Pelé comemora o 80º aniversário e também celebra 15 anos de parceria com o Complexo Pequeno Príncipe - Complexo Pequeno Príncipe

Pelé comemora o 80º aniversário e também celebra 15 anos de parceria com o Complexo Pequeno Príncipe

O Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe é o único projeto social do mundo a ter a chancela do Rei do Futebol e exerce papel fundamental no combate à mortalidade infantojuvenil

Pelé dedicou o milésimo gol da carreira à infãncia e tornou-se parceiro do Pequeno Príncipe, há 15 anos, para fazer a diferença na rotina de milhares de crianças e adolescentes.

Há 15 anos, um dos maiores ídolos do futebol mundial deu início a uma partida importante em prol da saúde infantojuvenil. Edson Arantes do Nascimento, ou simplesmente Pelé, que comemora nesta sexta-feira (23/10) o 80º aniversário, marcou desde então importantes gols no combate à mortalidade infantojuvenil.

Fundado em 2005, o Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe é o único projeto social do mundo a ter a chancela do Rei do Futebol. O grande nome do esporte, que dedicou seu milésimo gol às crianças, participa ativamente de ações em prol da instituição. “Temos que sempre acreditar e fazer o melhor. Deus sempre me coloca para jogar em equipe vencedora. Por isso estamos aqui reunidos, juntos pela vida”, comentou o eterno craque em uma das suas passagens por Curitiba.

Pelé com Ety Gonçalves Forte, presidente da Associação Hospitalar de Proteção à Infância Dr. Raul Carneiro, mantenedora do Complexo Pequeno Príncipe.

Para o diretor corporativo do Complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro da Silva Carneiro, o apoio de Pelé foi uma importante vitória na trajetória centenária da instituição. “Quando o Pelé fechou a parceria conosco, em 2005, ele destacou que ‘só jogava em time vencedor’. Isso foi uma honra para nós e ter o Pelé nos permitiu qualquer ousadia e nos abriu muitas portas, inclusive nesse mundo do esporte”, reiterou.

Eleito o Atleta do Século XX pela FIFA, Pelé levou o nome do Pequeno Príncipe para importantes eventos no Brasil e no mundo. Ele esteve, por exemplo, em iniciativas em favor da instituição em Nova York, Dublin e Londres.

Pelé deu o pontapé inicial nas comemorações pelo centenário do Hospital Pequeno Príncipe em 2019.

Apesar dos problemas de saúde, protagonizou talk shows, na capital paranaense e São Paulo, para celebrar os 100 anos do Pequeno Príncipe em 2019. Também esteve presente para conhecer as instalações da Unidade de Diagnóstico Avançado e Pesquisa em Saúde do Complexo Pequeno Príncipe, em 2017, que abriga o Laboratório Genômico e o Biobanco. “Desde o começo da minha carreira tenho tido a felicidade de jogar em times vencedores. Quando se trata da saúde das crianças, é uma oportunidade, uma missão que eu agradeço a Deus por ter colocado na minha vida”, falou durante o encontro.

Pelé participa ativamente das ações em prol do Pequeno Príncipe.

Projetos

O apoio de Pelé inspirou outras personalidades do esporte.

O Rei do Futebol usa seu prestígio em prol de importantes projetos do Complexo Pequeno Príncipe, que têm a missão de arrecadar recursos para os trabalhos de assistência e pesquisa da instituição. A adesão de Pelé, inclusive, atraiu outros importantes nomes do esporte para a causa da saúde infantojuvenil.

No programa de responsabilidade social Gols pela Vida, Pelé empresta todo o patrimônio de sua imagem para sensibilizar a sociedade, ou seja, ajuda a ampliar a rede de apoiadores, nacional e internacionalmente. Toda a arrecadação é revertida para o Instituto de Pesquisa, que desenvolve trabalhos científicos de alto nível, voltados para aumentar o índice de cura de doenças complexas da infância e da adolescência.

O Projeto Medalhas é uma das ações com Pelé em prol da saúde infantojuvenil.

Há ainda o Projeto Medalhas, primeira ação do Programa Gols pela Vida. Lançado no fim de 2007, colocou no mercado 1.283 medalhas, cada uma homenageando um gol da vitoriosa carreira de Pelé.

As medalhas foram produzidas pela Casa da Moeda do Brasil, nas versões ouro, prata e bronze. As de ouro custam R$ 3 mil; as de prata, R$ 1,5 mil; e as de bronze, R$ 700. A meta do projeto é captar R$ 5,5 milhões, totalmente revertidos para o Instituto.

Números do Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe em 2019.

Linha do tempo

Confira alguns momentos marcantes da parceria de Pelé com o Pequeno Príncipe:

2005 – Fundação do Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe.

2006 – Inauguração da sede do Instituto em Curitiba, com a presença do eterno craque do futebol.

2006 – Pelé Station: evento realizado em Berlim (Alemanha) com destaque também para o apoio ao Pequeno Príncipe.

2009 – Pelé participa de evento beneficente, realizado em Dublin, em prol do Complexo Pequeno Príncipe e do Hospital Our Lady´s, o maior hospital pediátrico da Irlanda.

2013 – Pelé participa do quarto jantar Gala Pequeno Príncipe, em Nova York, potencializando o apoio à instituição.

2013 – Pelé participa de talk show e lançamento do livro “As Joias do Rei Pelé”, no Castelo do Batel, em Curitiba, em prol do Pequeno Príncipe.

2014 –  Fórum Internacional Gols Pela Vida – Responsabilidade Social no Esporte, iniciativa do Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe, é realizado em São Paulo.

2016 – Um leilão, com vários itens preciosos da carreira de Pelé, é realizado em Londres com renda revertida em prol do Pequeno Príncipe.

2017 – Pelé visita as instalações da Unidade de Diagnóstico Avançado e Pesquisa em Saúde do Complexo Pequeno Príncipe, que abriga o Laboratório Genômico e o Biobanco.

2019 – Pelé abre as comemorações pelo centenário do Pequeno Príncipe com talk shows em Curitiba e São Paulo.

Homenagens

Exposição no Museu do Futebol, em São Paulo, celebra os 80 anos de Pelé.

Pelé, por conta da COVID-19 e dos problemas de saúde, não deve participar das homenagens programadas para o seu 80º aniversário. O Santos, por exemplo, organizou uma semana de tributos ao eterno ídolo – com direito a sessões de cinema gratuitas para exibir filmes estrelados pelo atleta, além de uma placa comemorativa instalada na Vila Belmiro.

Em São Paulo, o Museu do Futebol reabriu com uma exposição interativa dedicada aos 80 anos de Pelé. No início de 2020, o craque já tinha sido homenageado com uma estátua no Museu da Seleção Brasileira, no Rio de Janeiro.

+ Notícias

Faça sua doação