Coração dá sinais de que precisa de cuidado

Notícias

Coração dá sinais de que precisa de cuidado

Neste Dia Mundial do Coração, o Hospital Pequeno Príncipe alerta quando é necessário buscar um pediatra
29/09/2022
coração
O cuidado com o coração deve começar ainda no período fetal.

 

As crianças e adolescentes podem desenvolver doenças cardiovasculares ao longo da vida ou nascer com malformações que afetem o funcionamento da estrutura do órgão. Por isso, neste Dia Mundial do Coração, o Hospital Pequeno Príncipe adverte sobre os sinais de alerta nas diferentes fases e que possam indicar a necessidade de um acompanhamento médico imediato.

A cardiologista pediátrica Cristiane Binotto, do Hospital Pequeno Príncipe, reforça a importância do diagnóstico precoce de doenças cardíacas para salvar vidas. “Quanto mais cedo se identifica o problema, mais precocemente ele pode ser resolvido. Desta forma, são evitados problemas secundários e crônicos que podem intensificar e aumentar o risco de vida, além de manter os sintomas para toda a vida”, pontua.

paciente problema coração
As cardiopatias congênitas são exemplos de doenças comuns na infância.

Sinais de que o coração precisa de atenção

Em recém-nascidos e bebês

– Cianose central.
– Dificuldade respiratória.
– Cansaço nas mamadas.
– Baixo ganho de peso.
– Taquicardia
– Irritabilidade.
– Sopro cardíaco.

Em crianças e adolescentes

– Hipertensão arterial.
– Dor torácica e em membros.
– Níveis elevados de lipídios, colesterol e triglicerídeos.
– Obesidade.
– Cansaço nos exercícios.
– Arritmia cardíaca e desmaios.
– Sopro cardíaco.

Dicas para cuidar do seu coração

No caso de gestantes, atentar para a alimentação desde o período fetal, pois os hábitos alimentares maternos já vão refletir na saúde do feto e do recém-nascido.

– Fazer a correta e periódica higiene bucal, pois muitas alterações cardíacas podem ser decorrentes da má higienização.

– Praticar atividade física, que é fundamental na infância e vai criar hábitos de saúde adequados que favorecem o desempenho e melhora da função cardiovascular.

– Manter alimentação balanceada, que inclua verduras, saladas, frutas e grãos integrais, para que a criança consiga ter um desenvolvimento físico e mental mais adequado.

– No caso de ter algum fator de risco, como hipertensão, colesterol alto ou histórico familiar, o ideal é procurar um serviço médico o mais cedo possível para fazer acompanhamento.

A prevenção é a melhor solução. Por isso, realizar checapes regulares é essencial para auxiliar a detectar fatores silenciosos.

Serviço de Cardiologia

O Serviço de Cardiologia do Hospital Pequeno Príncipe é referência no atendimento de pacientes com cardiopatias congênitas e recebe, todos os anos, crianças e adolescentes com essas enfermidades, sendo que muitos deles são submetidos a procedimentos cirúrgicos. É o serviço que realiza o maior número de atendimentos ambulatoriais no país e o segundo em número de cirurgias. Também é o principal no que se refere a procedimentos em recém-nascidos até 30 dias. Conta com profissionais altamente capacitados, além de uma estrutura exclusiva de atendimento e internamento, incluindo UTI.

Acompanhe os conteúdos também nas redes sociais do Pequeno Príncipe e fique por dentro de informações de qualidade – Facebook, InstagramTwitterLinkedInYouTube

+ Notícias

02/12/2022

Mitos e verdades sobre convulsões

Distúrbio que provoca grande apreensão nos pais, as convulsões precisam de acompanhamento médico
29/11/2022

Dia de Doar: renúncia fiscal tem potencial de arrecadar até R$ 8 bilhões

Data criada há 20 anos nos Estados Unidos pretende fortalecer cultura de doações no Brasil. Doações via Imposto de Renda podem ser feitas até dia 29 de dezembro
25/11/2022

Hemodinâmica: cateterismo evita cirurgias de grande porte em neonatos

O serviço do Hospital Pequeno Príncipe é referência nacional em pediatria e, em 2021, realizou 297 cateterismos
24/11/2022

Pequeno Príncipe vence o Prêmio Líderes Regionais Paraná 2022

A instituição foi premiada na categoria ESG – Responsabilidade Social. O reconhecimento destaca empresas, organizações e empresários que contribuíram para o desenvolvimento do estado
23/11/2022

Câncer pediátrico: diagnóstico precoce pode salvar até 84% dos pacientes

Referência nacional no tratamento de doenças onco-hematológicas há meio século, Hospital Pequeno Príncipe alerta sobre sintomas
21/11/2022

Pequeno Príncipe atua na prevenção da resistência aos antimicrobianos

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 1,3 milhão de pessoas morram a cada ano devido aos efeitos dessa resistência  
Ver mais