Hospital Pequeno Principe

Complexo, Hospital

Pacientes do Pequeno Príncipe ganham papel de parede para pintar

Material com desenhos da artista plástica paranaense Lucile Justus foi doado e instalado pela empresa curitibana F9 Identidade Visual

As crianças que estão internadas no Hospital Pequeno Príncipe ganharam um papel de parede para pintar. O material, com desenhos da artista plástica paranaense Lucile Justus, foi doado e instalado pela empresa curitibana F9 Identidade Visual. O papel de parede vai ao encontro da tendência dos livros para colorir, pode ser pintado tanto com giz de cera, canetinha ou tinta guache e já está disponível para venda.

Hospital Pequeno Principe O papel será substituído à medida que as crianças terminam a pintura. Esta é a primeira vez que a artista plástica, autora do livro “Cidades”, vê os seus desenhos coloridos em tamanho tão grande. Ela fez questão de acompanhar a instalação, que aconteceu na quinta-feira, dia 30.

Hospital Pequeno Principe

Crédito das fotos: Marcelo Elias.

 

 

 

 

 

 

 

+ Notícias

Faça sua doação