Gala do Bem: emoção marca o evento

Notícias

Emoção marca Gala do Bem

O encontro da alta gastronomia com a solidariedade em prol da oncologia e transplante de medula óssea do Pequeno Príncipe foi temperado com histórias de vida de combate ao câncer
11/10/2023
Gala do Bem
O homenageado do Gala do Bem, Eurípides Ferreira, foi o responsável por iniciar os serviços de Oncologia e Hematologia e de TMO no Pequeno Príncipe.

Eurípides Ferreira tem uma vida dedicada a combater o câncer. Lara Lang também. O que os une nessa caminhada? O Hospital Pequeno Príncipe.

O doutor Eurípides, como é chamado, atendeu o primeiro caso de leucemia no início dos anos 1960 no então Hospital de Crianças César Pernetta (antecessor do Pequeno Príncipe). Desde então, sempre buscou o que a medicina tem de mais moderno, tanto que foi o primeiro médico no Brasil a realizar um transplante de medula óssea (TMO) no país, em 1979. E o responsável por iniciar os serviços de Oncologia e Hematologia e de TMO no Pequeno Príncipe.

Já Lara e sua família conheceram o Hospital, que fica em Curitiba, mas atende crianças de todo Brasil, em 2007. À época, a menina de então 3 anos veio de Santa Catarina para entender por que os exames de sangue estavam todos desregulados. O diagnóstico de leucemia precedeu o tratamento. Em 16 anos, muitas quimioterapias, sonhos, momentos difíceis e outros incríveis, fazem parte dessa luta pela vida de Lara, inclusive um TMO, que fortaleceu esperança de cura.

Gala do Bem
A paciente Lara Lang se emocionou ao contar sua história no Gala do Bem.

Em busca da cura

“Tenho uma leucemia que gosta de mim, mas eu não gosto muito dela”, contou Lara, entre lágrimas no Gala do Bem, evento realizado pelo Hospital Pequeno Príncipe nessa segunda-feira, dia 9. A jovem ainda não está curada, mas não desiste. “Eu luto muito porque ainda acredito que um dia eu vou conseguir. E hoje quero agradecer a todos que cuidaram e cuidam de mim, e à doutora Flora, que é da oncologia e que é a minha base”, complementou.

Essa mesma determinação em buscar a cura é o que moveu o médico Eurípides. “Em 1960, eu cuidei de um menino de 6 anos, ele tinha leucemia linfoblástica aguda. Naquele tempo não havia quimio ou antibióticos para o caso. E eu perguntei se estava tudo bem. Ele respondeu que sim e perguntou: ‘tio, você deixa eu morrer em casa?’. Respondi, ‘você tem todo direito’. Naquele dia eu prometi para mim que faria todos os esforços para curar a leucemia. Fui estudar e recebi muitos apoios”, relembrou.

A caminhada do então jovem médico passou pela Europa e Estados Unidos, cruzou com a dos maiores pesquisadores da época e o trouxe de volta a Curitiba em 1975. Com novas expectativas e um universo de possibilidades e novos tratamentos, ele retornou ao Pequeno Príncipe para tratar, curar e inspirar.

Esperança

“Ele tinha estado com os maiores cientistas da época e agora estava ali, no Hospital, discutindo casos e nos ensinando. Hoje, eu posso fazer o diagnóstico de uma leucemia sabendo que não é uma condenação de morte, mas que há esperança de cura. A gente cura câncer nas crianças, as trata com respeito e humildade, e quem nos ensinou tudo isso foi o doutor Eurípides. Esse é um legado que continuamos. Muito, muito obrigada”, agradeceu a chefe do Serviço de Oncologia e Hematologia do Pequeno Príncipe, Flora Mitie Watanabe.

Gratidão também é o sentimento de Divone Domingos, mãe de Lara. “Eu agradeço a Deus, porque se não fosse o Pequeno Príncipe, nós não teríamos 16 anos aqui lutando e ela maravilhosa.”

“O que nos une é, principalmente, a empatia que a gente exerce para com relação às famílias que nos procuram, as crianças que precisam algum tipo de assistência e a vontade que a gente tem de oferecer a elas o que nós temos de melhor, exatamente o mesmo que queremos para os nossos filhos e netos. Então, aos amigos, aos apoiadores, colaboradores, médicos, autoridades, uma constatação importante: vocês nos energizam e nos trazem a vontade de sempre fazer mais e fazer melhor”, destacou o diretor-corporativo do Complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro da Silva Carneiro.

Lara e o doutor Eurípides são dois dos muitos exemplos de histórias protagonizadas na existência centenária do Pequeno Príncipe, vidas que levam a instituição a inovar, investir e transformar-se. Eles inspiram, assim como centenas de outros pacientes e profissionais.

“Temos enormes desafios e muitas oportunidades todos os dias de impactar positivamente e dar chance à vida. O apoio de cada um de vocês é fundamental para que juntos possamos oferecer essa chance de vida para todas as crianças”, ressaltou a diretora-executiva do Hospital, Ety Cristina Forte Carneiro, em seu discurso.

