Macaris do Livramento promove partida de futebol que apoia o Pequeno Príncipe - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Macaris do Livramento promove partida de futebol que apoia o Pequeno Príncipe

O tradicional evento beneficente esportivo, organizado pelo campeão mundial de boxe, reuniu a seleção de masters da Ucrânia e ex-jogadores do Atlético, Coritiba e Paraná em uma disputa em prol da saúde infantojuvenil
25/01/2018
Macaris, representantes dos times e do Complexo Pequeno Príncipe: partida de futebol em prol da saúde infantojuvenil.

O tradicional evento esportivo beneficente de Macaris do Livramento, campeão mundial de boxe, marcou também um gol em prol da saúde infantojuvenil. Na noite do dia 23 de janeiro, no Trieste Stadium, em Curitiba, cerca de 600 pessoas acompanharam a partida de futebol entre a seleção de masters da Ucrânia e o time Amigos do Macaris – formado por ex-jogadores do Atlético, Coritiba e Paraná.

Com a vitória dos atletas ucranianos por um placar de 5 a 1, o evento teve parte da renda destinada aos trabalhos de assistência do Hospital Pequeno Príncipe. “O futebol tem um poder de mobilização e paixão, que faz a diferença na nossa luta diária para garantir o melhor atendimento a nossas crianças e adolescentes. Uma ação como essa do Macaris reforça a divulgação do trabalho que fazemos em prol da saúde de meninos e meninas de todo o Brasil”, comenta o diretor corporativo do Complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro da Silva Carneiro.

Durante a ação, representantes da instituição entregaram duas medalhas do Projeto Pequeno Príncipe Gols pela Vida, que simbolizam gols feitos por Pelé em jogos do Santos contra o Corinthians (os gols 694 e 744 da carreira do Rei do Futebol). A iniciativa busca o apoio para parcerias importantes que beneficiem o maior hospital exclusivamente pediátrico do Brasil, que destina 70% do seu atendimento para o sistema público de saúde.

O jogo
A partida, que contou com a presença do embaixador da Ucrânia no Brasil, Rostyslav Tronenko, reuniu conhecidos nomes do futebol: Voronin, 38 anos, jogou no Liverpool e no Bayer Leverkusen. Nazarenko, 37 anos, somou 56 jogos pela seleção principal da Ucrânia e esteve na Copa do Mundo de 2006. Vorobey, 39 anos, acumulou 68 jogos pela seleção principal do país europeu e disputou quatro partidas na Copa de 2006.

O time Amigos do Macaris contou com as participações do campeão mundial de boxe; Marcelo (ex-Atlético); Alessandro (ex-Atlético, campeão brasileiro de 2001); Valdomiro (ex-Palmeiras); Igor (ex-Atlético, campeão brasileiro de 2001); Marcão (ex-Atlético); Cocito (ex-Atlético, campeão brasileiro de 2001); Alex Lopes (ex-Atlético); Paulo Miranda (ex-Paraná, Coritiba e Atlético); Ademir Alcântara (ex-Coritiba);  Adriano Gabiru (ex-Atlético, campeão brasileiro de 2001); e do embaixador do Gols Pela Vida, Tcheco (ex-Paraná, ex-Coritiba, ex-Grêmio, atual auxiliar técnico do Coritiba).

+ Notícias

08/02/2023

Gravidez na adolescência: a prevenção começa com educação e diálogo

Um ambiente acolhedor e de confiança é fundamental para o desenvolvimento saudável de meninos e meninas  
07/02/2023

Nota de pesar pelo falecimento do pediatra Danilo Cerqueira Leite Junior

O médico, com mais de 50 de formação, atuou no Pequeno Príncipe e contribuiu com cuidados a milhares de crianças e adolescentes que passaram pelo Hospital nas últimas décadas
06/02/2023

ALTA COMPLEXIDADE | Serviço de Cirurgia Vascular

O Hospital Pequeno Príncipe tem equipe especializada no tratamento de doenças do sistema circulatório em crianças e adolescentes
03/02/2023

Gravidez na adolescência: quais são os riscos?

A gestação nessa fase, que compreende dos 10 aos 19 anos, gera uma série de consequências para a vida da mãe e do bebê
01/02/2023

Volta às aulas e a imunização de crianças e adolescentes

As medidas de higiene das mãos, etiqueta ao tossir e uso de máscara também auxiliam a evitar a disseminação de doenças
27/01/2023

Hanseníase: atenção aos sinais e sintomas auxilia diagnóstico

Neste Dia Mundial de Combate à Hanseníase, o Hospital Pequeno Príncipe reforça a importância de se buscar os serviços de saúde logo no aparecimento dos primeiros sinais e lembra que a doença tem cura
Ver mais