Pequeno Príncipe participa da celebração dos 80 anos da instituição parceira Associação Eunice Weaver do Paraná - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Pequeno Príncipe participa da celebração dos 80 anos da instituição parceira Associação Eunice Weaver do Paraná

A união entre as duas organizações, ocorrida em 2012, possibilitará a construção do Pequeno Príncipe Norte no bairro Bacacheri, mediante a cessão do terreno pela AEW-PR e o investimento pela mantenedora do Hospital
29/10/2021

Na trajetória do Hospital Pequeno Príncipe e da Associação Eunice Weaver do Paraná (AEW-PR) há uma coincidência notável: as duas instituições fazem aniversário na mesma data, 26 de outubro. Neste ano, a comemoração dupla de 102 anos do Hospital e 80 anos da AEW-PR contou com a presença de representantes das diretorias das organizações em celebração na sede da Associação localizada no bairro Bacacheri. Esta convergência de histórias, que tem como ponto de partida essa data, em breve terá o seu fruto mais promissor: o Pequeno Príncipe Norte, a ser construído no terreno localizado na Região Norte de Curitiba, que foi cedido pela AEW-PR à mantenedora do Hospital, e contará com o investimento da organização Pequeno Príncipe.

“É uma alegria muito grande celebrar na mesma data os 80 anos da Associação Eunice Weaver do Paraná e os 102 anos do Hospital Pequeno Príncipe”, afirmou a diretora-executiva do Hospital, Ety Cristina Forte Carneiro. “As histórias das duas instituições são histórias marcantes de batalhas pelas conquistas sociais. E esses anos históricos de atuação de ambas as organizações em prol da comunidade vão florescer em um campus integrado de saúde, pesquisa e ensino, com foco em assistência, cultura e multiplicação de conhecimento e inovação”, completou ela.

A parceria entre a Associação Eunice Weaver do Paraná e a Associação Hospitalar de Proteção à Infância Dr. Raul Carneiro foi firmada em 2012. Por meio dela, o terreno da AEW-PR foi cedido à Associação Hospitalar para a construção de um hospital-dia, de um hospital de alta complexidade, das sedes do Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe e da Faculdades Pequeno Príncipe, e de um jardim botânico, entre outras instalações no Pequeno Príncipe Norte. O empreendimento do Complexo alia premissas de contemporaneidade, qualidade e sustentabilidade, e foi pensado de modo a evidenciar o respeito às ciências da vida.

Segundo o diretor corporativo do Complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro da Silva Carneiro, a expectativa é a de que as obras do Pequeno Príncipe Norte sejam iniciadas em 2022. Ele também ressaltou a oportunidade trazida por essa parceria para o desenvolvimento de projetos ambientais no terreno, que tem extensa área verde com mata nativa. “Em função de termos essa área, abrimos uma nova perspectiva para as ações ambientais do Pequeno Príncipe, que são modestas, do ponto de vista financeiro, mas significativas. E nesta semana, o Hospital ganhou mais um prêmio na área do meio ambiente, e isso é muito legal, pois foi esse espaço aqui que nos permitiu essa conquista”, observou ele.

Sobre a AEW-PR
A Associação Eunice Weaver do Paraná foi fundada em 1941 e, na mesma década, foi inaugurado no seu terreno o Educandário Curitiba, que recebia os filhos sadios de pessoas com hanseníase e funcionou até o fim da década de 1980. Com o passar do tempo e com o fim do educandário – respeitando as novas políticas governamentais que colocaram um ponto final no isolamento compulsório de pessoas com a doença –, a organização ampliou o seu escopo de atuação, acompanhado de novas finalidades estatutárias.

Hoje, a AEW-PR, por acreditar na força do trabalho em rede, firma parcerias com outras instituições, como o Pequeno Príncipe. Sua atuação tem como objetivo criar, implementar, organizar, promover e apoiar iniciativas que visem à promoção da saúde, da educação, da cultura, das manifestações artísticas, do meio ambiente ecologicamente equilibrado e da assistência social para crianças, adolescentes e adultos em situação de vulnerabilidade, pessoas com deficiência e grupos ligados à história da hanseníase.

O evento desta semana contou com a presença de representantes históricos da Associação, como Gilberto Guimarães Monastier e Julieta Carnasciali Miró, filha de Juril de Plácido e Silva Carnasciali, que por décadas (de 1971 a 2012) presidiu a instituição. Para ela, há muitos motivos para celebrar o resultado da parceria entre a AEW-PR e o Pequeno Príncipe. “Foram muitos anos de uma luta forte, intensa e longa para manter essa área maravilhosa para uma finalidade social. O Hospital é uma instituição centenária, respeitada não somente aqui, mas no Brasil e fora do país também. Então, a minha mãe sentiu que o sonho dela de ajudar teria uma continuidade. Eu fico muito feliz por saber que, de alguma forma, ela pôde colaborar muito para que isso se materializasse”, concluiu Julieta.

Clique abaixo e confira o vídeo sobre o evento.

+ Notícias

12/06/2024

Cardiopatias congênitas: diagnóstico precoce evita complicações graves

Neste Dia Nacional de Conscientização da Cardiopatia Congênita, o alerta é para os exames disponíveis para diagnóstico e à importância do tratamento adequado para cada caso
11/06/2024

Gala Pequeno Príncipe 2024 será realizado em São Paulo

Jantar com a participação das madrinhas marcou o lançamento do evento, programado para o dia 30 de setembro
10/06/2024

Semana da Coluna tem mutirão com cirurgias de alta complexidade

Oito crianças passarão por procedimentos no Hospital, que é referência nacional em ortopedia pediátrica
06/06/2024

16.ª Noite dos Chefs une gastronomia e solidariedade

O evento tradicional une gastronomia e solidariedade com o objetivo de arrecadar recursos
05/06/2024

Como trabalhar a educação ambiental desde a infância?

Neste Dia Mundial do Meio Ambiente, o Hospital Pequeno Príncipe dá dicas sobre como falar a respeito da conservação do planeta com as crianças
04/06/2024

Doenças que mais acometem as crianças devido às enchentes

Além da destruição, as inundações no Rio Grande do Sul também preocupam pelo grande aumento de doenças infectocontagiosas e de pele
Ver mais