Pequeno Príncipe homenageia integrantes da FIFA e ministro do Esporte - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Pequeno Príncipe homenageia integrantes da FIFA e ministro do Esporte

Durante visita à Arena responsáveis pela realização da Copa no Brasil receberão medalhas do Programa Gols Pela Vida alusivas aos 1.283 gols marcados por Pelé
22/04/2014

medalhas_Fifa_arena_22_04_2014 (66)O protocolo de visita do secretário-geral da FIFA, Jérôme Valcke, e do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, para vistoriar as obras da Arena da Baixada foi quebrado por um motivo muito especial. O Complexo Pequeno Príncipe, que será um dos beneficiados com o legado social da Copa, entregou medalhas do Programa Gols Pela Vida – plataforma de mobilização de recursos e de pessoas em prol da saúde infantojuvenil.

O Clube Atlético Paranaense cederá em comodato uma área de 1.500m2 na qual serão instalados diferentes ambulatórios de especialidades para pacientes SUS do Hospital Pequeno Príncipe. Hoje, tais ambulatórios ocupam casas alugadas na região. A assinatura do protocolo de cessão deve ocorrer até o final de maio.

Homenagem
A entrega de medalhas ocorreu após a coletiva de imprensa. Além de Valcke e de Rebelo, também receberam a homenagem o CEO do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo (COL), Ricardo Trade, e o ex-jogador e representante do COL, Ronaldo Nazário de Lima.

Cada homenageado recebeu uma medalha de ouro do Projeto Medalhas, lançado no final de 2007 e que colocou no mercado 1.283 medalhas, cada uma homenageando um gol da vitoriosa carreira de Pelé. As medalhas foram produzidas pela Casa da Moeda do Brasil, nas versões ouro, prata e bronze.

“Essa é uma singela homenagem do Complexo Pequeno Príncipe aos organizadores da Copa do Mundo no Brasil. Graças a muito esforço e articulação, nós teremos aqui em Curitiba um legado social inédito, a instalação de ambulatórios de diversas especialidades em pediatria, que trará um ganho inestimável para a saúde das crianças”, explica o diretor-corporativo do Complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro Carneiro.

Medalhas
O secretário-geral da FIFA, Jérôme Valcke, receberá a medalha alusiva ao Gol nº571, marcado por Pelé em um amistoso entre o Brasil e a França, em Paris, em 28 de abril de 1963. O Brasil venceu a partida por 3 a 2, sendo que o Pelé marcou dois gols. Valcke será homenageado com o segundo gol marcado no jogo.

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, receberá a medalha do Gol nº 688, marcado em uma partida entre o Santos x Independiente, no dia 23 de fevereiro de 1965, pelo Torneio de Caracas, na Venezuela. Cerca de 40 mil espectadores presenciaram um verdadeiro baile protagonizado pelo Santos, que já colecionava o tetracampeonato nacional, o bi da Libertadores e bi do Mundial de Clubes. O placar final foi 4 a 0 para o alvinegro. O gol foi escolhido para presentear o ministro porque ele faz aniversário no dia em 23 de fevereiro.

Para o “Fenômeno”, Ronaldo Nazário de Lima, foi escolhido o Gol nº 599, marcado no dia 22 de setembro de 1963, em disputa do Campeonato Paulista em jogo entre Santos e Corinthians, no Pacaembu. Pelé marcou três gols naquele jogo em que o placar final foi de 3 a 1 para a equipe santista. Ronaldo nascia exatos 13 anos depois. A presença do número 9 por duas vezes neste gol não é mera coincidência, pois serve para reverenciar quem o imortalizou: o maior artilheiro da história das Copas do Mundo FIFA em todos os tempos e um dos maiores artilheiros da história da Seleção Brasileira.

O CEO do Comitê Organizador Local, cruzeirense, Ricardo Trade, receberá uma medalha alusiva ao Gol nº 820, marcado na disputa entre Santos e Cruzeiro, dia 7 de dezembro de 1966, pela Taça Brasil, no Pacaembu. O Santos era a equipe a ser vencida, pois sua hegemonia já colecionava o pentacampeonato nacional, o bi da Libertadores e bi do Mundial. O Cruzeiro havia sido impiedoso no primeiro jogo da final no Mineirão ao golear por 6 a 2 e levava grande vantagem. Pelé abriu o placar aos 23 minutos do primeiro tempo. Quando todos esperavam uma histórica vitória do alvinegro, a equipe mineira virou o placar do jogo para 3 a 2 e conquistou o título nacional pela primeira vez.

medalhas_Fifa_arena_22_04_2014 (80)

+ Notícias

01/02/2023

Volta às aulas e a imunização de crianças e adolescentes

As medidas de higiene das mãos, etiqueta ao tossir e uso de máscara também auxiliam a evitar a disseminação de doenças
27/01/2023

Hanseníase: atenção aos sinais e sintomas auxilia diagnóstico

Neste Dia Mundial de Combate à Hanseníase, o Hospital Pequeno Príncipe reforça a importância de se buscar os serviços de saúde logo no aparecimento dos primeiros sinais e lembra que a doença tem cura
25/01/2023

Gastrosquise: diagnóstico é possível pelo ultrassom na gestação

O Hospital Pequeno Príncipe é referência no tratamento cirúrgico da doença, que é uma malformação rara da parede abdominal ocasionada ainda na formação do feto
23/01/2023

Saiba tudo sobre viroses em crianças

Hospital Pequeno Príncipe chama atenção de famílias para quadros virais comuns durante o verão
20/01/2023

Como cuidar da saúde mental na infância e adolescência?

O Hospital Pequeno Príncipe chama atenção para o tema e sugere atitudes de pais e responsáveis para contribuir com seus filhos
18/01/2023

Centro de Reabilitação e Convivência Pequeno Príncipe atende de forma integral crianças e adolescentes com deficiência

A unidade conta com laboratório de marcha, parque adaptado e sala de realidade virtual
Ver mais