Gala do Bem
Claude Troisgros é curador do evento e padrinho há mais de dez anos.

Sobre o Gala do Bem

O Gala do Bem uniu o tradicional Gala Pequeno Príncipe, apadrinhado pelo chef Claude Troisgros – com 13 edições em diferentes partes do mundo –, e a Noite do Bem, jantar realizado em Curitiba desde 2013 com recursos destinados aos serviços de Oncologia e Hematologia e de Transplante de Medula Óssea do Pequeno Príncipe.

O evento contou com um menu exclusivo com entrada e dois pratos principais, assinados pelos chefs Rafa Costa e Silva, Morena Leite e Claude Troisgros, que também é curador do evento e padrinho das ações de mobilização social do Pequeno Príncipe há mais de dez anos. O Espaço Klaine, grande apoiador da iniciativa, assinou o coquetel e a sobremesa.

As apoiadoras da causa da saúde infantojuvenil, Many Tigre Elache e Marjorie Geiger Hauser, foram as mobilizadoras dessa edição tão especial. Há 15 anos, elas engajam suas redes de relacionamento em prol da causa do câncer infantil e tiveram papel fundamental na implantação e manutenção do Serviço de Transplante de Medula Óssea do Hospital, um dos principais serviços da América Latina.

Amigos apoiadores

Para Marjorie, que também é voluntária na Pastoral da Espiritualidade no Hospital, o papel do Pequeno Príncipe é único. “Este hospital desempenha um papel muito importante em nossa sociedade. Aproveito para parabenizar a todos vocês que, com o seu esforço, ajudam a mudar a vida de nossas crianças.”

Gala do Bem
A empresária Tatiana Reichmann, da Ademicon, também foi uma das homenageadas nesta edição.

A noite, um encontro da ciência com a vida, ainda homenageou o médico Eurípides Ferreira, pelas contribuições inestimáveis à saúde, e a empresária Tatiana Reichmann, da Ademicon. Curitibana de nascimento e administradora de formação, Tatiana começou a trabalhar jovem na Ademilar e, em mais de 25 anos de dedicação, hoje é CEO da Ademicon.

“Que imensa alegria estar aqui. É uma honra receber essa homenagem de um hospital tão importante para todo o Brasil. E não só eu acho importante por tudo o que é vencido todos os dias, mas pelo amor, pela dedicação, pelo carinho que todos os colaboradores, os voluntários, os médicos, os amigos, parceiros que doam a tantas vidas. Eu tenho 28 anos de convivência com o Pequeno Príncipe e todas as minhas passagens ficaram para sempre registradas na minha vida e me trouxeram momentos de gratidão”, ressaltou Tatiana Reichmann.

“Aqui falou-se muito sobre laços de amizade. Acho que a relação que todos nós temos com o Hospital Pequeno Príncipe começa com um laço de amizade. Doutor Eurípides, pai de um grande amigo nosso, iniciou esse projeto que abraçamos lá no início, em 2010. Em seguida propagou-se por outros tantos amigos que trouxemos juntos como apoiadores para o Hospital. E hoje homenageamos uma grande amiga, empresária também dedicada à causa social”, salientou Many, uma das mobilizadoras do Gala do Bem.

“A minha vinda aqui hoje é para garantir também, que dentro das possibilidades da prefeitura, o apoio total e irrestrito para o Hospital Pequeno Príncipe da região Norte. O Pequeno Príncipe é um orgulho da cidade de Curitiba”, garantiu o prefeito em exercício, Eduardo Pimentel Slaviero.

Gala do Bem
Many Tigre Elache e Marjorie Geiger Hauser foram as mobilizadoras dessa edição tão especial

Estrelas da noite

A solidariedade foi o principal tempero Gala do Bem. O menu preparado especialmente pelos chefs Claude Troisgros, Rafa Costa e Silva, Morena Leite e Natalia Konzen (Espaço Klaine), contou com dedicação, jogo de cintura e muito amor à causa da saúde infantojuvenil.

“É um prazer principalmente poder sempre ajudar Hospital Pequeno Príncipe. A Ety e o Zé, quando me convidaram há 13 anos atrás, foi um momento que nunca mais vou esquecer na minha vida. Então tem 13 anos, 12.º jantar e é sempre uma grande emoção poder participar e estar com vocês, aqui em Curitiba, onde tenho muitos amigos, como o chef Celso Freire, que faz parte da minha carreira, e que tem a chef Manu Bufara, uma das melhores chef femininas do mundo. Enfim, muitos amigos queridos.” – Chef Claude Troisgros, padrinho do Gala

“Está sendo lindo! Vocês têm um grande embaixador que é o Claude, então ele carrega isso como uma tatuagem na alma dele, sempre falando do projeto. Já cozinhei com ele em um jantar em São Paulo e estou muito feliz em estar aqui em Curitiba. É emocionante. Eu sou mãe de uma menina de 13 anos e de uma de 14, então, me colocar no lugar de outras mães e saber que a união faz a força. É fazer o bem sem pensar quem. Estou muito feliz por estar fazendo parte dessa noite.” – Chef Morena Leite

