Câmara dos Vereadores de Curitiba faz homenagem aos 10 anos do TMO - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Câmara dos Vereadores de Curitiba faz homenagem aos 10 anos do TMO

O atendimento de crianças de pouca idade e com doenças raras é dos diferenciais que colocou a instituição como referência nacional
12/05/2021


O Serviço de Transplante de Medula Óssea (TMO) do maior hospital pediátrico do Brasil, o Pequeno Príncipe, completou uma década de atendimento em 2021. Para homenagear o trabalho de toda a equipe médica, o vereador Alexandre Leprevost propôs à Câmara de Curitiba uma homenagem, com votos de congratulações e aplausos, entregues aos diretores do hospital no dia 10 de maio.

“Nestes dez anos, nos tornamos um dos maiores centros de transplante pediátrico da América Latina, com mais de 250 vidas transformadas”, conta o diretor corporativo do Hospital, José Álvaro da Silva Carneiro. Nestes dez anos, 26% dos transplantes realizados foram em crianças com idade abaixo de 3 anos. O atendimento de crianças de pouca idade e com doenças raras é uma das especificidades que fizeram com que o Serviço de TMO do Pequeno Príncipe recebesse pacientes de todo o país – 61% dos atendimentos são de fora de Curitiba. O reconhecimento nacional também se deve aos procedimentos realizados com doadores haploidênticos – quando a compatibilidade não é de 100%, uma vez que encontrar um doador compatível é um dos grandes desafios para realizar um TMO. Mesmo dentro da família, as chances de conseguir um doador 100% compatível é de apenas 25%.

O atendimento no Pequeno Príncipe é realizado por médicos com formação em transplante pediátrico, que recebem o suporte diário de profissionais de outras 32 especialidades, como infectologistas, intensivistas, nefrologistas, cardiologistas, ortopedistas, neurologistas, endocrinologistas, dermatologistas, hemoterapeutas. Este trabalho garante um atendimento de excelência.

Durante a entrega do certificado, o vereador Alexandre Leprevost reforçou seu compromisso com a saúde e o bem-estar da população curitibana. “A homenagem é um reconhecimento ao excelente trabalho realizado há 101 anos pelo Hospital Pequeno Príncipe, parabenizando também todos os profissionais pelos 10 anos do serviço de transplante de medula óssea. Como representante do povo, é meu papel apoiar e incentivar instituições que trabalham diariamente para oferecer mais saúde para nossa cidade”, diz. “Ficamos muito felizes com esse reconhecimento e seguimos trabalhando para possibilitar a ampliação do nosso serviço de TMO”, finaliza José Álvaro.

+ Notícias

05/08/2022

Cirurgia de correção de malformação rara é realizada por Pequeno Príncipe

A correção da extrofia de cloaca foi realizada pela técnica de Kelley, considerada inovadora
04/08/2022

Cientistas estão desenvolvendo gel bucal para tratar mucosite

Principal reação adversa da quimioterapia, a mucosite oral causa intensa dor e pode ser porta de entrada para outras infecções
02/08/2022

Doenças raras é tema de mesa-redonda organizada pelo Pequeno Príncipe

A iniciativa fez parte da programação da 74.ª reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)
01/08/2022

Aleitamento materno favorece desenvolvimento da inteligência e estrutura da face

Especialistas do Hospital Pequeno Príncipe explicam ligação entre o neurodesenvolvimento e o crescimento ósseo adequado da face
28/07/2022

Hepatites A e B podem ser prevenidas por meio da vacinação

O Centro de Vacinas Pequeno Príncipe disponibiliza imunizantes contra essas duas formas da doença, que ocorrem de forma endêmica no Brasil
27/07/2022

Único hospital do Brasil com 35 especialidades pediátricas atrai estudantes de todo o país

Com 50 anos de existência, a residência em pediatria do Pequeno Príncipe ajuda a melhorar o déficit de especialistas em diversos estados brasileiros
Ver mais