Transplante_coracao

Complexo, Hospital

Transplantes garantem uma nova chance a crianças e adolescentes

Mais de 100 jovens foram beneficiados no HPP com a doação de órgãos em 2014

DSC_0010Em 2014, um ato de solidariedade mudou a vida de 137 pacientes em tratamento no Hospital Pequeno Príncipe. A doação de órgãos possibilitou a esses jovens a oportunidade de  recuperar experiências já perdidas.

De presente, eles ganharam corações, fígados, medulas ósseas, rins e tecidos. Realizar um transplante não é tarefa fácil, mas um trabalho em conjunto. Para isso, são necessários equipamentos específicos e profissionais altamente capacitados, além de muito amor para doar e receber.

O Hospital Pequeno Príncipe é referência em atendimentos de alta complexidade no Brasil, por isso recebe crianças de todo o país e até mesmo da América Latina. Neste ano, 3 pacientes ganharam novos corações, resultado de um procedimento que apenas o Pequeno Príncipe realiza no Paraná. Além disso, a instituição também restabeleceu a função de 6 fígados, 16 medulas ósseas, 16 rins e 96 tecidos.

Os dados do Pequeno Príncipe, de janeiro a novembro de 2014, são positivos e representam uma tendência no Brasil. De acordo com o Ministério da Saúde, o número de doadores efetivos de órgãos cresceu 90% em seis anos. Para 2015, a meta é continuar e aumentar o trabalho já desenvolvido no Hospital. “Os resultados positivos mostram que nossos esforços valem a pena”, relatou o chefe da equipe de Transplante de Fígado do Pequeno Príncipe, Júlio César Widerker.

+ Notícias

Faça sua doação