“O Claude é meu padrinho na cozinha. Eu pensava em fazer faculdade de gastronomia e ele indicou fazer fora do Brasil, e depois me ajudou muito na carreira. Quero gradecer o convite do Pequeno Príncipe para estar aqui hoje. Curitiba é muito agradável e estar aqui é uma forma direta de retribuição à sociedade, que deu tanto para a gente. É o bem fazendo o bem.” – Chef Rafa Costa e Silva

“Para nós é um orgulho gigantesco receber os chefs Claude, Morena Leite e o Rafa. A sinergia criada com eles foi algo incrível. Então, eu sou muito agradecido pela oportunidade de podermos trabalhar com essas pessoas fantásticas e incríveis. Foi por meio de muitas mãos que nós conseguimos chegar até aqui. Toda essa estrutura que está presente nesse momento fez parte do casamento que ocorreu no sábado, o qual a família Gugelmin gentilmente permitiu que ela continuasse montada para nós organizarmos o evento do Pequeno Príncipe.” – Geraldo Klaine, proprietário do Espaço Klaine

“Ficamos muito felizes com esse evento. Já é o sétimo ano que eu faço parte e a cada ano é cada vez mais especial. A gente doa um pouco do nosso trabalho, do nosso tempo e da nossa vida para uma causa tão bacana. É muito especial. E também está sendo especial receber chefes estrelados aqui. Para nós, está sendo o maior prazer.”  – Chef Natalia Konzen, do Espaço Klaine

Patrocinadores, parceiros e apoiadores do Gala do Bem

O Gala do Bem 2023 foi realizado com uma rede enorme de patrocinadores, parceiros e apoiadores.

O agradecimento especial do Pequeno Príncipe ao comitê filantrópico: Alana Cristina e João Gilberto Fonseca; Amalia Spinardi Thompson Motta; Ana Maria Igel e Mario Higino Lonel; Daniele Behring; Danilo Hauser; Dinho Elache; Geraldo e Marcia Klaine; Fondation Antoine de Saint-Exupery Pour La Jeunesse; Isabel Raad; Joana D’arc Durli; Lucia Casillo e Antonio Malucelli; Mariana Munaretto Guzzo e Victor Augusto Pondé Fonseca; Mariana Pozenato Martins; Mariella Muller e Guilherme Michaelis; Tania e João Anselmo; Paula Mocellin Slaviero e Eduardo Pimentel Slaviero; Eduardo Gabilan; Ricardo Cansian; Regina e João Casillo.

E também aos patrocinadores ANOREG/PR, RAC Engenharia, Alper Seguros, Master Cargas Brasil, Bauart Construções LTDA, BGV Administração de Bens LTDA, Campo Largo, Condor, De Paola e Panasolo, Duah Joalheria, Rafael Chouiche, Durli Couros, Engie, Solar do Rosário, La Violetera e Tucumann Engenharia. E aos parceiros: Adriana Birolli, André Mendes, Bernardo Manita Trio, Blacktotem, Coral Pequeno Príncipe, DJ Aramys, DJ Nizo Gomide, Espaço Klaine, Galeria Zilda Fraletti, Grupo Boticário, Hotel Nomaa, Johanna Di Bernardi e João Marcelo.

Gala do Bem
O menu foi preparado pelos chefs Claude Troisgros, Rafa Costa e Silva, Morena Leite e Natalia Konzen (Espaço Klaine).

O Pequeno Príncipe é signatário do Pacto Global desde 2019. A iniciativa presente nesse conteúdo contribui para o alcance do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS): Parcerias e Meios de Implementação (ODS 17).

Acompanhe os conteúdos também nas redes sociais do Pequeno Príncipe e fique por dentro de informações de qualidade – FacebookInstagramTwitterLinkedIn e YouTube.

+ Notícias

14/06/2024

II Encontro Internacional de Especialidades em Pediatria reforça a importância da educação continuada em saúde

Evento on-line promovido pelo Pequeno Príncipe contou com mais de 530 participantes de 24 estados brasileiros e do Distrito Federal
12/06/2024

Cardiopatias congênitas: diagnóstico precoce evita complicações graves

Neste Dia Nacional de Conscientização da Cardiopatia Congênita, o alerta é para os exames disponíveis para diagnóstico e à importância do tratamento adequado para cada caso
11/06/2024

Gala Pequeno Príncipe 2024 será realizado em São Paulo

Jantar com a participação das madrinhas marcou o lançamento do evento, programado para o dia 30 de setembro
10/06/2024

Semana da Coluna tem mutirão com cirurgias de alta complexidade

Oito crianças passarão por procedimentos no Hospital, que é referência nacional em ortopedia pediátrica
06/06/2024

16.ª Noite dos Chefs une gastronomia e solidariedade

O evento tradicional une gastronomia e solidariedade com o objetivo de arrecadar recursos
05/06/2024

Como trabalhar a educação ambiental desde a infância?

Neste Dia Mundial do Meio Ambiente, o Hospital Pequeno Príncipe dá dicas sobre como falar a respeito da conservação do planeta com as crianças
Ver mais