Pequeno Príncipe e Universidade Columbia firmam parceria na área de psiquiatria infantojuvenil - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Pequeno Príncipe e Universidade Columbia firmam parceria na área de psiquiatria infantojuvenil

Acordo prevê pesquisas, intercâmbios e ações que vão permitir uma maior atenção às crianças e adolescentes
04/09/2014

Apesar de não existirem estudos recentes na área, a Organização Mundial da Saúde (OMS) prevê que deve haver um psiquiatra infantil para cada 30 mil crianças e adolescentes. No entanto, os profissionais atendem hoje a uma população cerca de 20 vezes maior que o recomendado.

Por conta disso e de outras importantes questões, na tarde desta quinta-feira, dia 4 de setembro, o Hospital Pequeno Príncipe firmou parceria com a Universidade Columbia, uma das melhores instituições de ensino dos Estados Unidos. O evento contou com a presença de diretores do Complexo Pequeno Príncipe, equipes médicas e de assistência e da superintendente de Atenção à Saúde da SESA, Márcia Huçulak. Da Universidade da Columbia estiveram presentes os professores e pesquisadores Moira Rynn e Yiu Kee Warren Ng, além do vice-diretor de Serviços Clínicos do Departamento de Psiquiatria da Universidade Columbia, Lourival Baptista Neto.

O acordo assinado prevê, por exemplo, a promoção de estudos e treinamentos na área de psiquiatria infantil e da adolescência, o que inclui a possibilidade de intercâmbio de profissionais e a realização de pesquisas e seminários. “Nossa parceria que começa hoje não é apenas para a área da Psiquiatria, mas para todas as áreas que envolvam a saúde mental”, enfatizou Neto.

Investir na especialidade de psiquiatria infantojuvenil tem sido uma preocupação da direção do Pequeno Príncipe, que em 2014 criou residência médica na área. De acordo com o Ministério da Educação, apenas 27 instituições brasileiras possuem residência em psiquiatria voltada para essa faixa etária. E a demanda por esses profissionais é grande no país.

“Os transtornos psiquiátricos afetam em torno de 20% das crianças e provocam repercussões em todas as áreas de desenvolvimento, como estudos, vida social e familiar, além da vida profissional no futuro, muitas vezes incapacitando o jovem para o resto da vida”, explica o médico Marco Antonio Bessa, chefe do Setor de Psiquiatria do Pequeno Príncipe. “No entanto, essas doenças ainda sofrem preconceito e são pouco diagnosticadas e tratadas”, completa.

A parceria com a Universidade Columbia vai permitir a troca de experiência em tratamento dos principais transtornos, como ansiedade, humor e Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade, além de atualizações em questões ligadas ao atendimento de emergência em hospitais pediátricos e fechamento de diagnóstico. “Essa parceria nos aproxima de uma universidade de pesquisa de alta qualidade, que vai permitir um intercâmbio com novos psiquiatras especializados no tratamento de crianças e adolescentes. Fora isso, permitirá que nossos residentes possam fazer períodos de estágio nos EUA”, ressalta Ety Cristina Forte Carneiro, diretora-executiva do Hospital Pequeno Príncipe.

Jornada Internacional de Psiquiatria Infantil
O Hospital Pequeno Príncipe também apoia a Jornada Internacional de Psiquiatria Infantil, organizada pela Associação Paranaense de Psiquiatria. O evento, que será realizado no dia 6 de setembro no Hotel Radisson, reúne importantes especialistas da área e vai tratar de temas como transtornos de humor, emergências psiquiátricas em pediatria e minorias sexuais. Mais informações e inscrições no site www.psiquiatria-pr.org.br.
DSC_0089

+ Notícias

05/08/2022

Cirurgia de correção de malformação rara é realizada por Pequeno Príncipe

A correção da extrofia de cloaca foi realizada pela técnica de Kelley, considerada inovadora
04/08/2022

Cientistas estão desenvolvendo gel bucal para tratar mucosite

Principal reação adversa da quimioterapia, a mucosite oral causa intensa dor e pode ser porta de entrada para outras infecções
02/08/2022

Doenças raras é tema de mesa-redonda organizada pelo Pequeno Príncipe

A iniciativa fez parte da programação da 74.ª reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)
01/08/2022

Aleitamento materno favorece desenvolvimento da inteligência e estrutura da face

Especialistas do Hospital Pequeno Príncipe explicam ligação entre o neurodesenvolvimento e o crescimento ósseo adequado da face
28/07/2022

Hepatites A e B podem ser prevenidas por meio da vacinação

O Centro de Vacinas Pequeno Príncipe disponibiliza imunizantes contra essas duas formas da doença, que ocorrem de forma endêmica no Brasil
27/07/2022

Único hospital do Brasil com 35 especialidades pediátricas atrai estudantes de todo o país

Com 50 anos de existência, a residência em pediatria do Pequeno Príncipe ajuda a melhorar o déficit de especialistas em diversos estados brasileiros
Ver mais