Paciente do Pequeno Príncipe conquista ouro no Parapan de Toronto

Notícias

Paciente do Pequeno Príncipe conquista ouro no Parapan de Toronto

Além da medalha, a mesa-tenista Danielle Rauen garantiu a vaga nos Jogos Paralímpicos Rio 2016
13/08/2015

Paciente do Pequeno Príncipe desde os seis anos de idade, a catarinense Danielle Rauen faturou a medalha de ouro no tênis de mesa nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto no último domingo, 09. Além de alcançar o topo do pódio, Danielle se tornou a primeira atleta brasileira do tênis de mesa a garantir vaga nos Jogos Paralímpicos Rio 2016.

Danielle Rauen com o ouro do Parapan de Toronto
Danielle Rauen com o ouro do Parapan de Toronto

Natural de São Bento do Sul (SC), a jovem de 17 anos começou o tratamento de artrite idiopática juvenil no Hospital em 2003. Ela pratica a modalidade desde os nove anos e encontrou no esporte uma forma de tratamento, já que mantém um controle motor mais rigoroso por causa da atividade. Depois de uma classificação funcional na adolescência, se desenvolveu rapidamente até ser convocada para a seleção paralímpica, em 2013.

Confira a mensagem que Danielle Rauen mandou para o Pequeno Príncipe depois de conquistar a medalha!

Para a atleta, o importante feito merece ser compartilhado. “Essa medalha também é do Pequeno Príncipe, que é um lugar que eu admiro muito. O Hospital é fantástico para as crianças”, disse Danielle.

Danielle Rauen comemora a vaga para os Jogos Paralímpicos Rio 2016
Danielle Rauen comemora a vaga para os Jogos Paralímpicos Rio 2016

Hoje, a garota mora em Piracicaba (SP) com os atletas da seleção, mas alguns cuidados ainda são realizados em Curitiba. “A Danielle é paciente da doutora Márcia Bandeira. Sentimos muita confiança no tratamento e, sempre que precisa de algum procedimento, é no Pequeno Príncipe que ela vai”, revela a mãe da jogadora, Doralice Rauen.

A mensagem de superação é o que motiva a mesa-tenista. “Apesar da doença dela, descobrimos que nada é impossível. Queremos motivar outras crianças e mostrar que a doença não impede de realizar sonhos”, finaliza Doralice.

+ Notícias

07/12/2022

5 dicas para manter uma alimentação saudável nas férias

O Hospital Pequeno Príncipe relembra a importância de cuidar de alguns hábitos nesta época do ano
06/12/2022

Espetáculo de Natal vai alterar o trânsito no entorno do Hospital

As apresentações do “Papai Noel na Sumiçolândia” acontecerão nos dias 9, 10 e 11 de dezembro, às 21h, na fachada histórica da instituição
05/12/2022

Serviço de Ortopedia do Pequeno Príncipe é referência em tratamento de doenças e síndromes complexas

Em 2021, o serviço realizou 17.249 procedimentos cirúrgicos, além de 13.040 consultas ambulatoriais
02/12/2022

Mitos e verdades sobre convulsões

Distúrbio que provoca grande apreensão nos pais, as convulsões precisam de acompanhamento médico
29/11/2022

Dia de Doar: renúncia fiscal tem potencial de arrecadar até R$ 8 bilhões

Data criada há 20 anos nos Estados Unidos pretende fortalecer cultura de doações no Brasil. Doações via Imposto de Renda podem ser feitas até dia 29 de dezembro
25/11/2022

Hemodinâmica: cateterismo evita cirurgias de grande porte em neonatos

O serviço do Hospital Pequeno Príncipe é referência nacional em pediatria e, em 2021, realizou 297 cateterismos
Ver mais