Operação para dias de jogos funciona e Pequeno Príncipe atende normalmente - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Operação para dias de jogos funciona e Pequeno Príncipe atende normalmente

Partida entre Irã e Nigéria, que marca a estreia de Curitiba e da Arena da Baixada na Copa, alterou vias de acesso ao Hospital, mas pacientes não tiveram dificuldades para conseguir atendimento
16/06/2014

O primeiro dia de jogo da Copa do Mundo em Curitiba serviu como um teste para o planejamento feito com antecedência para garantir o acesso de pacientes ao Hospital Pequeno Príncipe, que fica a poucas quadras da Arena da Baixada, local da partida entre Irã e Nigéria na tarde desta segunda-feira, dia 16. Como estava previsto, o trânsito de veículos e o acesso pela Rua Desembargador Motta foi fechado, mas os pacientes e seus responsáveis não tiveram dificuldades para conseguir atendimento.

Todas as pessoas que trabalham no Hospital foram cadastradas e receberam crachás de identificação que garantem o acesso ao local de trabalho. Os turnos de médicos e enfermeiros foram mantidos. Com isso, na ala de emergência de pacientes que possuem convênios de saúde, a espera era de 27 minutos para atendimento pouco antes do início do jogo. Na Emergência SUS (Sistema Único de Saúde), a espera chegava a 1 hora e meia, tempo médio.

Uma barreira com policiais e membros da equipe de segurança do Pequeno Príncipe foi formada nas esquinas da Desembargador Motta com a Avenida Silva Jardim e com a Brigadeiro Franco para ajudar no trabalho de identificação de torcedores e pacientes. Pelo local, muita gente animada, com bandeiras e camisetas coloridas, seguiu para o estádio. Mas o funcionamento do Hospital foi normal, sem registro de incidentes.

O esquema de segurança exigido pela Fifa, organizadora da Copa, será mantido nos próximos dias de jogos. Para facilitar a entrada ao Pequeno Príncipe, é recomendado que pacientes e responsáveis não carreguem bolsas (elas são revistadas pelos policiais).

+ Notícias

23/05/2022

Voluntários do Pequeno Príncipe retornam às atividades presenciais

A retomada foi possível com todos os cuidados que o momento de pandemia do coronavírus ainda exige
19/05/2022

Representantes do CEDCA visitam o Centro de Reabilitação e Convivência Pequeno Príncipe

A unidade, que foi reestruturada, atende a diferentes tipos de deficiências de forma integral e humanizada
18/05/2022

Em um ano, Hospital atende mais de 600 crianças e adolescentes vítimas de violência

Em comparação com o ano anterior, o aumento de casos foi de 11%; mais da metade das ocorrências aconteceu na residência da própria criança
17/05/2022

Pequeno Príncipe inicia campanha televisiva para captação de recursos

A iniciativa busca dar mais visibilidade para a causa da saúde infantojuvenil, além de contribuir para a sustentabilidade econômico-financeira da instituição
16/05/2022

Atualização do calendário vacinal pode prevenir casos de SRAG no público infantojuvenil

Diversas doenças respiratórias podem evoluir para a síndrome aguda grave. O Pequeno Príncipe alerta que as medidas de prevenção, como a imunização, precisam ser mantidas
15/05/2022

Sintomas da mucopolissacaridose aparecem na primeira infância

A doença rara é genética e neurodegenerativa, que evolui com sintomas multissistêmicos
Ver mais