Pequeno Príncipe promove evento on-line sobre ODS, Pacto Global e ESG - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Pequeno Príncipe promove evento on-line sobre ODS, Pacto Global e ESG

Evento voltado aos investidores da instituição compartilhou conceitos e exemplos práticos da aplicação das agendas que convergem em prol da sustentabilidade
02/09/2021

Discutir a pauta dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e como ela se integra com o Pacto Global e com a agenda ESG foi o objetivo do evento on-line “Pacto Global e ESG na Prática: o case Pequeno Príncipe”, promovido pela instituição no último dia 1 de setembro e voltado aos seus investidores.

O evento, mediado pela head de ESG da Revista Exame, Renata Faber, contou com a participação do fundador da Editoral Mol e vice-presidente do Conselho do Gife (Grupo de Institutos Fundações e Empresas), Rodrigo Pipponzi; com a responsável por ESG no BTG Pactual, Rafaella Dortas; com o diretor corporativo do Complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro da Silva Carneiro; com a assessora da diretoria do Pequeno Príncipe, Thelma Alves Oliveira, e com a diretora executiva do Hospital, Ety Cristina Forte Carneiro.

Ety Cristina abriu o evento, ressaltando o papel social que o Pequeno Príncipe historicamente cumpre na sociedade e a urgência trazida pela pandemia do coronavírus em ações que contribuam com o desenvolvimento sustentável, trazendo prosperidade para as pessoas e para o planeta. “Nós, do Pequeno Príncipe, estamos alinhados com esse movimento mundial de transformação e inclusão. No início dos anos 2000 aderimos aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), adotamos em 2015 os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e também somos signatários do Pacto Global. O ano de 2020 nos mostrou a urgência das mudanças”, enfatizou.

Rodrigo Pipponzi apresentou os conceitos de ODS, ESG e Pacto Global e ressaltou a importância dessas agendas para que a sociedade evolua de forma sustentável. “O Pacto Global vem muito dessa chamada, para todas as empresas se alinharem a estratégias e princípios universais. Como podemos realmente olhar para uma agenda comum em que a gente entenda o que a sociedade precisa?”, provocou o fundador da Editora Mol.

Em seguida, Rafaella Dortas apresentou sua visão sobre como as empresas estão, cada vez mais, integrando a pauta ESG nas suas estratégias. “No passado, víamos muitas empresas publicando políticas e falando dos seus compromissos. Mas hoje vemos que as empresas estão avançando e já conseguem demonstrar seus compromissos alinhados a essa agenda. Há empresas que estão ainda mais avançadas e estabelecem metas para os próximos anos. Eu fico muito feliz de ver essa pauta avançando no Brasil, especialmente nos últimos dois anos”.

ODS, ESG e Pacto Global no Pequeno Príncipe
A assessora da diretoria do Pequeno Príncipe, Thelma Alves de Oliveira e o diretor corporativo, José Álvaro da Silva Carneiro, discorreram sobre como a instituição está inserida nessas agendas.

Instituição centenária, o Pequeno Príncipe nasceu para oferecer assistência em saúde para crianças pobres, quando não havia sistema público de saúde. Suas práticas sempre estiveram voltadas ao social. É membro de redes de articulação em prol da promoção e defesa dos direitos da criança e do adolescente e da saúde infantojuvenil, entre muitas outras iniciativas que promove para garantir tais direitos na instituição. Entre os programas que mantém e que contribuem com os ODS estão o Primeiríssima Infância, o Família Participante, o Educação e Cultura, entre vários outros.

Entre as iniciativas para garantir a transparência, o Pequeno Príncipe realiza parcerias e mantém uma série de ações de prestação de contas a seus diversos públicos, além de disponibilizar para toda a sociedade relatório anual e balanço auditado, ambos disponíveis no site institucional.

Meio ambiente
Com relação ao cuidado com o meio ambiente, o Hospital Pequeno Príncipe intensificou sua atuação a partir dos anos 2000. Foi o primeiro do país a se tornar mercúrio zero, ainda em 2013. E é o segundo hospital do Brasil a compensar suas emissões de carbono. “Possuímos um conjunto de práticas voltadas ao consumo consciente de água, energia e destinação de resíduos, minimizando o impacto ambiental. Promovemos programas de educação ambiental e ações de preservação, além de plantio de mata nativa na área em que será construída sua nova unidade: o Pequeno Príncipe Norte”, explicou José Álvaro.

Para finalizar, Ety fez um convite: “a vida nos convoca a dar uma resposta individual, coletiva e empresarial inclusiva. Não temos como continuar neste planeta se não pensarmos uma nova maneira de viver, trabalhar, construir e compreender o valor da vida”.

Você sabia?
ESG é uma sigla em inglês que significa environmental, social and governance, e corresponde às práticas ambientais, sociais e de governança de uma organização. Nos últimos tempos, o termo ESG tem ganhado grande visibilidade, graças a uma preocupação crescente do mercado financeiro sobre a sustentabilidade. As questões ambientais, sociais e de governança passaram a ser consideradas essenciais nas análises de riscos e nas decisões de investimentos, colocando forte pressão sobre o setor empresarial.

ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) são uma agenda mundial adotada por todos os países membros da Organização das Nações Unidas (ONU) durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável em 2015. Englobam 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos até 2030, que envolvem os maiores desafios do mundo, como erradicar a pobreza e a fome, combater o aquecimento global e reduzir desigualdades. Países, empresas e organizações da sociedade civil estão comprometidos com o alcance desses objetivos.

Pacto Global é uma iniciativa lançada em 2000 pelo então secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, que convoca as empresas para alinharem suas estratégias e operações a 10 princípios universais nas áreas de Direitos Humanos, Trabalho, Meio Ambiente e Anticorrupção e desenvolverem ações que contribuam para o enfrentamento dos desafios da sociedade. É hoje a maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo, com mais de 16 mil membros, entre empresas e organizações, distribuídos por 160 países.

+ Notícias

17/05/2022

Pequeno Príncipe inicia campanha televisiva para captação de recursos

A iniciativa busca dar mais visibilidade para a causa da saúde infantojuvenil, além de contribuir para a sustentabilidade econômico-financeira da instituição
16/05/2022

Atualização do calendário vacinal pode prevenir casos de SRAG no público infantojuvenil

Diversas doenças respiratórias podem evoluir para a síndrome aguda grave. O Pequeno Príncipe alerta que as medidas de prevenção, como a imunização, precisam ser mantidas
15/05/2022

Sintomas da mucopolissacaridose aparecem na primeira infância

A doença rara é genética e neurodegenerativa, que evolui com sintomas multissistêmicos
12/05/2022

Semana de Enfermagem aborda tecnologias e inovações em benefício da saúde

Neste ano, além de homenagear os profissionais de enfermagem do Pequeno Príncipe e ampliar os conhecimentos, a iniciativa apresentou as novidades do ramo
11/05/2022

Faculdades Pequeno Príncipe inaugura escritório que facilita oportunidade de estudos nos EUA

A iniciativa coloca a unidade de educação em um seleto de grupo de 43 instituições brasileiras que integram o programa global
10/05/2022

Lúpus: conscientização garante diagnóstico e tratamento corretos

O Hospital Pequeno Príncipe reforça a importância da atenção à doença, que não tem cura, mas permite, com os cuidados necessários, ao paciente ter mais qualidade de vida
Ver mais