Levir Culpi lança livro e doa renda para Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe - Complexo Pequeno Príncipe

Complexo, Gols Pela Vida, Instituto de Pesquisa

Levir Culpi lança livro e doa renda para Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe

Técnico paranaense conheceu o Projeto Gols pela Vida e viu no resultado da venda de sua autobiografia a primeira oportunidade de beneficiar a instituição

Uma noite de autógrafos, com exposição de fotos e camisas antigas e talk show com Levir Culpi e o diretor do Complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro da Silva Carneiro, marcará na noite de hoje o lançamento do livro “Um Burro com Sorte?”. O evento é voltado para convidados.

A autobiografia do técnico de futebol nascido em Curitiba traz uma visão de dentro para fora dos gramados. Culpi, que hoje é técnico do Atlético-MG, conta histórias que vão de sua infância nos campinhos de terra do Bacacheri até os últimos anos em que passou no Japão. São mais de dois mil jogos como treinador e jogador em 40 anos de carreira.

Como não tinha interesse em obter renda como escritor, ele decidiu doar todo o lucro da venda dos livros para o Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe. O treinador estava em busca de uma instituição que pudesse ser beneficiada pela obra e fez sua escolha depois de conhecer o Programa Gols pela Vida, uma plataforma de mobilização de recursos e pessoas em prol da saúde infantojuvenil. “Conheci alguns hospitais no Japão e lá eles são muito humanizados; nem parece que você está dentro de um hospital. E aqui senti isso também”, disse.

No livro, que tem prefácio do goleiro Rogério Ceni, o futebol paranaense é lembrado em histórias nos três clubes da capital. Sobre o Coritiba, há o início na categoria de base, a conquista da Fita Azul, a fatídica partida da semifinal diante do Guarani na série B em 1991. No Atlético, o título do Torneio Início de 1986 e o vice-campeonato brasileiro de 2004. No Paraná, além do título que deu início ao Penta em 1993, Levir lembra de jogos inesquecíveis.

Histórias de clubes nacionais, com personagens relevantes do futebol, também são narradas, assim como sua experiência no Japão. A obra começa com os relatos sobre o dia seguinte ao tsunami ocorrido naquele país.

+ Notícias

Faça sua doação