Lúpus é uma das doenças autoimunes mais graves na infância

Notícias

Lúpus é uma das doenças autoimunes mais graves na infância

O tratamento contribui para a qualidade de vida e alívio dos sintomas
10/05/2023
lúpus
O paciente Davi Henrique Freitas da Silva faz tratamento para o lúpus no Pequeno Príncipe.

No Dia Mundial do Lúpus, lembrado em 10 de maio, o Pequeno Príncipe faz um alerta para o diagnóstico precoce da doença, fundamental ao tratamento e qualidade de vida dos pacientes. O lúpus é a terceira doença reumática mais comum em ambulatórios de reumatologia pediátrica no Brasil, segundo a médica Márcia Bandeira, chefe do Serviço de Reumatologia do Hospital Pequeno Príncipe.

Confira alguns mitos e verdades sobre a doença

1) O lúpus é uma doença autoimune?

VERDADE. As doenças autoimunes surgem quando o sistema imunológico ataca os tecidos saudáveis do organismo. O lúpus faz parte das mais de 80 doenças autoimunes e é uma das mais graves. Não possui uma causa específica, podendo ser causada por fatores hormonais, infecciosos, genéticos ou ambientais. Além disso, a doença costuma ser crônica e não é transmissível.

2) O lúpus não pode ser diagnosticado na infância?

MITO. O diagnóstico pode ser realizado em qualquer idade, apesar de grande parte das pessoas só ser diagnosticada entre os 20 e 45 anos, segundo a Sociedade Brasileira de Reumatologia. Na infância e adolescência, o pico de acometimento do lúpus ocorre entre 11 e 12 anos, sendo muito raro em menores de 5 anos. Quanto antes for realizado o diagnóstico, mais qualidade de vida e controle dos sintomas o paciente terá. Por isso, é importante que, aos primeiros sintomas, os pais e responsáveis procurem um pediatra.

3) O lúpus pode apresentar características diferentes nas crianças e adultos?

VERDADE. Nas crianças, a doença apresenta sintomas mais graves, geralmente alterações neurológicas, hematológicas e renais. Já nos pacientes adultos, as alterações articulares são mais frequentes.

4) Lesões na pele, como vermelhidão na face, são os sintomas mais aparentes?

VERDADE. Esse sintoma é chamado também de rash malar, no qual as bochechas e a ponta do nariz ficam com manchas vermelhas em forma de asa de borboleta. O sintoma piora com a luz do sol.

Outros sintomas comuns do lúpus são: febre, dor nas articulações, dor muscular, inchaços, dificuldade para respirar, dor no peito ao inspirar profundamente, sensibilidade à luz solar, dor de cabeça, confusão mental, perda de memória, linfonodos aumentados, queda de cabelo, crise convulsiva, feridas e aftas na boca, por exemplo.

O Pequeno Príncipe é signatário do Pacto Global desde 2019. A iniciativa presente nesse conteúdo contribui para o alcance do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS): Saúde e Bem-Estar (ODS 3).

Acompanhe os conteúdos também nas redes sociais do Pequeno Príncipe e fique por dentro de informações de qualidade – FacebookInstagramTwitterLinkedIn e YouTube

+ Notícias

29/02/2024

Doenças raras: diagnóstico precoce é decisivo para qualidade de vida

Quando descobertas de maneira rápida, as doenças podem ser controladas com medicamentos; e algumas, curadas por meio de transplantes
28/02/2024

Prêmio Mais Saúde TOPVIEW homenageia Pequeno Príncipe

A instituição foi reconhecida em duas categorias: Melhor Hospital Filantrópico e Melhor Clínica de Pediatria
22/02/2024

O que é e como identificar o transtorno de personalidade borderline?

Conheça os sintomas, as causas e a importância da psicoterapia como forma de tratamento
20/02/2024

Crianças podem ter uma dieta vegetariana?

A prática é adequada em qualquer fase da vida, mas é preciso garantir o consumo de todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento infantil
15/02/2024

Quando levar a criança ao dermatologista?

Hospital Pequeno Príncipe destaca quais são as doenças de pele mais comuns e os cuidados desde a infância
08/02/2024

Serviço de Gastroenterologia do Pequeno Príncipe completa 30 anos

A especialidade da instituição é considerada a mais importante do Paraná e uma das principais do país na área da pediatria
Ver mais