Radiação em pauta: Instituto de Pesquisa contribui com projeto da OMS

Notícias

Instituto de Pesquisa contribui com projeto da OMS

O estudo busca estabelecer níveis de referência no uso da radiação em exames, para serem adotados em hospitais da América Latina e Caribe
27/06/2022
radiação
O objetivo do projeto é estabelecer níveis de referência de diagnóstico de radiação durante a realização de procedimentos cardiológicos invasivos em crianças.

 

Com o objetivo de estabelecer níveis de referência no uso da radiação em exames, o Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe foi convidado a integrar o projeto de “Otimização da Proteção Radiológica Intervencionista Pediátrica na América Latina e no Caribe (OPRIPALC)”. A iniciativa é coordenada conjuntamente pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e Organização Mundial da Saúde (OMS), em cooperação com a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

O objetivo do projeto é estabelecer níveis de referência de diagnóstico de radiação durante a realização de procedimentos cardiológicos invasivos em crianças, como os cateterismos. O Pequeno Príncipe realiza um grande número desses exames por ano. Somente em 2021, foram cerca de 300. “Por ser exclusivamente pediátrico, a instituição tem uma grande experiência nesse tipo de procedimento, diferente de muitos outros hospitais que atendem também adultos. Em função dessa característica, temos muito a contribuir com essa iniciativa. Somos uma referência”, explica o cientista Hugo Reuters Schelin, que lidera o estudo.

A necessidade de estabelecer níveis de referência na radiação durante a realização dos exames pediátricos se justifica em função do fato de a criança ter uma radiossensibilidade diferente em seus órgãos, quando comparada aos adultos. “O corpo da criança está em desenvolvimento e ela ainda tem muito tempo de vida para correr o risco de desenvolver um câncer como consequência das altas doses de radiação que recebe”, contextualiza Schelin. Outra finalidade do projeto é promover a segurança dos profissionais que realizam tais procedimentos.

O Hospital Pequeno Príncipe tem uma grande estrutura de exames de imagem que utilizam radiação, por isso está sempre desenvolvendo ações que buscam a proteção das crianças e dos profissionais. Para isso, conta com um físico médico que se dedica exclusivamente ao cuidado desses equipamentos, para garantir a melhor qualidade dos exames com a menor dose de radiação possível.

A equipe do Instituto de Pesquisa desenvolve estudos que visam a otimizar as doses de radiação desde 2010. O projeto específico que investiga a radiação durante os exames cardiológicos começou em 2019. “Essa pesquisa conta com a participação de alunos da pós-graduação realizada em parceria entre o Instituto de Pesquisa e a Faculdades Pequeno Príncipe, e beneficia diretamente as crianças e os adolescentes atendidos no Hospital”, informa o pesquisador.

Na conclusão do projeto, pretende-se produzir um documento de consenso regional que forneça orientações para melhorar a otimização da proteção e segurança para práticas de intervenção pediátrica na América Latina e Caribe.

Acompanhe os conteúdos também nas redes sociais do Pequeno Príncipe e fique por dentro de informações de qualidade – Facebook, InstagramTwitterLinkedInYouTube

+ Notícias

05/08/2022

Cirurgia de correção de malformação rara é realizada por Pequeno Príncipe

A correção da extrofia de cloaca foi realizada pela técnica de Kelley, considerada inovadora
04/08/2022

Cientistas estão desenvolvendo gel bucal para tratar mucosite

Principal reação adversa da quimioterapia, a mucosite oral causa intensa dor e pode ser porta de entrada para outras infecções
02/08/2022

Doenças raras é tema de mesa-redonda organizada pelo Pequeno Príncipe

A iniciativa fez parte da programação da 74.ª reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)
01/08/2022

Aleitamento materno favorece desenvolvimento da inteligência e estrutura da face

Especialistas do Hospital Pequeno Príncipe explicam ligação entre o neurodesenvolvimento e o crescimento ósseo adequado da face
28/07/2022

Hepatites A e B podem ser prevenidas por meio da vacinação

O Centro de Vacinas Pequeno Príncipe disponibiliza imunizantes contra essas duas formas da doença, que ocorrem de forma endêmica no Brasil
27/07/2022

Único hospital do Brasil com 35 especialidades pediátricas atrai estudantes de todo o país

Com 50 anos de existência, a residência em pediatria do Pequeno Príncipe ajuda a melhorar o déficit de especialistas em diversos estados brasileiros
Ver mais