Workshop promovido pelo Pequeno Príncipe debate a gestão de pessoas - Complexo Pequeno Príncipe

Complexo, Gols Pela Vida, Hospital

Workshop promovido pelo Pequeno Príncipe debate a gestão de pessoas

Representantes de empresas que participam do projeto Seleção Gols pela Vida conheceram mais sobre a importância do recrutamento e seleção, avaliação de desempenho e plano de cargos e salários, entre outros temas

DSC_0025Uma pesquisa divulgada recentemente apontou que engajar e manter profissionais qualificados no quadro de colaboradores é um dos principais desafios para a gestão de recursos humanos nos dias atuais. Isso para 53% dos executivos da área de RH ouvidos pela SilkRoad, conforme estudo publicado no início de 2014 pela revista Exame. Para debater esse importante assunto, o Complexo Pequeno Príncipe promoveu nesta terça-feira, dia 6, o II Workshop Seleção Gols pela Vida. O evento foi realizado no Harbor Hotel, em Curitiba. Durante o curso, foram apresentados conceitos relacionados ao tema e realizadas dinâmicas em grupos, além de apresentações individuais.

Estiveram presentes 36 representantes de 21 pequenas e médias empresas que fazem parte do projeto Seleção Gols pela Vida, por meio do qual as organizações contribuem com doações contínuas mensais com as atividades de assistência e pesquisa desenvolvidas pelo Complexo. O evento tem como objetivo promover o networking dos investidores do Seleção entre si e com outras companhias. Além, disso, pretende oferecer conteúdo que possa auxiliar no aprimoramento das atividades dessas empresas.

Os conceitos relacionados à gestão de recursos humanos – como valorização de pessoas, remuneração e benefícios, papel da liderança e indicadores – foram apresentados pela psicóloga Andréa de Fátima Rua Estácio, mestre em Administração pela Universidade Positivo e com MBA em Gestão de Pessoas pela UNICURITIBA. Ela é, ainda, consultora e instrutora da Qualimaster, empresa parceira na ação.

Andréa ministrou o curso de forma voluntária. “Eu faço trabalhos voluntários e aceitei participar do workshop pela causa do Pequeno Príncipe. Como eu sempre digo: todos nós um dia já fomos atendidos no Hospital, sejam nossos filhos ou nossos netos”, observou. Sobre a gestão de talentos, ela disse que o mundo passa por um momento da valorização do ser humano dentro das organizações. “Não adianta falarmos em questão de responsabilidade social, por exemplo, se não fazemos isso diretamente com os nossos colaboradores. Precisamos valorizar as pessoas nas atividades delas. Para trazerem lucratividade e produtividade ao negócio, mas também para se sentirem bem no ambiente de trabalho”, ressaltou.

Apoiadores
O II Workshop Seleção Gols pela Vida contou com o apoio da Qualimaster e o patrocínio da In Vitro.

Avaliação positiva
Os participantes do workshop fizeram uma avaliação positiva do evento. “Vim para adquirir conhecimento e aprender mais especialmente sobre o que acredito ser uma área carente em muitas companhias. Já praticava na empresa alguns conceitos que foram ensinados durante o curso, mas sempre procuro novidades para implementar no negócio”, afirmou o gerente do KF Grill, Eron Rosa.

“Gostei do curso especialmente porque foram apresentadas experiências próprias de gestão, que posso aplicar também na empresa onde trabalho. Achei interessante, ainda, o que ensinaram a respeito de plano de salários, da importância da valorização dos colaboradores e de como recompensá-los de outras formas que não seja a parte financeira”, considerou, por sua vez, a gerente-administrativa da Adrenalina – que atua no segmento de acessórios para motos e off road –, Beatriz Saad.

O arquiteto da Proa Arquitetura, Rodrigo Freire, destacou que o curso trouxe informações atualizadas e muitas novidades sobre como enfrentar problemas atuais, como a retenção de profissionais, além da melhor maneira de realizar processos seletivos. “Considero importante ter essa visão de RH e pensar em como melhorar o planejamento estratégico da empresa. O workshop abordou situações reais que enfrentamos no mercado, como a dificuldade de gerenciar colaboradores de diversas faixas etárias e como pensar em perspectivas e benefícios para eles”, concluiu.

+ Notícias

Faça sua doação