Paciente do Pequeno Príncipe conhece ídolo espanhol - Complexo Pequeno Príncipe

Complexo, Gols Pela Vida, Hospital, Instituto de Pesquisa

Paciente do Pequeno Príncipe conhece ídolo espanhol

Em evento do Unicef, em Curitiba, Luana teve a oportunidade de conhecer e entrevistar o zagueiro Sergio Ramos, jogador do Real Madrid e da seleção da Espanha

Copa_acao_unicef_espanhois_1-_06_2014 (276)A manhã de hoje, dia 10, foi especial para Luana dos Anjos Silva, de 17 anos, paciente do Hospital Pequeno Príncipe. Em evento organizado pelo Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), ela teve a oportunidade de conhecer de perto e até fazer perguntas para o zagueiro Sergio Ramos, jogador do Real Madrid e da seleção espanhola.

O encontro aconteceu no CT do Caju, quartel-general da Fúria para a Copa do Mundo de 2014. O Pequeno Príncipe participou como convidado e, na ocasião, o jogador foi nomeado embaixador do Comitê Espanhol do Unicef, por apoiar projetos sociais ligados à instituição. Logo depois, crianças da escolinha do Atlético-PR e adolescentes da Rede de Adolescentes e Jovens pelo Direito ao Esporte (Rejupe), projeto apoiado pelo Unicef, fizeram perguntas ao atleta.

Luana também pediu o microfone e, na entrevista, questionou se Sergio Ramos estava pronto para enfrentar o Neymar. “Tive de ser corajosa, mas gostei bastante dessa experiência, porque ele é um ídolo e pude conhecê-lo”, comentou. A menina é paciente do Pequeno Príncipe desde julho do ano passado e conta que gosta muito de futebol, tanto que conhece bem a fama da seleção da Espanha, atual campeã do mundo.

Na opinião de Ramos, que ficou emocionado com a nomeação do Unicef, o esporte pode ser um caminho para que as crianças tenham acesso a seus direitos e a uma vida melhor. A direção do Complexo Pequeno Príncipe também pensa assim. Tanto que tem estreitado sua relação com o futebol e criou, em 2005, o Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe, com o apoio do maior jogador de futebol da história, o rei Pelé.

O Instituto de Pesquisa é o único projeto social do mundo com a assinatura de Edson Arantes do Nascimento. A partir da parceria, surgiu o Gols pela Vida, plataforma de mobilização de recursos e pessoas em prol da saúde infantojuvenil. Além de Pelé, equipes inteiras e jogadores brasileiros e estrangeiros costumam visitar os pacientes do hospital. Essas visitas são como um presente para as crianças e um incentivo ao tratamento de saúde.

Para Luana, independentemente do resultado dos jogos, a Copa de 2014 ficará para a história. “Nunca nem sonhei com isso”, disse, horas depois, já no hospital, enquanto aguardava para mais uma consulta médica.

+ Notícias

Faça sua doação