História

O COMEÇO DA MOBILIZAÇÃO SOCIAL

No início do século passado, em plena 1ª Guerra Mundial, um grupo de mulheres da comunidade curitibana decide viabilizar um inédito atendimento em saúde para a população carente da cidade, notadamente as crianças.

historia-1

Com disposição, unem-se a médicos e líderes locais e conseguem inaugurar o Dispensário Infantil, que recebe os primeiros pacientes em outubro de 1919. Em seguida, lançam o projeto de construção de um Hospital de Crianças. Onze anos de intenso trabalho e mobilização social foram necessários para sua inauguração em 1930.

Em 1951, o Hospital de Crianças passou a ser denominado Hospital de Crianças Dr. Cesar Pernetta e em 1971 foi inaugurado o Hospital Pequeno Príncipe.

historia-2historia-3

Berço da pediatria paranaense, em que pese o grande número de atendimentos e o elevado grau de especialização e competência tecnocientífica envolvidos, cada criança e adolescente que chega ao Hospital Pequeno Príncipe é alvo de atenção particular.

O Hospital concretiza seu lema de amor à criança no atendimento humanizado, integral e equânime. O Pequeno Príncipe é referência em especialidades médicas e áreas de atuação, como nas cirurgias cardíacas em bebês, inclusive recém-nascidos.

Realizou mais de 400 transplantes de órgãos na última década, sendo que no transplante de rins se equipara aos melhores do mundo em sobrevida dos pacientes. Mais de 1.500 médicos pediatras, anestesistas, ortopedistas e cirurgiões pediátricos de todo o país já complementaram sua formação e especialização em estágios e residências médicas no Hospital Pequeno Príncipe.

Faça sua doação