Câmara dos Vereadores de Curitiba faz homenagem aos 10 anos do TMO - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Câmara dos Vereadores de Curitiba faz homenagem aos 10 anos do TMO

O atendimento de crianças de pouca idade e com doenças raras é dos diferenciais que colocou a instituição como referência nacional
12/05/2021


O Serviço de Transplante de Medula Óssea (TMO) do maior hospital pediátrico do Brasil, o Pequeno Príncipe, completou uma década de atendimento em 2021. Para homenagear o trabalho de toda a equipe médica, o vereador Alexandre Leprevost propôs à Câmara de Curitiba uma homenagem, com votos de congratulações e aplausos, entregues aos diretores do hospital no dia 10 de maio.

“Nestes dez anos, nos tornamos um dos maiores centros de transplante pediátrico da América Latina, com mais de 250 vidas transformadas”, conta o diretor corporativo do Hospital, José Álvaro da Silva Carneiro. Nestes dez anos, 26% dos transplantes realizados foram em crianças com idade abaixo de 3 anos. O atendimento de crianças de pouca idade e com doenças raras é uma das especificidades que fizeram com que o Serviço de TMO do Pequeno Príncipe recebesse pacientes de todo o país – 61% dos atendimentos são de fora de Curitiba. O reconhecimento nacional também se deve aos procedimentos realizados com doadores haploidênticos – quando a compatibilidade não é de 100%, uma vez que encontrar um doador compatível é um dos grandes desafios para realizar um TMO. Mesmo dentro da família, as chances de conseguir um doador 100% compatível é de apenas 25%.

O atendimento no Pequeno Príncipe é realizado por médicos com formação em transplante pediátrico, que recebem o suporte diário de profissionais de outras 32 especialidades, como infectologistas, intensivistas, nefrologistas, cardiologistas, ortopedistas, neurologistas, endocrinologistas, dermatologistas, hemoterapeutas. Este trabalho garante um atendimento de excelência.

Durante a entrega do certificado, o vereador Alexandre Leprevost reforçou seu compromisso com a saúde e o bem-estar da população curitibana. “A homenagem é um reconhecimento ao excelente trabalho realizado há 101 anos pelo Hospital Pequeno Príncipe, parabenizando também todos os profissionais pelos 10 anos do serviço de transplante de medula óssea. Como representante do povo, é meu papel apoiar e incentivar instituições que trabalham diariamente para oferecer mais saúde para nossa cidade”, diz. “Ficamos muito felizes com esse reconhecimento e seguimos trabalhando para possibilitar a ampliação do nosso serviço de TMO”, finaliza José Álvaro.

+ Notícias

25/11/2022

Hemodinâmica: cateterismo evita cirurgias de grande porte em neonatos

O serviço do Hospital Pequeno Príncipe é referência nacional em pediatria e, em 2021, realizou 297 cateterismos
24/11/2022

Pequeno Príncipe vence o Prêmio Líderes Regionais Paraná 2022

A instituição foi premiada na categoria ESG – Responsabilidade Social. O reconhecimento destaca empresas, organizações e empresários que contribuíram para o desenvolvimento do estado
23/11/2022

Câncer pediátrico: diagnóstico precoce pode salvar até 84% dos pacientes

Referência nacional no tratamento de doenças onco-hematológicas há meio século, Hospital Pequeno Príncipe alerta sobre sintomas
21/11/2022

Pequeno Príncipe atua na prevenção da resistência aos antimicrobianos

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 1,3 milhão de pessoas morram a cada ano devido aos efeitos dessa resistência  
20/11/2022

Dia Mundial da Criança chama atenção à defesa de direitos

Em sua trajetória centenária, o Hospital Pequeno Príncipe desenvolve uma série de iniciativas em favor da proteção integral de meninos e meninas  
18/11/2022

Eletrofisiologia: Pequeno Príncipe é pioneiro em pediatria e mapeamento do coração em procedimento cirúrgico

O serviço também é referência no Brasil na realização de procedimentos invasivos e colocação de dispositivos eletrônicos no público infantojuvenil
Ver mais