Natal é celebrado no Centro de Reabilitação e Convivência

Notícias

Natal é celebrado no Centro de Reabilitação e Convivência

A unidade, localizada em São José dos Pinhais, atende crianças e adolescentes com vários tipos de deficiência física, visual, auditiva, múltiplas e doenças raras
12/12/2022
Natal Papai Noel
A confraternização de Natal marcou o retorno das tradicionais festas realizadas pelo Centro de Reabilitação e Convivência Pequeno Príncipe.

As crianças e adolescentes do Centro de Reabilitação e Convivência Pequeno Príncipe participaram nesse sábado, dia 10, da celebração do Natal. A confraternização marcou o retorno das tradicionais festas realizadas pela unidade, que foram suspensas devido à pandemia. O momento foi de muita diversão e união para os pacientes e ex-pacientes atendidos e seus familiares.

Um dos momentos mais especiais do encontro foi a apresentação do Coral Pequeno Príncipe, que é formado por colaboradores e voluntários do Hospital. O projeto contribui de forma inovadora na humanização e na inclusão social por meio da música. Em celebração ao Natal, foram tocadas músicas como “Vem que está chegando o Natal”, “Jingle Bell Rock”, “Sinos de Belém”, “Amigo estou aqui” e “Emoções”.

O evento contou também com brincadeiras, sorteio de cestas de Natal e brindes, lanche especial e entrega de presentes para as crianças e panetones para as famílias, com a presença do Papai Noel. “As famílias têm um papel fundamental no processo de reabilitação das crianças e adolescentes com deficiências. Entendemos que a convivência entre elas favorece a formação de redes de apoio afetivo, social, emocional, e fortalece os vínculos já existentes, contribuindo para o bem-estar recíproco. A possibilidade de realizar esses eventos, além de proporcionar momentos de alegria e descontração, promove a formação dessas redes, fazendo parte de um processo ampliado de reabilitação e inclusão”, pontua a gerente da unidade, Patricia Bertolini.

Para as famílias, o momento é de muita gratidão e troca de experiências. “Só tenho a agradecer a todos os profissionais do Centro de Reabilitação e Convivência Pequeno Príncipe pela receptividade e carinho. Os pacientes e familiares são sempre muito especiais, e amamos poder revê-los”, agradece Vera Lucia da Costa Silva, mãe de Gabriel Pedro da Silva, de 27 anos, que frequentou a unidade semanalmente por muitos anos para as sessões de fisioterapia e hoje é convidado especial nos eventos.

Sobre o Centro de Reabilitação e Convivência Pequeno Príncipe

O Hospital Pequeno Príncipe, referência na assistência em saúde ao público infantojuvenil, conta com o Centro de Reabilitação e Convivência Pequeno Príncipe. A unidade atende pacientes com todos os tipos de deficiência física, visual, auditiva, múltiplas e doenças raras.

O atendimento é feito por uma equipe transdisciplinar, formada por fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, entre outros. A unidade oferece reabilitação nas áreas de fisioterapia de solo e aquática, psicologia, fonoaudiologia para pacientes com deficiências auditivas, terapia ocupacional e serviço social; promove a convivência e a inclusão social, atividades lúdicas, educacionais e culturais; e disponibiliza apoio ao tratamento domiciliar.

Com sede em São José dos Pinhais, o Centro de Reabilitação nasceu como um projeto voltado ao atendimento de crianças e adolescentes com mielomeningocele, o Programa Appam, criado em 1992. Em 2013, foi incorporado à Associação Hospitalar de Proteção à Infância Dr. Raul Carneiro, mantenedora do Hospital Pequeno Príncipe.

Acompanhe os conteúdos também nas redes sociais do Pequeno Príncipe e fique por dentro de informações de qualidade – FacebookInstagramTwitterLinkedIn e YouTube

+ Notícias

18/05/2024

Aumentam registros de violência contra crianças e adolescentes

Nas últimas duas décadas, foram mais de nove mil pacientes atendidos no Hospital Pequeno Príncipe por maus-tratos; violência sexual predomina
17/05/2024

Pequeno Príncipe mobilizado pelo Rio Grande do Sul

Iniciativas vão desde teleconsultas a crianças e adolescentes em parceria com hospital gaúcho até mobilização de profissionais
15/05/2024

Como falar sobre as enchentes com as crianças?

Hospital Pequeno Príncipe destaca a importância de agir com sensibilidade e estar atento aos sinais de sofrimento manifestados pelos pequenos
13/05/2024

É normal a criança ter amigos imaginários?

A criação desses personagens é comum no desenvolvimento infantil, mas veja alguns sinais que indicam atenção a essa prática
09/05/2024

Ministra da Saúde visita área onde será o Pequeno Príncipe Norte

Nísia Trindade de Lima destacou a importância do projeto e da instituição para a saúde infantil do país
07/05/2024

Hospital se destaca em encontro internacional por ações ambientais

Instituição é a única entre as organizações de 12 países a ter um indicador em saúde ambiental 
Ver mais