Pacientes do projeto Integra participam de animada festa julina - Complexo Pequeno Príncipe

Complexo, Doe, Hospital, Instituto de Pesquisa

Pacientes do projeto Integra participam de animada festa julina

Evento contou com uma apresentação musical especial, que faz parte do projeto cultural “Ad Cordis: Ritmos do Coração”

Com apresentação especial do projeto cultural “Ad Cordis: Ritmos do Coração”, a festa julina dos pacientes e familiares atendidos por meio do projeto Integra, iniciativa do Hospital Pequeno Príncipe, foi um sucesso.

Pacientes e familiares atendidos por meio do projeto Integra, iniciativa do Hospital Pequeno Príncipe,  participaram, no dia 11 de julho, de uma animada festa julina. A programação incluiu uma apresentação especial do violeiro Emiliano Pereira e banda, que mesclou as principais influências do artista, como a música caipira e a world music. O espetáculo, que contou ainda com a participação do músico Rogério Gulin, faz parte do projeto cultural “Ad Cordis: Ritmos do Coração” e encantou a plateia.

“Foi muito bonita a apresentação. O grupo musical é adorável e as crianças e os pais ficaram muito felizes. Os pequenos curtiram bastante e estavam curiosos em saber a respeito dos instrumentos”, disse a psiquiatra do Hospital Pequeno Príncipe e coordenadora do Integra, Maria Carolina Oliveira Serafim. “A música nos enlaça, transforma tudo em momentos sublimes”, completou.

Os sentimentos e sensações que a música proporciona também foram compartilhados pelos pacientes e familiares presentes na festa julina. “Meu filho nunca tinha demonstrado tanto interesse pela música como teve hoje. Ele ficou atento a todas as canções. Eu costumo ouvir música em casa, mas ele me surpreendeu, pois lá não costuma ouvir muito. A apresentação foi fantástica”, relatou André Lange, pai do paciente Otto Lange.

E esses sentimentos não contagiaram apenas quem estava na plateia. “Para nós, fazer uma apresentação aqui foi muito satisfatório e gratificante. Além de estarmos entre amigos e fazendo o que mais gostamos, tocar para essas crianças é de uma importância grandiosa. Pois em um quadro onde às vezes a comunicação pode ser limitada, a música e a arte são capazes de quebrar ou, ao menos, diminuir essas barreiras”, afirmou o violeiro Emiliano Pereira.

Sobre o Ad Cordis

Realizado por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, o projeto “Ad Cordis: Ritmos do Coração” proporciona atrações musicais com artistas locais no Pequeno Príncipe e em instituições parceiras. Durante o ano, serão realizadas 18 apresentações com diferentes convidados e uma grande variedade de ritmos. Ainda como parte do projeto, serão realizadas duas apresentações com os músicos Yamandu Costa e Renato Borghetti, com a renda revertida integralmente ao Hospital: uma em Curitiba, no dia 6 de setembro, no Teatro Guaíra, e outra em Nova York, nos Estados Unidos, em 20 de outubro, no 92-Y (Kaufmann Concert Hall).

O projeto “Ad Cordis: Ritmos do Coração” conta com o patrocínio das seguintes empresas: Sideral Linhas Aéreas; Grupo GPS; Novartis; Caminhos do Paraná; Grupo Electra; Ademilar; Agrícola Horizonte; Accord Farmacêutica; Ciapetro; Minauro Informática; Cesbe; Nipponflex; Bebidas Nova Geração; Codepe; Tratornew; Nórdica Veículos; Frameport; Ravato; Fagundez Distribuição; Companhia Internacional de Logística; Engepeças; Viposa; e Boulos.

+ Notícias

Faça sua doação