de UTI.

Em 2022, foram realizados cerca de 250 mil atendimentos e 18 mil cirurgias que beneficiaram pacientes do Brasil inteiro. Pelo terceiro ano consecutivo, o Pequeno Príncipe foi eleito o melhor hospital pediátrico da América Latina em um ranking elaborado pela revista norte-americana Newsweek.

O Pequeno Príncipe é signatário do Pacto Global desde 2019. A iniciativa presente nesse conteúdo contribui para o alcance do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS): Parcerias e Meios de Implementação (ODS 17).

Acompanhe os conteúdos também nas redes sociais do Pequeno Príncipe e fique por dentro de informações de qualidade – FacebookInstagramTwitterLinkedIn e YouTube.

+ Notícias

28/05/2024

Como resgatar as brincadeiras tradicionais na era digital?

Neste Dia Mundial do Brincar, o Hospital Pequeno Príncipe reforça a importância de equilibrar o tempo de tela com atividades lúdicas
26/05/2024

Centro de Vacinas Pequeno Príncipe: 25 anos de excelência em saúde

Inovação, atendimento integral, atualização contínua, compromisso e capacitação de profissionais marcam um quarto de século da unidade
22/05/2024

Qual é a importância do vínculo afetivo na Primeiríssima Infância?

A ligação entre a criança e seus cuidadores se estabelece ainda na gravidez e se estende por um longo caminho após o nascimento
18/05/2024

Aumentam registros de violência contra crianças e adolescentes

Nas últimas duas décadas, foram mais de nove mil pacientes atendidos no Hospital Pequeno Príncipe por maus-tratos; violência sexual predomina
17/05/2024

Pequeno Príncipe mobilizado pelo Rio Grande do Sul

Iniciativas vão desde teleconsultas a crianças e adolescentes em parceria com hospital gaúcho até mobilização de profissionais
15/05/2024

Como falar sobre as enchentes com as crianças?

Hospital Pequeno Príncipe destaca a importância de agir com sensibilidade e estar atento aos sinais de sofrimento manifestados pelos pequenos
Ver mais