Pequeno Príncipe apresenta resultados de seu trabalho a apoiadores na capital paranaense - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Pequeno Príncipe apresenta resultados de seu trabalho a apoiadores na capital paranaense

Evento de prestação de contas realizado no Bourbon Curitiba Convention Hotel reuniu 60 participantes de 42 empresas, que contribuem com a instituição via Renúncia Fiscal
28/03/2018

A aplicação dos investimentos feitos via Renúncia Fiscal e os resultados alcançados em 2017 pelo Complexo Pequeno Príncipe foram alguns dos destaques de um café da manhã realizado nesta quarta-feira, dia 28, no Bourbon Curitiba Convention Center. O evento de prestação de contas – que reforça o compromisso da instituição com a transparência nas suas atividades – reuniu 60 participantes de 42 empresas.

Nas suas boas-vindas, o diretor corporativo do Complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro da Silva Carneiro, ressaltou a busca permanente da instituição pela excelência. “Promovemos gestão inovadora, mesmo com o cenário de subfinanciamento da saúde. O Pequeno Príncipe procura ser sempre protagonista, o que é motivo de orgulho e um enorme desafio. Resultados como os que apresentamos hoje são possíveis somente por causa do apoio que recebemos da comunidade”, acrescentou.

A diretora executiva do Hospital Pequeno Príncipe, Ety Cristina Forte Carneiro, por sua vez, lembrou que o pioneirismo e a inovação sempre estiveram no DNA da instituição – que em 2019 completa 100 anos de história – e destacou algumas das importantes conquistas alcançadas em 2017, graças ao apoio dos investidores sociais. Como a aquisição de uma ressonância magnética, de um sistema de angiografia digital hemodinâmica e de um raio-X telecomandado, entre outros equipamentos.

Além dos resultados relacionados à inovação e ao uso de novas tecnologias, Ety reforçou a importância da realização de estudos científicos. “Trabalhar com pesquisa foi uma ousadia do Pequeno Príncipe. E o investimento em estruturas como as do Laboratório Genômico e do Biobanco, que eram sonhos nossos, são fundamentais para avançarmos no diagnóstico e tratamento de doenças complexas”, disse.

“Temos uma oportunidade única no Pequeno Príncipe, que é a de vivenciar os problemas de saúde enfrentados pelos pacientes do Hospital, investigar novas formas de diagnóstico e tratamento em laboratório, e devolver essas novidades para o uso na assistência. Por isso, a pesquisa básica é tão importante. Ela proporciona mais qualidade de vida e um futuro melhor tanto para os meninos e meninas em tratamento quanto para seus familiares”, completou a pesquisadora e médica imunologista do Pequeno Príncipe, Carolina Prando.

Uma vida transformada
O evento também foi marcado por um momento de muita emoção. Foi o depoimento de Isabel Ferraz de Andrade, de 12 anos, que teve o diagnóstico de osteogênese imperfeita, enfermidade conhecida como “doença dos ossos de vidro”, e que é paciente do Pequeno Príncipe desde os dez meses de idade. “Gostaria de agradecer por tudo o que o Hospital fez por mim, e, também a todos os que colaboram com a instituição. Eu tenho o sonho de ser médica, para recompensar tudo o que fizeram por mim e para poder ajudar outras crianças. Não quero sair mais do Pequeno Príncipe. Quero ficar até poder fazer estágio e trabalhar lá”, contou.

Apoios em prol da causa da saúde infantojuvenil
Confira o depoimento de alguns dos apoiadores do Complexo Pequeno Príncipe.

“Para a nossa empresa, é uma satisfação poder transformar parte do nosso trabalho em um resultado tão bonito assim, como o que vemos no Pequeno Príncipe. Particularmente, eu saio da apresentação de hoje muito motivado a divulgar ainda mais as formas de captação do Hospital e o trabalho que a instituição realiza.”
Guilherme Avila, diretor administrativo e financeiro da Tradener

“A Itambé apoia o Pequeno Príncipe há anos e é parceira em muitas frentes. Para a empresa, é muito importante ajudar a construir, literalmente, uma sociedade melhor. Ao conhecer os resultados do Pequeno Príncipe, ficamos muito felizes em ver o que temos ajudado a construir, em contribuir para proporcionar uma melhor condição de vida a todos.”
Cecilia Chiesse Hara, coordenadora de Comunicação Corporativa e Responsabilidade Social da Cimento Itambé

“Falar do Pequeno Príncipe é falar de uma instituição extremamente reconhecida. O momento de prestação de contas é muito importante, pois podemos olhar mais de perto o trabalho que o Hospital desenvolve. Além disso, é emocionante ver os resultados e todo o amor com que a instituição realiza suas atividades.”
Alexsandra Antoniazzi, representante da Enercan, empresa localizada em Santa Catarina

+ Notícias

01/02/2023

Volta às aulas e a imunização de crianças e adolescentes

As medidas de higiene das mãos, etiqueta ao tossir e uso de máscara também auxiliam a evitar a disseminação de doenças
27/01/2023

Hanseníase: atenção aos sinais e sintomas auxilia diagnóstico

Neste Dia Mundial de Combate à Hanseníase, o Hospital Pequeno Príncipe reforça a importância de se buscar os serviços de saúde logo no aparecimento dos primeiros sinais e lembra que a doença tem cura
25/01/2023

Gastrosquise: diagnóstico é possível pelo ultrassom na gestação

O Hospital Pequeno Príncipe é referência no tratamento cirúrgico da doença, que é uma malformação rara da parede abdominal ocasionada ainda na formação do feto
23/01/2023

Saiba tudo sobre viroses em crianças

Hospital Pequeno Príncipe chama atenção de famílias para quadros virais comuns durante o verão
20/01/2023

Como cuidar da saúde mental na infância e adolescência?

O Hospital Pequeno Príncipe chama atenção para o tema e sugere atitudes de pais e responsáveis para contribuir com seus filhos
18/01/2023

Centro de Reabilitação e Convivência Pequeno Príncipe atende de forma integral crianças e adolescentes com deficiência

A unidade conta com laboratório de marcha, parque adaptado e sala de realidade virtual
Ver mais