Profissionais do Pequeno Príncipe participam de formação lúdica em literatura oferecida pelo Programa Prêmio Criança - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Profissionais do Pequeno Príncipe participam de formação lúdica em literatura oferecida pelo Programa Prêmio Criança

A ação teve como foco desenvolver a memória afetiva de cada participante para que desenvolvam atividades semelhantes em prol da Primeira Infância
26/04/2017


O Hospital Pequeno Príncipe foi um dos vencedores do Prêmio Criança 2016, concedido pela Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente, que reunia iniciativas inovadoras na Primeira Infância – período que compreende a gestação até os seis primeiros anos de vida. Por conta desta importante conquista, psicólogos, educadores, voluntários e assistentes sociais receberam uma formação voltada à literatura e suas formas de aplicação no dia 25 abril.

Todos os vencedores do prêmio receberam um kit, formado por um baú que reúne um acervo de quase 50 livros infantis com diferentes temáticas, tapete tatame (apropriado para atividades com os pequenos leitores), além de materiais para atividades de  teatro de fantoches. “O Hospital conta com muitos profissionais que atuam diretamente com as crianças e que realizam trabalhos lúdicos. A ideia é apresentarmos novas estratégicas e instrumentos que possibilitem o desenvolvimento da criatividade e imaginação das crianças”, comentou a técnica do Programa Prêmio Criança, Geraldine Challe.

Em um primeiro momento, os participantes foram incentivados a resgatar a própria memória afetiva para que compreendessem os seus próprios valores. Na sequência, os profissionais instrumentalizaram isso por meio do livro, compartilhando suas memórias por meio da contação de histórias. “É preciso que exista um diálogo entre o mediador de leitura e a criança. É uma troca. A história trará um universo único e encantado para a criança, mas é importante que o contador traga seu próprio universo”, ressaltou a atriz, pesquisadora, contadora de histórias e facilitadora da ação, Lili Flor.

Destaque no Prêmio Criança 2016
Campanha Pra Toda Vida – A Violência Não Pode Marcar o Futuro das Crianças e Adolescentes foi contemplada com o Prêmio Criança 2016, concedido pela Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente a projetos inovadores voltados à Primeira Infância. Esta foi a segunda vez que a instituição recebeu o prêmio. A primeira foi em 2002, com o Programa Família Participante. Saiba mais sobre o assunto aqui.

+ Notícias

08/02/2023

Gravidez na adolescência: a prevenção começa com educação e diálogo

Um ambiente acolhedor e de confiança é fundamental para o desenvolvimento saudável de meninos e meninas  
07/02/2023

Nota de pesar pelo falecimento do pediatra Danilo Cerqueira Leite Junior

O médico, com mais de 50 de formação, atuou no Pequeno Príncipe e contribuiu com cuidados a milhares de crianças e adolescentes que passaram pelo Hospital nas últimas décadas
06/02/2023

ALTA COMPLEXIDADE | Serviço de Cirurgia Vascular

O Hospital Pequeno Príncipe tem equipe especializada no tratamento de doenças do sistema circulatório em crianças e adolescentes
03/02/2023

Gravidez na adolescência: quais são os riscos?

A gestação nessa fase, que compreende dos 10 aos 19 anos, gera uma série de consequências para a vida da mãe e do bebê
01/02/2023

Volta às aulas e a imunização de crianças e adolescentes

As medidas de higiene das mãos, etiqueta ao tossir e uso de máscara também auxiliam a evitar a disseminação de doenças
27/01/2023

Hanseníase: atenção aos sinais e sintomas auxilia diagnóstico

Neste Dia Mundial de Combate à Hanseníase, o Hospital Pequeno Príncipe reforça a importância de se buscar os serviços de saúde logo no aparecimento dos primeiros sinais e lembra que a doença tem cura
Ver mais