Transplante de medula óssea em doenças autoimunes é pauta no Pequeno Príncipe - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Transplante de medula óssea em doenças autoimunes é pauta no Pequeno Príncipe

Especialistas apresentam novas perspectivas do assunto aos profissionais da instituição
27/04/2017


Prezando pela atualização contínua dos profissionais, o Hospital Pequeno Príncipe promoveu a palestra “Transplante de medula óssea em doenças autoimunes” nesta quinta-feira, dia 27. Voltada aos médicos, residentes e enfermeiros da instituição, o evento trouxe dois especialistas do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCRP-USP), único local no país que realiza esse tipo de transplante.

Após estudos com portadores com esclerose sistêmica, submetidos ao transplante autólogo de células-tronco sanguíneas na Unidade de Transplante de Medula Óssea no HCRP-USP, foi constatada a eficiência desse tratamento. “Quando o paciente não apresenta melhora com o uso de medicações, o transplante pode ser uma alternativa efetiva”, destacou a coordenadora da Unidade de Transplantes para Doenças Autoimunes do HCRP-USP, Maria Carolina Oliveira Rodrigues.

Caracterizada como uma doença autoimune, a esclerose sistêmica pode atingir desde crianças até adultos. O sintoma é a perda de elasticidade e o enrijecimento da pele. Porém, nas formas mais graves, pode ocorrer a falência das funções renal, pulmonar e cardíaca, podendo até levar o paciente à morte.  “Por isso, o sucesso para o transplante é o trabalho conjunto da equipe multidisciplinar”, pontuou a especialista.

De acordo com o médico assistente do Serviço de Transplante de Medula Óssea do HCRP-USP, Luiz Guilherme Darrigo Junior, a incidência de mortalidade da esclerose sistêmica infantojuvenil chega a 10% aos 5 anos, podendo aumentar até a 25% aos 10 anos. “Os medicamentos, em geral, não previnem a evolução da doença, só podem melhorar os sintomas. Como as crianças respondem mais a tratamentos agressivos, o transplante traz ainda mais resultados nessa fase da vida”, finalizou.

+ Notícias

29/02/2024

Doenças raras: diagnóstico precoce é decisivo para qualidade de vida

Quando descobertas de maneira rápida, as doenças podem ser controladas com medicamentos; e algumas, curadas por meio de transplantes
28/02/2024

Prêmio Mais Saúde TOPVIEW homenageia Pequeno Príncipe

A instituição foi reconhecida em duas categorias: Melhor Hospital Filantrópico e Melhor Clínica de Pediatria
22/02/2024

O que é e como identificar o transtorno de personalidade borderline?

Conheça os sintomas, as causas e a importância da psicoterapia como forma de tratamento
20/02/2024

Crianças podem ter uma dieta vegetariana?

A prática é adequada em qualquer fase da vida, mas é preciso garantir o consumo de todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento infantil
15/02/2024

Quando levar a criança ao dermatologista?

Hospital Pequeno Príncipe destaca quais são as doenças de pele mais comuns e os cuidados desde a infância
08/02/2024

Serviço de Gastroenterologia do Pequeno Príncipe completa 30 anos

A especialidade da instituição é considerada a mais importante do Paraná e uma das principais do país na área da pediatria
Ver mais