DSC_0020

Grupo CelloFollia se apresenta no Pequeno Príncipe

O quarteto de violoncelistas apostou em um repertório familiar às crianças e optou por tocar músicas de desenhos animados

Um instrumento versátil, capaz de expressar seu som em diferentes estilos musicais. Esse é o violoncelo, apresentado aos pacientes do Hospital Pequeno Príncipe na tarde desta sexta-feira, dia 27. A missão de promover o encontro ficou com o grupo CelloFollia, formado por quatro violoncelistas: Estela de Castro, Joaquin Rebollo, Faisal Hussein e Shante Cabral.

O evento marca a segunda apresentação do projeto “Encontros Musicais”, que, por meio de pocket shows, promove o acesso à música instrumental. Desta vez, o repertório foi composto por músicas familiares às crianças, como temas das animações Toy Story, Simpsons e Super Homem. Os músicos entraram na brincadeira e vestiram-se a caráter, Rebollo estava com uma camisa xadrez,  lembrando o personagem Woody, e Cabral usava uma camiseta do Super Homem.

Durante o encontro, as crianças mostraram-se empolgadas e bateram palmas no ritmo dos instrumentos. Mas, não foram apenas os pequenos que se divertiram, é o que garante Rebollo. “Para nós é maravilhoso ver os meninos e meninas brincando, além de ser muito satisfatório. A iniciativa é fantástica porque nada melhor do que levar música a quem, temporariamente, não pode ir até ela. É exemplar”, relatou o músico.

O projeto “Encontros Musicais” permanece com apresentações mensais no Hospital Pequeno Príncipe até novembro. Para dezembro, está previsto um show de encerramento com os músicos Yamandu Costa e Hamilton de Holanda no Teatro Bom Jesus.

Patrocinadores

Viabilizado pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, “Encontros Musicais” conta com o apoio dos seguintes patrocinadores: Vale Fértil, Propex do Brasil, Metisa Metalúrgica Timboense, Veper Serviços Especializados, Veper Serviços de Vigilância, Gemü, Vianmaq Máquinas, Sisteplan Softwares e Equipamentos, Durlicouros e Mili.

A cantora lírica Carmen Monarcha, que visitou o Hospital pela manhã, decidiu permanecer na instituição para prestigiar o quarteto. Em conversa com os músicos, ela disse que achou a apresentação incrível.

+ Notícias

Faça sua doação