Rede Solidária repassa R$ 10 mil ao Pequeno Príncipe - Complexo Pequeno Príncipe

Complexo, Doe, Faculdades, Gols Pela Vida, Hospital, Instituto de Pesquisa

Rede Solidária repassa R$ 10 mil ao Pequeno Príncipe

Os recursos serão destinados à aquisição de tablets que serão utilizados no desenvolvimento de atividades com pacientes em tratamento na instituição

Na terça-feira, dia 7, o Hospital Pequeno Príncipe recebeu da Rede Solidária o cheque simbólico no valor de R$ 10 mil. Os recursos serão destinados à aquisição de tablets que irão beneficiar crianças e adolescentes em tratamento na instituição.

Os aparelhos vão ampliar a realização das atividades educacionais, culturais e lúdicas promovidas pelo Setor de Educação e Cultura (EDUC) com meninos e meninas em seu período de internamento, especialmente durante a pandemia do coronavírus (COVID-19), garantindo o direito à educação de maneira segura. “Neste momento de distanciamento social, os tablets são uma ferramenta que coloca as crianças em contato com o mundo externo e facilita o aprendizado e a comunicação de maneira remota com os professores. Isso é muito importante para a instituição”, destacou a vice-diretora de Manutenção e Serviços do Hospital Pequeno Príncipe, Daisy Elizabeth Jose Schwarz.

Para a coordenadora da Rede Solidária e diretora da Imobiliária 2000, Leticia Moritz, é gratificante poder contribuir com o maior hospital pediátrico do país. “Sentimos muita gratidão em poder ajudar o Pequeno Príncipe e todas as crianças e adolescentes que realizam tratamento na instituição. Com a ajuda de nossos parceiros, colaboradores e clientes, conseguimos nos adaptar ao atual momento de pandemia que vivemos e fazer a doação”, disse.

Há 14 anos, a Rede Solidária repassa ao Pequeno Príncipe recursos arrecadados por meio de bazares que são realizados com produtos recolhidos por imobiliárias em residências e empresas. Os valores obtidos são revertidos a diferentes organizações. Além do maior hospital pediátrico do país, instituições como AFECE, Sociedade de Socorro aos Necessitados e FEPE também são beneficiadas.

O Setor de Educação e Cultura

O Hospital Pequeno Príncipe é pioneiro no que se trata de educação no ambiente hospitalar. A instituição disponibiliza, desde 1987, atendimento educacional aos pacientes internados. Em março de 2002 foi criado o Setor de Educação e Cultura, que é responsável por atividades de acompanhamento escolar, incentivo à leitura, disseminação do conhecimento e oficinas de arte e cultura.

Somente em 2019, o setor realizou mais de 7,4 mil atendimentos para acompanhamento escolar e 7,9 mil atendimentos culturais e educacionais.

+ Notícias

Faça sua doação