Nota de falecimento do cirurgião Marco Aurélio Lopes Gamborgi - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Nota de falecimento do cirurgião Marco Aurélio Lopes Gamborgi

O profissional, que atuava há mais de 10 anos no Pequeno Príncipe, faleceu na noite desta sexta-feira, dia 4/12, vítima da COVID-19
04/12/2020

Com imensa tristeza, o Pequeno Príncipe recebeu a notícia do falecimento do cirurgião plástico Marco Aurélio Lopes Gamborgi, na noite desta sexta-feira, dia 4/12, vítima da COVID-19. O profissional atendeu por mais de dez anos no Pequeno Príncipe, com destaque em cirurgias voltadas às crianças com fissuras labiopalatais.

Com 57 anos e natural de Lages (SC), o médico se formou em Medicina pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), especializou-se em Cirurgia Plástica e era membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Com mais de 25 anos de experiência, o médico realizou mais de oito mil cirurgias somente em fissuras labiopalatais, área em que era considerado uma das referências nacionais.

Ao longo de sua trajetória no Pequeno Príncipe, sempre exerceu sua função com profissionalismo, ética e personalidade. “Uma verdadeira perda para todos nós. Extremamente atencioso no atendimento à criança. Com espírito jovem, o Dr. Marco foi um exemplo de cirurgião”, lamenta o diretor técnico do Hospital, Donizetti Dimer Giamberardino Filho.

Para os profissionais que trabalharam ao lado do cirurgião, ficará a saudade e o sentimento de gratidão por tantos aprendizados compartilhados. “O Dr. Marco era digno como ser humano e impecável como profissional. Um verdadeiro exemplo a ser seguido”, acrescenta o chefe do Serviço de Otorrinolaringologia do Pequeno Príncipe, Lauro João Lobo Alcântara.

Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo / As fotos das crianças foram feitas por Paulo Fabre/Operação Sorriso

Além de sua atuação em Cirurgia Plástica no Pequeno Príncipe, o médico também atendia no Centro de Atendimento Integral ao Fissurado Labiopalatal, desde 1992, e no Centrinho Prefeito Luiz Gomes, em Joinville (SC), desde 2005. No biênio 2014/2015, Gamborgi ocupou o cargo de presidente da SBCP-PR.

Com sua paixão por transformar vidas, o cirurgião era voluntário e presidente do Conselho Multidisciplinar da ONG Operação Sorriso do Brasil. De três a quatro vezes por ano, Gamborgi operava mais de 70 crianças com lábio leporino em diferentes estados do país, especialmente em regiões sem acesso a esse tipo de serviço, como tribos indígenas.

O Pequeno Príncipe está comovido com a morte do médico, vítima da COVID-19, e se solidariza com familiares, amigos, pacientes, corpo clínico e demais profissionais que atuaram com ele.

O cirurgião foi o 21º médico a falecer por COVID-19 no estado, de acordo com o Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR). Em função da pandemia, a despedida será restrita aos familiares.

+ Notícias

23/06/2022

Festas juninas pedem atenção redobrada com a alimentação das crianças

Pequeno Príncipe alerta que o consumo de doces e de comidas típicas pode prejudicar condições de saúde já existentes
21/06/2022

Asma: vacinas atuam na redução de doenças que afetam o sistema respiratório

A doença não possui um imunizante específico, mas existem outras vacinas que auxiliam nas síndromes respiratórias
17/06/2022

Corpus Christi: Pequeno Príncipe recebe bênção do Santíssimo Sacramento

A ação, realizada em carro aberto, fez parte da programação especial organizada pela Arquidiocese de Curitiba
14/06/2022

Doar sangue é um ato de amor ao próximo

Neste Dia Mundial do Doador de Sangue, o Pequeno Príncipe reforça a importância desse ato de solidariedade, que pode salvar até quatro vidas
13/06/2022

Albinismo é distúrbio raro que precisa de cuidado multidisciplinar

A condição é definida pela ausência ou diminuição importante na produção de melanina – pigmento que determina a cor da pele, dos olhos e do cabelo
12/06/2022

Cardiopatias congênitas: diagnóstico precoce é fundamental para tratamento assertivo

O conjunto de doenças pode ser descoberto ainda na gravidez, com o ecocardiograma fetal, ou nos primeiros dias após o nascimento, por meio do teste do coraçãozinho
Ver mais