No Dia Mundial da Segurança do Paciente, Pequeno Príncipe propõe reflexão sobre o papel do profissional de saúde - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

No Dia Mundial da Segurança do Paciente, Pequeno Príncipe propõe reflexão sobre o papel do profissional de saúde

Neste 17 de setembro, o Hospital sensibiliza sobre a importância de atitudes conscientes para garantir um atendimento seguro
17/09/2019

Segurança do paciente é a redução do risco de dano desnecessário associado aos cuidados de saúde. No Pequeno Príncipe, esse é um assunto que merece atenção diária, afinal, a segurança na assistência depende do olhar consciente de todos, especialmente de médicos, equipes de enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia e nutrição, além de acompanhantes de pacientes.

Neste 17 de setembro, Dia Mundial da Segurança do Paciente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) propõe uma mobilização conjunta para que profissionais, instituições governamentais, de saúde e demais organizações envolvidas com a segurança do  paciente conversem sobre o assunto. O Hospital Pequeno Príncipe aproveita a data para sensibilizar os profissionais, familiares e visitantes sobre como cada um pode contribuir para garantir o atendimento seguro a crianças e adolescentes diariamente.

Segurança do paciente tem atenção diária no Pequeno Príncipe
Há 100 anos, o Pequeno Príncipe tem o compromisso de cuidar e proteger crianças e adolescentes nas suas diferentes dimensões. A segurança do paciente está sempre em pauta no Hospital. Tanto que a instituição, com o comprometimento e dedicação dos profissionais, conquistou a Acreditação ONA – Nível 3, o mais elevado nesta importante certificação em saúde. Este reconhecimento comprova desde a excelência em gestão, qualidade na assistência até a segurança aos pacientes e familiares. É uma conquista que motiva cada profissional a manter essa certificação fazendo sempre mais e melhor pelas crianças e adolescentes.

Ação especial

Para marcar o Dia Mundial da Segurança do Paciente, profissionais do Pequeno Príncipe entregaram flyers, orientando pais e responsáveis pelas crianças e adolescentes em tratamento sobre como cada um pode contribuir para garantir o atendimento seguro.

Conheça dados globais sobre eventos adversos
* 134 milhões de eventos adversos ocorrem todos os anos devido à atenção insegura em hospitais nos países de baixa e média renda.
* 2,6 milhões de mortes relacionadas a eventos adversos são registradas anualmente.
* 1 um em cada 10 pacientes é prejudicado enquanto recebe atendimento hospitalar em países de alta renda.

+ Notícias

11/04/2024

Renúncia fiscal transforma a vida de crianças e adolescentes

Destinação do Imposto de Renda contribui para a equidade no atendimento em saúde a pacientes vindos de todo o país
08/04/2024

Pronon e Pronas: Pequeno Príncipe contribui com consulta pública

Há dez anos, o Hospital elabora, executa e presta contas de projetos desenvolvidos dentro dos programas
07/04/2024

Dia Mundial da Saúde: “Minha Saúde, Meu Direito”

O Hospital Pequeno Príncipe desenvolve uma série de iniciativas em favor da proteção integral de meninos e meninas
02/04/2024

TDAH e autismo: quais são as semelhanças e diferenças?

A identificação da manifestação dos sintomas é crucial para o diagnóstico e tratamento adequados e individualizados
30/03/2024

Como ajudar a criança ou o adolescente com transtorno bipolar?

Por ser uma doença crônica, que não tem cura, o apoio dos pais, familiares e amigos é essencial
25/03/2024

Sociedade Paranaense de Pediatria: 90 anos em prol da saúde infantojuvenil

Berço da pediatria no Paraná, o Pequeno Príncipe se orgulha da semente plantada naquele 25 de março de 1934
Ver mais