Síndrome de Gianotti-Crosti é causada por vírus e provoca lesões

Notícias

Síndrome de Gianotti-Crosti é causada por vírus e provoca lesões na pele

A doença ganhou notoriedade com o diagnóstico da filha da artista Mandy Moore
04/08/2023
síndrome de Gianotti-Crosti
O Pequeno Príncipe é referência no atendimento ao público infantojuvenil e recebe crianças com a síndrome de Gianotti-Crosti.

A síndrome de Gianotti-Crosti, também chamada de acrodermatite papulosa infantil, é uma doença viral caracterizada por lesões avermelhadas na pele. O pico de incidência ocorre entre 1 e 6 anos de idade, embora possa atingir todas as faixas etárias. A doença ganhou destaque depois que a filha da atriz e cantora Mandy Moore foi diagnosticada com Gianotti-Crosti.

O Pequeno Príncipe é referência no atendimento ao público infantojuvenil e recebe crianças com a síndrome. “A doença não é rara, mas é subnotificada. Por isso, os números de diagnósticos são baixos e, até mesmo, inexistentes”, ressalta a dermatologista e responsável pelo Serviço de Dermatologia do Pequeno Príncipe, Nadia Aparecida Pereira de Almeida.

O que é a síndrome de Gianotti-Crosti?

É a manifestação dermatológica de uma infecção causada por um vírus, como o da hepatite B ou do Epstein-Barr (herpes-vírus humano tipo 4). A doença não é transmissível e pode atingir o paciente mais de uma vez ao longo da vida.

A doença apresenta alguns sinais, como:

  • lesões avermelhadas e bolhas no rosto, nádegas, braços e pernas;
  • infecção das vias aéreas (gripe);
  • febre;
  • dor no estômago; e
  • diarreia.

As lesões não causam dor, mas provocam desconforto. “Elas podem se desenvolver e gerar crostas no local da vermelhidão, causando coceiras. Alguns medicamentos recomendados por um pediatra de confiança podem ser utilizados para aliviar esse sintoma. Além do uso de cremes hidratantes à base de água para melhorar as características da pele e o ressecamento”, recomenda a médica.

Muitas vezes, a doença é confundida com outras condições que apresentam os mesmos sinais da Gianotti-Crosti. Por isso, é importante que aos primeiros sintomas os pais ou responsáveis procurem um pediatra. Por ser uma infecção viral, não há como prevenir. A boa notícia é que a síndrome tem cura e desaparece em poucas semanas.

Serviço de Dermatologia

O Serviço de Dermatologia do Hospital Pequeno Príncipe oferece atendimento a crianças e adolescentes por meio de consultas e participa do trabalho multiprofissional da instituição, com atendimento aos pacientes internados. A especialidade médica atua no diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças relacionadas à pele, como a síndrome de Gianotti-Crosti e também dermatite atópica, dermatite seborreica, doenças genéticas, micoses, verrugas, entre outras.

  • Confira, no vídeo a seguir, mais detalhes sobre a síndrome de Gianotti-Crosti:

O Pequeno Príncipe é signatário do Pacto Global desde 2019. A iniciativa presente nesse conteúdo contribui para o alcance do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS): Saúde e Bem-Estar (ODS 3).

Acompanhe os conteúdos também nas redes sociais do Pequeno Príncipe e fique por dentro de informações de qualidade – FacebookInstagramTwitterLinkedIn e YouTube.

+ Notícias

22/02/2024

O que é e como identificar o transtorno de personalidade borderline?

Conheça os sintomas, as causas e a importância da psicoterapia como forma de tratamento
20/02/2024

Crianças podem ter uma dieta vegetariana?

A prática é adequada em qualquer fase da vida, mas é preciso garantir o consumo de todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento infantil
15/02/2024

Quando levar a criança ao dermatologista?

Hospital Pequeno Príncipe destaca quais são as doenças de pele mais comuns e os cuidados desde a infância
08/02/2024

Serviço de Gastroenterologia do Pequeno Príncipe completa 30 anos

A especialidade da instituição é considerada a mais importante do Paraná e uma das principais do país na área da pediatria
07/02/2024

Dicas para facilitar a mudança de escola de crianças e adolescentes

Ao seguir estas estratégias, os pais podem desempenhar um papel crucial no apoio emocional e na facilitação da adaptação de seus filhos
01/02/2024

Presidente da Representação Central Ucraniano-Brasileira visita Pequeno Príncipe

Vitório Sorotiuk agradeceu as ações humanitárias realizadas pelo Hospital
Ver mais