Paciente estreia nos gramados na despedida de Alex - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Paciente estreia nos gramados na despedida de Alex

Nylton Rafael é torcedor do Coritiba e tinha conhecido o craque no Hospital. Seu sonho: ir ao estádio assistir a uma partida do seu time de coração
08/12/2014

Das lições aprendidas com as crianças e adolescentes do Pequeno Príncipe, uma sempre emciona: para alcançar o seu objetivo, vale tudo. Mesmo em cadeira de rodas, conectado ao cilindro de oxigênio, acompanhado de um compressor, Nyltow Rafael não se intimidou e enfrentou a multidão que se aglomearava ao redor do Estádio Major Antonio Couto Pereira no último dia 7. E, os objetivos eram claros: pisar pela primeira vez na vida em um estádio para assistir ao seu time do coração e ver o ídolo Alex em campo.

O menino de onze anos e portador de fibrose pulmonar saiu de Porto Amazonas (PR) no domingo com um sonho a realizar e, graças ao envolvimento de muitos amigos, isso foi possível. Acomodado com a família no camarote 14, do setor ProTork, ele e a família puderam assistir à última partida do Coritiba, que enfrentou o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro. Uma cortesia oferecida pelo clube do coração que ele vai lembrar para sempre. “É bem legal aqui. Tudo é bonito e tá todo mundo com a camista do time”.

E, a cada lance que o ídolo Alex comandava, ele ficava em pé, aplaudia, vibrava. Levou para o estádio uma tela que tinha pintado especialmente para o craque, no sonho de poder entregá-la pessoalmente, mas o assédio ao camisa 10 era tanto que não foi possível. Nyltow não desistiu e pretende encontrar Alex mais uma vez. Em outubro, quando esteve internado no Pequeno Príncipe para mais uma sessão de quimioterapia, recebeu a visita do craque.

Domingo foi um dia de grandes emoções. Desde a superação para chegar ao estádio, até os lances mais fechados, Nyltow não perdia a esperança. Os dois primeiros gols do time do Bahia quase o fizeram voltar para casa no mesmo instante, mas acreditava que um 3×2 era possível. E era. “Gostei de todos os gols, mas o último foi o melhor, mais emocionante. Fiquei com dó dos baianos, que voltaram para casa tristes”, afirma.

E, questionado se quer voltar ao estádio, ele não titubeia. “Claro que eu quero voltar. Eu dei sorte!”.
O Hospital Pequeno Príncipe agradece, mais uma vez, ao Coritiba Foot Ball Club que prontamente atendeu à solicitação do Hospital para realizar o sonho de mais um paciente da instituição possibilitando que o paciente Nyltow acompanhasse no campo a despedida do ídolo Alex dos gramados.
* Leia mais sobre a despedida de Alex.

+ Notícias

12/08/2022

Vacinação contra a COVID-19 é fundamental para proteção de crianças de 3 a 5 anos

Especialista do Pequeno Príncipe, maior hospital exclusivamente pediátrico do Brasil, reforça pontos positivos para os responsáveis que adotam essa medida de prevenção
10/08/2022

“Nosso meio ambiente”: pacientes do Projeto Integra participam de ação ambiental

A iniciativa, realizada na sede que abrigará o Pequeno Príncipe Norte, proporcionou a experiência de explorar o vasto universo do ecossistema presente no local
08/08/2022

Colesterol pode ser prevenido com consumo de alimentos saudáveis

O Hospital Pequeno Príncipe ressalta a importância da adoção de bons hábitos para melhor qualidade de vida desde a infância
05/08/2022

Cirurgia de correção de malformação rara é realizada no Pequeno Príncipe

A reparação da extrofia de cloaca foi feita com a técnica de Kelley, considerada inovadora
04/08/2022

Cientistas estão desenvolvendo gel bucal para tratar mucosite

Principal reação adversa da quimioterapia, a mucosite oral causa intensa dor e pode ser porta de entrada para outras infecções
02/08/2022

Doenças raras é tema de mesa-redonda organizada pelo Pequeno Príncipe

A iniciativa fez parte da programação da 74.ª reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)
Ver mais