Livro “Pratos do Brasil” ganha destaque entre internautas - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Livro “Pratos do Brasil” ganha destaque entre internautas

Após publicação feita pela chef e apresentadora Bela Gil em suas redes sociais, a procura pela obra – parte de projeto cultural – tem sido grande no Hospital Pequeno Príncipe
04/11/2014
Post no Instagram da chef e apresentadora Bela Gil
Post no Instagram da chef e apresentadora Bela Gil

O livro “Pratos do Brasil – Culinária Brasileira para Crianças”, escrito por Liana Leão e Luciana de Morais, tem sido bastante requisitado nos últimos dias por internautas. Isso por conta de uma publicação feita pela chef e apresentadora Bela Gil, na última semana, nas suas contas em redes sociais. Em visita ao Hospital Pequeno Príncipe em 27 de outubro, Bela conheceu a estrutura da instituição e recebeu como presente uma cópia da obra.

Encantada com o livro, ela publicou fotos do mesmo em sua página no Facebook e em sua conta no Instagram. E confidenciou: “eu e minha filhota amamos esse livro. Comida é cultura”. O sucesso entre seus seguidores foi instantâneo e muitos de seus fãs passaram a procurar o Pequeno Príncipe em busca de uma cópia da obra.

“Pratos do Brasil” foi lançado em junho de 2013, em Curitiba, com distribuição gratuita. Fruto do projeto cultural de mesmo nome, viabilizado por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, tem como proposta estimular jovens leitores a conhecer um pouco da culinária típica de cada região do Brasil, incluindo toda a influência europeia, africana e indígena exercida, preservando, assim, hábitos e costumes alimentares.

Infelizmente, não há livros para venda. Em decorrência do sucesso da publicação, está sendo estudada a possibilidade de viabilizar a impressão de uma segunda edição para comercialização.

Sobre o projeto
O projeto cultural Pratos do Brasil foi realizado em 2012 e finalizado em 2013. Ele ofereceu aos pacientes do Hospital Pequeno Príncipe e seus acompanhantes a oportunidade de ter um contato diferente com a cultura brasileira, por meio de sua culinária. O livro voltado ao público infantojuvenil foi publicado pelo projeto, com receitas que valorizam ingredientes e a gastronomia nacional. Ele tem ilustrações de Heliana Grudzien e design de Guilherme Zamoner.

Além disso, foram realizadas oficinas de culinária, nas quais as crianças e os adolescentes internados no Pequeno Príncipe foram incentivados a brincar de mestre-cuca durante a internação. Nessas oportunidades, eles aprenderam sobre ingredientes nacionais, participaram da execução de receitas e as experimentaram, e conheceram um pouco mais da cultura do Brasil por meio da alimentação. Tudo sob a orientação de chefs parceiros da instituição.

O projeto foi patrocinado pelas empresas Carrefour; Metalesp; Red!Sul; Grupo Jufap; Bardusch; e FDF Latin America; e teve apoio do Complexo Pequeno Príncipe; Centro Europeu; e Porcini Trattoria.

Post no Instagram da chef e apresentadora Bela Gil

+ Notícias

18/04/2024

Desenvolvimento do bebê: da gestação ao parto

O vínculo formado, as relações emocionais e os estímulos durante a gravidez fazem parte da Primeiríssima Infância
16/04/2024

COVID-19 e dengue são ameaças à saúde das crianças no Brasil

Primeiro trimestre de 2024 foi marcado pela elevação do número de casos e de mortes provocadas pelas duas doenças
11/04/2024

Renúncia fiscal transforma a vida de crianças e adolescentes

Destinação do Imposto de Renda contribui para a equidade no atendimento em saúde a pacientes vindos de todo o país
08/04/2024

Pronon e Pronas: Pequeno Príncipe contribui com consulta pública

Há dez anos, o Hospital elabora, executa e presta contas de projetos desenvolvidos dentro dos programas
07/04/2024

Dia Mundial da Saúde: “Minha Saúde, Meu Direito”

O Hospital Pequeno Príncipe desenvolve uma série de iniciativas em favor da proteção integral de meninos e meninas
02/04/2024

TDAH e autismo: quais são as semelhanças e diferenças?

A identificação da manifestação dos sintomas é crucial para o diagnóstico e tratamento adequados e individualizados
Ver mais