Participantes do Talentos Pequeno Príncipe têm intensa semana de palestras e de imersão na instituição - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Participantes do Talentos Pequeno Príncipe têm intensa semana de palestras e de imersão na instituição

Os novos integrantes do maior programa de estágios do 3.º Setor no Brasil puderam aprimorar suas habilidades em diversas atividades e palestras com renomados profissionais
18/07/2019
Os jovens selecionados para o Talentos Pequeno Príncipe: unidos em prol da causa da saúde infantojuvenil.

O programa Talentos Pequeno Príncipe é uma iniciativa do maior hospital pediátrico do país que reúne universitários e profissionais que se formaram até no máximo há dois anos com a missão de captar recursos em prol dos trabalhos de assistência, ensino e pesquisa da instituição. O processo seletivo, que reuniu mais de dois mil candidatos, selecionou seis novos integrantes para a equipe de Novos Projetos.

Entre os dias 15 e 19 de julho, os jovens selecionados, de Curitiba e região, participaram de palestras e atividades que aprimoraram suas habilidades e agregaram novos conhecimentos. “Nossa história iniciou em 1919 sempre com o olhar integral e de multiespecialidades. A causa da criança e do adolescente é o que move o Complexo Pequeno Príncipe, e se vocês nos escolheram é porque vocês também querem fazer parte desta causa”, reiterou a diretora executiva da instituição, Ety Cristina Forte Carneiro.

Para a diretora executiva e co-fundadora da Fundação Gol de Letra, Beatriz Pantaleão, a causa das instituições do terceiro setor são muito maiores do que qualquer não que os profissionais de captação de recursos possam ouvir. “Eu amei o convite para estar aqui, porque vemos que existem muitas instituições além da Fundação que estão nesta corrente do bem. O Pequeno Príncipe é um hospital de referência e que oferece qualidade a todos, independentemente de quem seja. A causa é sempre o que nos move”, destacou.

Beatriz Pantaleão, diretora executiva e co-fundadora da Fundação Gol de Letra, trouxe importantes experiências aos participantes do programa.

O ex-CEO da Midea, João Claudio Guetter, trouxe junto com sua experiência profissional valiosas dicas aos jovens selecionados. “Eles estão entrando em uma instituição séria, correta e referência no Brasil. O Pequeno Príncipe realiza um trabalho fantástico. Eles devem iniciar sua caminhada com muito amor à causa para se adaptar com facilidade à cultura da organização, porque o que se faz com amor sempre há bons resultados”, finalizou.

João Claudio Guetter, ex-CEO da Midea, com a equipe de Novos Projetos do Hospital Pequeno Príncipe.

Expectativa
Para os jovens selecionados, a missão é repleta de desafios e expectativas.  “É difícil encontrar palavras para descrever como está sendo sensacional esta semana de treinamento, com todo o conhecimento que nos é passado, o amor e a humanização que estamos conhecendo pelo Pequeno Príncipe. Quando eu iniciei o processo seletivo, eu não tinha ideia da grandiosidade e do quão bonito é esse trabalho que o hospital faz. Eu espero ganhar o máximo de conhecimento possível para que quando o trabalho se iniciar de fato, eu possa contribuir o máximo com a causa”, disse a estudante de Marketing, Kenia Wuo Alves.

Leonardo Pereira, profissional de relações internacionais, conheceu o Pequeno Príncipe por meio  de outros amigos que já trabalharam na instituição. “Sempre me falaram muito bem. Minha família me incentivou a atuar em áreas sociais, e por isso eu decidi unir o meu curso com esta paixão que possuo desde criança. Estamos recebendo muita informação boa, e isso nos motiva muito para começar este trabalho e a descobrir coisas que vamos levar para nossa vida. É um aprendizado diário”, destacou.

+ Notícias

07/12/2022

5 dicas para manter uma alimentação saudável nas férias

O Hospital Pequeno Príncipe relembra a importância de cuidar de alguns hábitos nesta época do ano
06/12/2022

Espetáculo de Natal vai alterar o trânsito no entorno do Hospital

As apresentações do “Papai Noel na Sumiçolândia” acontecerão nos dias 9, 10 e 11 de dezembro, às 21h, na fachada histórica da instituição
05/12/2022

Serviço de Ortopedia do Pequeno Príncipe é referência em tratamento de doenças e síndromes complexas

Em 2021, o serviço realizou 17.249 procedimentos cirúrgicos, além de 13.040 consultas ambulatoriais
02/12/2022

Mitos e verdades sobre convulsões

Distúrbio que provoca grande apreensão nos pais, as convulsões precisam de acompanhamento médico
29/11/2022

Dia de Doar: renúncia fiscal tem potencial de arrecadar até R$ 8 bilhões

Data criada há 20 anos nos Estados Unidos pretende fortalecer cultura de doações no Brasil. Doações via Imposto de Renda podem ser feitas até dia 29 de dezembro
25/11/2022

Hemodinâmica: cateterismo evita cirurgias de grande porte em neonatos

O serviço do Hospital Pequeno Príncipe é referência nacional em pediatria e, em 2021, realizou 297 cateterismos
Ver mais