Musicalização “contagia” o Pequeno Príncipe - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

    Musicalização “contagia” o Pequeno Príncipe

    As atividades têm como objetivo promover o acesso à cultura e envolver os pacientes hospitalizados. A ação é uma iniciativa do Hospital em parceria com a FAP
    20/06/2016

    DSC_0073
    Melodias e arranjos musicais “invadem” os quartos e corredores do Hospital Pequeno Príncipe semanalmente. As oficinas de musicalização, com a participação de alunos de Musicoterapia da Faculdade de Artes do Paraná (FAP), incentivam pacientes e acompanhantes a soltarem a voz. Vale de tudo, de música educativa a hit do momento. Independentemente do estilo musical, o importante é soltar a voz.

    DSC_0089Para as crianças, a música é uma possibilidade de acesso à cultura, motivo de alegria e descontração, além de ser uma ótima forma de integração com os familiares. “É um momento muito gostoso, chego até a chorar”, relatou a mãe do paciente Jadson Oliveira, de 13 anos, Josieli Ribeiro. Emocionados, os dois cantaram juntos.

    As oficinas de musicalização permanecem no Hospital até o fim do ano com atividades semanais nos quartos, ambulatórios e também no Setor de Educação e Cultura (EDUC) do Pequeno Príncipe.

    + Notícias

    23/05/2022

    Voluntários do Pequeno Príncipe retornam às atividades presenciais

    A retomada foi possível com todos os cuidados que o momento de pandemia do coronavírus ainda exige
    19/05/2022

    Representantes do CEDCA visitam o Centro de Reabilitação e Convivência Pequeno Príncipe

    A unidade, que foi reestruturada, atende a diferentes tipos de deficiências de forma integral e humanizada
    18/05/2022

    Em um ano, Hospital atende mais de 600 crianças e adolescentes vítimas de violência

    Em comparação com o ano anterior, o aumento de casos foi de 11%; mais da metade das ocorrências aconteceu na residência da própria criança
    17/05/2022

    Pequeno Príncipe inicia campanha televisiva para captação de recursos

    A iniciativa busca dar mais visibilidade para a causa da saúde infantojuvenil, além de contribuir para a sustentabilidade econômico-financeira da instituição
    16/05/2022

    Atualização do calendário vacinal pode prevenir casos de SRAG no público infantojuvenil

    Diversas doenças respiratórias podem evoluir para a síndrome aguda grave. O Pequeno Príncipe alerta que as medidas de prevenção, como a imunização, precisam ser mantidas
    15/05/2022

    Sintomas da mucopolissacaridose aparecem na primeira infância

    A doença rara é genética e neurodegenerativa, que evolui com sintomas multissistêmicos
    Ver mais