Noite dos Chefs chega à oitava edição com a gastronomia aliada à solidariedade - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

    Noite dos Chefs chega à oitava edição com a gastronomia aliada à solidariedade

    Evento reuniu seis chefs renomados e cerca de 250 pessoas interessados em contribuir com a causa da saúde infantojuvenil
    16/10/2014

    Prato_MarcoliniAté que os pratos cheguem à mesa e as receitas de chefs renomados encantem o público pelo sabor e pelo cuidado com que foram preparadas, ao menos oito meses foram dedicados para que tudo saia conforme o planejado. O desfecho desse trabalho prova que gastronomia e solidariedade combinam e podem andar juntas. Na sua oitava edição, em 15 de outubro, a Noite dos Chefs, promovida pelo Complexo Pequeno Príncipe no Graciosa Country Club, reuniu cerca de 250 pessoas interessadas em contribuir com a causa da saúde infantojuvenil.

    O cardápio montado pelo time de voluntários escalado pelo padrinho da Noite dos Chefs, Fabiano Marcolini, contou com couvert, entradas, carnes e sobremesa. Entre os pratos degustados pelos convidados estavam: salmão vermelho com guacamole, molho tarê e caviar; lasanha com caramelo de champignon; paleta de cordeiro com purê cremoso e macarron recheado com mousse de chocolate. Além de Marcolini, comandaram a cozinha os premiados chefs Rodrigo do Prado, Emmanuel Bassoleil, Laurent Suaudeau, Ivan Lopes e Ivo Lopes.

    “São chefs que vieram de coração aberto e dedicados com a causa. Esta edição foi fantástica. Quando você sabe de todas as dificuldades e montanhas que têm de ser escaladas todos os dias no Complexo Pequeno Príncipe, você se engaja cada vez mais. O que me deixa feliz é saber que a gastronomia, algo que eu amo fazer, pode contribuir com uma causa que eu acredito cegamente”, afirma Marcolini, curador da Noite dos Chefs desde a primeira edição.

    A partir de patrocínios, apoios e vendas de convites, a Noite dos Chefs é um evento gastronômico que arrecada fundos para serem investidos na assistência e na pesquisa em prol da saúde de crianças e adolescentes. “O evento tem oito anos e as pessoas que nos prestigiam participaram de quase todas as edições. Ele é muito simbólico no sentido de mostrar que a transformação da realidade precisa de ações continuadas da comunidade, da sensibilidade, da confiança e da transparência. Queria agradecer por nos ajudarem a transformar a vida de meninos e meninas do Paraná e do Brasil, a sua realidade em uma realidade possível, visível, de pertencimento, de saúde e de direito à vida”, diz a diretora-executiva do Hospital Pequeno Príncipe, Ety Cristina Forte Carneiro.

    O evento teve o patrocínio da GVT e da Mondelēz, empresas que também abraçam a ideia de contribuir com a assistência e a pesquisa em prol da saúde de crianças e adolescentes. “O Pequeno Príncipe é uma instituição que a gente acredita muito. É um parceiro de longa data da GVT e essa parceria deve se fortalecer com a criação do Instituto GVT”, diz o coordenador de Facilities & Sustentabilidade da GVT, João Zeni. “A Mondelēz é parceira do Hospital há oito anos. Para nós, que acreditamos no futuro do nosso país através das crianças – que são os agentes transformadores –, apoiar o Pequeno Príncipe, que tem como principal causa a saúde infantil, é quase que atestar o que a gente acredita para o futuro”, afirma a gerente de Responsabilidade Social Corporativa da Mondelēz, Giselle Sigel.

    + Notícias

    20/02/2024

    Crianças podem ter uma dieta vegetariana?

    A prática é adequada em qualquer fase da vida, mas é preciso garantir o consumo de todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento infantil
    15/02/2024

    Quando levar a criança ao dermatologista?

    Hospital Pequeno Príncipe destaca quais são as doenças de pele mais comuns e os cuidados desde a infância
    08/02/2024

    Serviço de Gastroenterologia do Pequeno Príncipe completa 30 anos

    A especialidade da instituição é considerada a mais importante do Paraná e uma das principais do país na área da pediatria
    07/02/2024

    Dicas para facilitar a mudança de escola de crianças e adolescentes

    Ao seguir estas estratégias, os pais podem desempenhar um papel crucial no apoio emocional e na facilitação da adaptação de seus filhos
    01/02/2024

    Presidente da Representação Central Ucraniano-Brasileira visita Pequeno Príncipe

    Vitório Sorotiuk agradeceu as ações humanitárias realizadas pelo Hospital
    01/02/2024

    O que é a síndrome de Patau?

    A doença não tem cura, mas o acompanhamento de uma equipe médica multidisciplinar pode melhorar a qualidade de vida
    Ver mais