Obesidade infantil é problema de saúde pública - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Obesidade infantil é problema de saúde pública

Os altos índices de sobrepeso entre as crianças alertam para o surgimento de problemas no futuro, como as doenças crônicas
09/02/2017

????????????????????????????????????Pelo menos 41 milhões de crianças abaixo de cinco anos estão obesas, de acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). No Brasil, mais de dois milhões de casos são diagnosticados anualmente. A estimativa é que uma a cada três crianças, de cinco a nove anos, está acima do peso.

Os altos índices, referentes ao público infantil, alertam para o impacto futuro da obesidade. “Esse é um problema de saúde pública, que pode ocasionar doenças crônicas como o diabetes e hipertensão”, destaca a endocrinologista do Hospital Pequeno Príncipe, Rosangela Rea. Além disso, é provável que “crianças obesas tornem-se adultos obesos”, relata a médica.

Fatores genéticos, má alimentação e sedentarismo são as principais causas da obesidade infantil. “O maior exemplo de uma criança vem de casa. É importante que os pais ou cuidadores mantenham uma rotina alimentar saudável, de preferência com horários certos para as refeições, e que estejam ao lado dos meninos e meninas enquanto eles comem”, afirma a especialista.

Praticar atividades físicas regularmente também é essencial para combater a obesidade. “Esse equilíbrio é muito importante. Você não precisa deixar de comer tudo o que gosta, mas deve balancear com a realização de exercícios. A partir dos dois anos, as crianças já podem começar a fazer algumas atividades mais leves”, explica a endocrinologista.

Avanços
Nos últimos anos, algumas medidas foram tomadas com o intuito de reduzir o índice de crianças obesas, entre elas a redução de açúcares na alimentação escolar. A proibição da publicidade abusiva, direcionada aos meninos e meninas, – sobretudo de alimentos com alta quantidade de açúcar, sal e gordura – também auxilia no combate à obesidade.

+ Notícias

02/12/2022

Mitos e verdades sobre convulsões

Distúrbio que provoca grande apreensão nos pais, as convulsões precisam de acompanhamento médico
29/11/2022

Dia de Doar: renúncia fiscal tem potencial de arrecadar até R$ 8 bilhões

Data criada há 20 anos nos Estados Unidos pretende fortalecer cultura de doações no Brasil. Doações via Imposto de Renda podem ser feitas até dia 29 de dezembro
25/11/2022

Hemodinâmica: cateterismo evita cirurgias de grande porte em neonatos

O serviço do Hospital Pequeno Príncipe é referência nacional em pediatria e, em 2021, realizou 297 cateterismos
24/11/2022

Pequeno Príncipe vence o Prêmio Líderes Regionais Paraná 2022

A instituição foi premiada na categoria ESG – Responsabilidade Social. O reconhecimento destaca empresas, organizações e empresários que contribuíram para o desenvolvimento do estado
23/11/2022

Câncer pediátrico: diagnóstico precoce pode salvar até 84% dos pacientes

Referência nacional no tratamento de doenças onco-hematológicas há meio século, Hospital Pequeno Príncipe alerta sobre sintomas
21/11/2022

Pequeno Príncipe atua na prevenção da resistência aos antimicrobianos

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 1,3 milhão de pessoas morram a cada ano devido aos efeitos dessa resistência  
Ver mais