Volta às aulas: protocolos de retorno são fundamentais para garantir a segurança no ambiente escolar - Complexo Pequeno Príncipe

Complexo, Doe, Faculdades, Gols Pela Vida, Hospital, Instituto de Pesquisa

Volta às aulas: protocolos de retorno são fundamentais para garantir a segurança no ambiente escolar

Hospital Pequeno Príncipe oferece exames de COVID-19, que garantem prevenção, conforto e comodidade aos profissionais da educação, alunos e famílias

Com os devidos cuidados, a volta às aulas é possível e necessária.

Mais que necessária, a volta às aulas em tempos de pandemia depende de alguns fatores importantes. O vice-diretor técnico do Hospital Pequeno Príncipe, o médico infectologista pediátrico Victor Horácio de Souza Costa Júnior, lembra que as escolas devem realizar as adaptações necessárias. “São medidas que permitam um maior distanciamento entre as crianças, o planejamento de entrada e saída, habilidades que precisam adquirir para ajustar o recreio e o tempo de alimentação dos alunos, fora os ajustes de sinalização”, reitera.

As medidas epidemiológicas devem ser realidade na sala de aula.

Além dessa organização estrutural, os educadores dependem da completa adesão dos pais e responsáveis aos protocolos de retorno. “A escola vai se tornar um ambiente seguro se tivermos também a adesão dos pais a esses protocolos. Não adianta a escola estar toda preparada para receber a criança se, do portão para fora, os cuidados não forem mantidos pelas famílias. As últimas estatísticas revelam que o ambiente domiciliar tem sido um local de importante contágio para elas”, completa o especialista.

Em relação à mochila, o médico lembra que é necessário levar apenas o essencial e evitar trocas de materiais. “O Brasil foi o país que mais tempo deixou as escolas fechadas. Esses mais de 9 meses trouxeram mais malefícios que benefícios, como ansiedade e insônia. Por isso temos que cuidar para que esse retorno seja seguro e duradouro”, completa.

O vice-diretor técnico do Hospital Pequeno Príncipe, o médico infectologista pediátrico Victor Horácio de Souza Costa Júnior, traz orientações importantes.

Exames

Se a ideia é garantir segurança, o Hospital Pequeno Príncipe disponibiliza, por meio dos Laboratórios de Análises Clínicas e Genômico, exames para diagnóstico do coronavírus (COVID-19). Diante da ausência de vacinas em quantidade suficiente para toda população neste momento, é preciso ficar atento aos cuidados epidemiológicos (higienização das mãos, isolamento + distanciamento social, etiqueta ao tossir e o uso da máscara) e aos sintomas característicos da doença.

Na percepção de qualquer sinal, é recomendado fazer o exame RT-PCR para SARS-CoV-2 – mediante prescrição médica. “O laboratório do Hospital Pequeno Príncipe realiza esse exame desde abril de 2020, em crianças e adultos, e está liberando os resultados em até 24 horas. Estamos preparados para atender com coleta domiciliar, no drive-thru, in company e também na unidade externa do laboratório na Praça Afonso Botelho (Praça do Athletico). Algumas escolas já adotaram protocolos para a realização dos exames, caso  professores e outros profissionais, ou também alunos e familiares, manifestem os sintomas. Dessa forma, é possível evitar a disseminação do vírus e manter todos em segurança nesse tão esperado recomeço das aulas”, orienta a vice-diretora de Infraestrutura e Diagnósticos do Hospital Pequeno Príncipe, Daisy Elizabeth Jose Schwarz.

O Pequeno Príncipe realiza o exame em adultos e crianças.

+ Notícias

Faça sua doação