Transplante de medula óssea em doenças autoimunes é pauta no Pequeno Príncipe - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Transplante de medula óssea em doenças autoimunes é pauta no Pequeno Príncipe

Especialistas apresentam novas perspectivas do assunto aos profissionais da instituição
27/04/2017


Prezando pela atualização contínua dos profissionais, o Hospital Pequeno Príncipe promoveu a palestra “Transplante de medula óssea em doenças autoimunes” nesta quinta-feira, dia 27. Voltada aos médicos, residentes e enfermeiros da instituição, o evento trouxe dois especialistas do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCRP-USP), único local no país que realiza esse tipo de transplante.

Após estudos com portadores com esclerose sistêmica, submetidos ao transplante autólogo de células-tronco sanguíneas na Unidade de Transplante de Medula Óssea no HCRP-USP, foi constatada a eficiência desse tratamento. “Quando o paciente não apresenta melhora com o uso de medicações, o transplante pode ser uma alternativa efetiva”, destacou a coordenadora da Unidade de Transplantes para Doenças Autoimunes do HCRP-USP, Maria Carolina Oliveira Rodrigues.

Caracterizada como uma doença autoimune, a esclerose sistêmica pode atingir desde crianças até adultos. O sintoma é a perda de elasticidade e o enrijecimento da pele. Porém, nas formas mais graves, pode ocorrer a falência das funções renal, pulmonar e cardíaca, podendo até levar o paciente à morte.  “Por isso, o sucesso para o transplante é o trabalho conjunto da equipe multidisciplinar”, pontuou a especialista.

De acordo com o médico assistente do Serviço de Transplante de Medula Óssea do HCRP-USP, Luiz Guilherme Darrigo Junior, a incidência de mortalidade da esclerose sistêmica infantojuvenil chega a 10% aos 5 anos, podendo aumentar até a 25% aos 10 anos. “Os medicamentos, em geral, não previnem a evolução da doença, só podem melhorar os sintomas. Como as crianças respondem mais a tratamentos agressivos, o transplante traz ainda mais resultados nessa fase da vida”, finalizou.

+ Notícias

05/08/2022

Cirurgia de correção de malformação rara é realizada por Pequeno Príncipe

A correção da extrofia de cloaca foi realizada pela técnica de Kelley, considerada inovadora
04/08/2022

Cientistas estão desenvolvendo gel bucal para tratar mucosite

Principal reação adversa da quimioterapia, a mucosite oral causa intensa dor e pode ser porta de entrada para outras infecções
02/08/2022

Doenças raras é tema de mesa-redonda organizada pelo Pequeno Príncipe

A iniciativa fez parte da programação da 74.ª reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)
01/08/2022

Aleitamento materno favorece desenvolvimento da inteligência e estrutura da face

Especialistas do Hospital Pequeno Príncipe explicam ligação entre o neurodesenvolvimento e o crescimento ósseo adequado da face
28/07/2022

Hepatites A e B podem ser prevenidas por meio da vacinação

O Centro de Vacinas Pequeno Príncipe disponibiliza imunizantes contra essas duas formas da doença, que ocorrem de forma endêmica no Brasil
27/07/2022

Único hospital do Brasil com 35 especialidades pediátricas atrai estudantes de todo o país

Com 50 anos de existência, a residência em pediatria do Pequeno Príncipe ajuda a melhorar o déficit de especialistas em diversos estados brasileiros
Ver mais