Psoríase: 15% dos casos surgem na infância

Notícias

15% dos casos de psoríase surgem na infância

A doença dermatológica autoimune não tem cura, mas tem tratamento, que proporciona conforto e qualidade de vida aos pacientes
27/10/2023
psoríase
Muitas vezes associada a adultos, a psoríase pode manifestar-se em crianças e adolescentes também.

A psoríase é uma doença crônica e autoimune que afeta cinco milhões de pessoas no Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). E, em 15% dos casos, surge na infância, de acordo com o Ministério da Saúde. Ela se manifesta por meio de lesões avermelhadas e descamativas na pele, podendo comprometer as articulações. A enfermidade não é contagiosa, porém não tem cura.

Causas da psoríase

Conforme o Ministério da Saúde, 30% dos casos de psoríase possuem origem genética. No entanto, outros fatores também podem influenciar, tais como: estresse, traumas, irritações na pele e infecções na garganta.

A doença é causada pelo sistema imunológico – responsável por proteger o corpo contra infecções. No caso de pacientes com psoríase, as células saudáveis do corpo atacam as células que ficam na pele, resultando na doença autoimune.

Alguns fatores externos também contribuem para o desencadeamento da enfermidade, entre eles obesidade, tabagismo, alcoolismo, infecções e determinados medicamentos.

Sinais de alerta da psoríase

Muitas vezes associada a adultos, a enfermidade pode manifestar-se em crianças e adolescentes também. “Quando falamos em psoríase, temos a tendência de sempre pensar em adultos ou idosos, mas esquecemos que as crianças e adolescentes também podem ter a doença. Inclusive, os sintomas podem ser confundidos com outros problemas de pele, por isso a orientação e o acompanhamento médico são fundamentais”, explica a dermatologista Nadia Aparecida Pereira de Almeida, responsável pelo Serviço de Dermatologia do Hospital Pequeno Príncipe.

Entre os principais sinais de psoríase estão:

  • Lesões róseas ou avermelhadas, cobertas por escamas esbranquiçadas na pele, principalmente cotovelos, joelhos, couro cabeludo, tronco, unhas, palma das mãos e planta dos pés.
  • Pequenas manchas que provocam coceira, queimação e dor.
  • Unhas grossas e enrugadas.
  • Dor nas articulações e artrite.

Tratamento

A psoríase não tem cura, mas tem tratamento, que proporciona conforto e qualidade de vida aos pacientes. O diagnóstico precoce e correto, feito por um especialista, garante que a criança ou adolescente possa desenvolver-se e ter os sintomas amenizados. Além disso, dispor de uma rede de apoio, amigos e familiares, é fundamental.

“Ter uma doença de pele é difícil em qualquer faixa etária, especialmente em crianças e adolescentes que estão na fase de socialização e convívio com outros da mesma idade. Por isso, é importante que os pais acolham os filhos e os ajudem a gerenciar a doença”, finaliza a dermatologista.

Serviço de Dermatologia

O Serviço de Dermatologia do Hospital Pequeno Príncipe oferece atendimento a crianças e adolescentes por meio de consultas e participa do trabalho multiprofissional da instituição, com atendimento aos pacientes internados. A especialidade médica atua no diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças relacionadas à pele, como a psoríase e também dermatite atópica, dermatite seborreica, doenças genéticas, micoses, verrugas, entre outras.

O Pequeno Príncipe é signatário do Pacto Global desde 2019. A iniciativa presente nesse conteúdo contribui para o alcance do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS): Saúde e Bem-Estar (ODS 3).

Acompanhe os conteúdos também nas redes sociais do Pequeno Príncipe e fique por dentro de informações de qualidade – FacebookInstagramTwitterLinkedIn e YouTube.

+ Notícias

14/06/2024

II Encontro Internacional de Especialidades em Pediatria reforça a importância da educação continuada em saúde

Evento on-line promovido pelo Pequeno Príncipe contou com mais de 530 participantes de 24 estados brasileiros e do Distrito Federal
12/06/2024

Cardiopatias congênitas: diagnóstico precoce evita complicações graves

Neste Dia Nacional de Conscientização da Cardiopatia Congênita, o alerta é para os exames disponíveis para diagnóstico e à importância do tratamento adequado para cada caso
11/06/2024

Gala Pequeno Príncipe 2024 será realizado em São Paulo

Jantar com a participação das madrinhas marcou o lançamento do evento, programado para o dia 30 de setembro
10/06/2024

Semana da Coluna tem mutirão com cirurgias de alta complexidade

Oito crianças passarão por procedimentos no Hospital, que é referência nacional em ortopedia pediátrica
06/06/2024

16.ª Noite dos Chefs une gastronomia e solidariedade

O evento tradicional une gastronomia e solidariedade com o objetivo de arrecadar recursos
05/06/2024

Como trabalhar a educação ambiental desde a infância?

Neste Dia Mundial do Meio Ambiente, o Hospital Pequeno Príncipe dá dicas sobre como falar a respeito da conservação do planeta com as crianças
Ver mais