Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência

Notícias

Pequeno Príncipe e seu compromisso com a equidade e inclusão

Neste Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, a instituição ressalta as adequações de acessibilidade nos espaços físicos e iniciativas para promover autonomia desse público
21/09/2023
Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência
Neste Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, a instituição ressalta a importância de promover a inclusão e buscar um mundo mais acessível e com equidade.

O Pequeno Príncipe é um local de acolhimento e de respeito às singularidades e às subjetividades humanas. Esse é um dos valores primordiais da instituição, que sempre valorizou a diversidade, inclusão, equidade e pertencimento. Neste Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência (21 de setembro), o Hospital reforça também que visa a ampliar cada vez mais a acessibilidade nos espaços físicos e contribuir com a autonomia das pessoas com deficiência no âmbito social.

A diretora-executiva do Hospital, Ety Cristina Forte Carneiro, destaca a busca pelo aprendizado contínuo e evolução das práticas dessa cultura. “Acreditamos que a diversidade deve ser acolhida; a inclusão precisa ser praticada no cotidiano; a equidade favorece a justiça; e o pertencimento gera engajamento. O conjunto desses elementos proporciona segurança e favorece a inovação e a criatividade, o que contribui significativamente para boa convivência entre todos os públicos que atendemos”, completa.

Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência
Luana, ao lado de uma das médicas, Dulce Helena Grimm, que cuidou dela com muito respeito e amor.

Luana de Freitas Barbosa viveu os dois lados na instituição – foi paciente desde os quatro meses e faz parte do quadro de colaboradores há quatro anos – e pôde presenciar esse cuidado sem distinção. A profissional tem osteogênese imperfeita (ossos de vidro), já passou por inúmeras cirurgias e depende de cadeira de rodas para locomover-se. Mas isso não impediu que realizasse o sonho de retribuir todo o amor recebido ao trabalhar no maior e mais completo hospital pediátrico do país.

“Como paciente, já era tratada com muito respeito, dentro das minhas limitações e minhas vontades. Hoje, como colaboradora, percebo esse mesmo cuidado. Assim como meus médicos me falavam que eu era capaz de realizar qualquer coisa assim como uma criança sem deficiência, os meus colegas e gestores falam o mesmo hoje. Aqui é fácil se sentir pertencendo a um grupo, pois nos fazem sentir em casa e incluídos em tudo”, relata Luana, que hoje é assistente administrativa do Setor de Novos Projetos.

Iniciativas do Pequeno Príncipe

Por meio do projeto Igualdades: Hospital Acessível e Inclusivo, a instituição adaptou o prédio histórico do antigo Hospital de Crianças César Pernetta e também ampliou a acessibilidade por toda a instituição. Os projetos que são pensados para o Hospital já incluem esse olhar para as pessoas com deficiência.

Ao longo dos anos, foram modernizados os elevadores com sistema de sinal sonoro para orientação de deficientes visuais e adaptados os mobiliários e sanitários. Também houve padronização da programação visual de todo o Hospital para deficientes visuais e pessoas com baixa visão (usando letras grandes, com contraste de cores e escrita em Braille) e adquiridos jogos lúdicos para crianças com deficiência.

Quando se trata de pacientes com deficiências, além do cuidado hospitalar, a instituição oferece uma unidade completa para reabilitação desse público. O Centro de Reabilitação e Convivência Pequeno Príncipe dispõe de uma ampla estrutura, bem como atendimento de uma equipe transdisciplinar, que inclui fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos e assistentes sociais. A unidade elabora atividades de inclusão e convivência que visam a apoiar e fortalecer as famílias para a rotina que enfrentam.

Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência
O Centro de Reabilitação e Convivência Pequeno Príncipe conta com ampla estrutura, como sala de fisioterapia.

Acolhimento aos profissionais 

No Pequeno Príncipe, a inclusão pode ser percebida desde o processo seletivo, já que todas as vagas de trabalho abertas estão disponíveis para candidatura de pessoas com deficiência. Hoje são mais de 100 colaboradores PcDs, que atuam em diferentes áreas administrativas, de nutrição e dietética, higienização, recepção, enfermagem, Programa Família Participante, entre outras.

Para acolher os profissionais com deficiência, a instituição personaliza a Integração (boas-vindas com apresentação de propósitos institucionais e setores) de acordo com as particularidades de cada um. Além disso, promove iniciativas como o Canal de Escuta, para acolhimento às reclamações, às sugestões e aos elogios exclusivos de colaboradores; a Política de Gestão de Pessoas e o Código de Conduta, que formaliza os valores e compromissos da instituição; e outras atividades que permitem essa troca constante entre todas as partes que integram a instituição.

O Pequeno Príncipe é signatário do Pacto Global desde 2019. A iniciativa presente nesse conteúdo contribui para o alcance do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS): Saúde e Bem-Estar (ODS 3) e Redução das Desigualdades (ODS 10).

Acompanhe os conteúdos também nas redes sociais do Pequeno Príncipe e fique por dentro de informações de qualidade – FacebookInstagramTwitterLinkedIn e YouTube.

+ Notícias

18/05/2024

Aumentam registros de violência contra crianças e adolescentes

Nas últimas duas décadas, foram mais de nove mil pacientes atendidos no Hospital Pequeno Príncipe por maus-tratos; violência sexual predomina
17/05/2024

Pequeno Príncipe mobilizado pelo Rio Grande do Sul

Iniciativas vão desde teleconsultas a crianças e adolescentes em parceria com hospital gaúcho até mobilização de profissionais
15/05/2024

Como falar sobre as enchentes com as crianças?

Hospital Pequeno Príncipe destaca a importância de agir com sensibilidade e estar atento aos sinais de sofrimento manifestados pelos pequenos
13/05/2024

É normal a criança ter amigos imaginários?

A criação desses personagens é comum no desenvolvimento infantil, mas veja alguns sinais que indicam atenção a essa prática
09/05/2024

Ministra da Saúde visita área onde será o Pequeno Príncipe Norte

Nísia Trindade de Lima destacou a importância do projeto e da instituição para a saúde infantil do país
07/05/2024

Hospital se destaca em encontro internacional por ações ambientais

Instituição é a única entre as organizações de 12 países a ter um indicador em saúde ambiental 
Ver mais