Pacientes do Hospital Pequeno Príncipe participam de oficina de escultura - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Pacientes do Hospital Pequeno Príncipe participam de oficina de escultura

O projeto Ciranda das Artes busca democratizar o acesso à arte com oficinas semanais realizadas na instituição
23/09/2014

As crianças do Hospital Pequeno Príncipe puderam exercer toda a sua criatividade e imaginação na tarde de segunda-feira, 22, durante uma oficina de escultura que faz parte do projeto Ciranda das Artes. Viabilizado pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, o projeto traz atividades culturais e artísticas, aos pacientes internados, em oficinas semanais que ajudam a despertar o interesse pela arte desde a infância.

Misturando a contação de histórias com artes plásticas, a artista Elizabeth Titton leu trechos de O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry, e convidou os participantes a criarem obras inspiradas no livro. Após aprenderem a criar caixas de origami, fizeram flores utilizando materiais recicláveis e começaram a pintar globos que serão usados para a construção de móbiles. As pacientes Maysa Correia, de 9 anos, e Kimberly Rudek, de 13 anos, contaram que a pintura foi a parte que mais gostaram da atividade. “Adoro mexer com tinta, é muito gostoso pintar”, afirmou Kimberly.

Não são só as crianças que se divertem. Josuel Brasil Costa, pai do Miguel, de 7 anos, participou da oficina não só ajudando o filho, mas também criando suas próprias obras. “O Miguel já participou de outras oficinas aqui, mas essa foi a primeira vez que eu o acompanhei; como adoro Saint-Exupéry, achei muito legal. Atividades como essa são importantíssimas para as crianças”, disse.

Ao usarem materiais recicláveis para criar suas esculturas durante a oficina, os participantes aprendem a soltar a imaginação para fazer obras de arte com materiais que conseguem achar em casa com facilidade.

“Gosto muito de trabalhar com crianças porque elas vão inventando novas formas de fazer arte. É sempre surpreendente, elas têm umas ideias novas, têm a cuca fresca, né?”, brincou Elizabeth.

As oficinas do Ciranda das Artes são algumas das muitas atividades de inclusão social realizadas no Hospital Pequeno Príncipe. “Trazer atividades como essa para o Hospital é valorizar a importância do momento. As crianças se envolvem na sua arte e esquecem dos medicamentos e do tratamento médico”, complementou a artista.

O projeto Ciranda das Artes é viabilizado por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura e patrocinado pelas empresas ExxonMobil Business Support Centre Brasil Ltda., ExxonMobil Química Ltda. e Raia Drogasil S/A.

+ Notícias

12/08/2022

Vacinação contra a COVID-19 é fundamental para proteção de crianças de 3 a 5 anos

Especialista do Pequeno Príncipe, maior hospital exclusivamente pediátrico do Brasil, reforça pontos positivos para os responsáveis que adotam essa medida de prevenção
10/08/2022

“Nosso meio ambiente”: pacientes do Projeto Integra participam de ação ambiental

A iniciativa, realizada na sede que abrigará o Pequeno Príncipe Norte, proporcionou a experiência de explorar o vasto universo do ecossistema presente no local
08/08/2022

Colesterol pode ser prevenido com consumo de alimentos saudáveis

O Hospital Pequeno Príncipe ressalta a importância da adoção de bons hábitos para melhor qualidade de vida desde a infância
05/08/2022

Cirurgia de correção de malformação rara é realizada no Pequeno Príncipe

A reparação da extrofia de cloaca foi feita com a técnica de Kelley, considerada inovadora
04/08/2022

Cientistas estão desenvolvendo gel bucal para tratar mucosite

Principal reação adversa da quimioterapia, a mucosite oral causa intensa dor e pode ser porta de entrada para outras infecções
02/08/2022

Doenças raras é tema de mesa-redonda organizada pelo Pequeno Príncipe

A iniciativa fez parte da programação da 74.ª reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)
Ver mais